História Nós Pertencemos - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Camila Cabello, Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton, Personagens Originais
Tags Camren, Norminah, Vercy
Visualizações 50
Palavras 1.511
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Esporte, Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, Luta, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Sexo, Suicídio
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 3 - Capítulo 3


Fanfic / Fanfiction Nós Pertencemos - Capítulo 3 - Capítulo 3

Pov Camila

Não acredito que daqui algumas horas estarei em Miami eu estava tão ansiosa para voltar e principalmente estava mais atenciosa para revê - Pelo que andei pesquisando nas redes sociais da "Lo" ela ela ia mudar de muito mas vai deixar de ser minha aí já ia me esquecendo eu sou a  Karla Camila Cabello mas todos me chamam de camila,Mila,e tartaruga como a minha irmã Allyson me chama a minha irmã mais velha por que diz que eu sou muito lerda por isso do apelido - mas vocês podem me chamar do que acharem melhor. 

Sabe sobre minha volta pra Miami eu não podia estar mais feliz quando o papai disse que nois voltaremos eu quase surtei pois nunca quis sair de lá só vim pra Londres porque meu pai recebeu uma proposta de trabalho incrível e não tinha como revusar. Mas como o sócio resolveram abrir um filial da empresa em Miami - sim meu pai batalhou tanto que conseguiu virar um dos donos mais importantes de Londres - Meu pai achou a oportunidade perfeita para votarmos pois ele disse que iria cuidar da empresa de Miami 

Estava no meu quarto terminando de arumar as malas quando vejo que alguém entrou no quarto pelo cantos dos olhos pude notar ser a Angel

Ally - Mila o papai disse que é pra você agilizar com essas malas que daqui a um hora nos estamos indo pro aeroporto 

Camila - estou quase terminando só falta agumas coisas logo estarei pronta

Ally  - tudo bem... - ela me olhou com uma cara que queria sabe de algo - está ansiosa para revê - lá

Não disse que ela queria saber de alguma coisa.

Camila - ela quem? - me fiz de desentendida. 

Ally - você sabe muito bem quem - reviro os olhos - A Jauregui 

Camila - um pouco - disse fazendo pouco caso - afinal ela era minha melhor amiga

Ally - um pouco? Me engana que eu gosto pensa que eu não sei que você  mandou uma menos  pra ela dizendo que estava com saudades. - creatina ela havia pegado meu celular 

Camila - Ally você sabe oque e privacidade? -  semicerrei o olho pra ela.

Ally - a eu precisava ver algo e estava sem meu celular e acabei vendo. E não sei porque está ai  fazendo pouco caso sei que está louca pra ver .

Camila - você e uma idiota será que eu poderia terminar de arrumar minha sala.

Ally - tudo bem irmãzinha mas sabia que você não me engana.

Camila - tá agora sai. - ataquei uma travesseiro nela

Ally - estou indo sua chata

Vocês devem estar se perguntando porque estou fazendo pouco caso sobre a Laur é que Desde que éramos pequenos nós fomos muito grudadas uma com a outra em que resultado em que minha irmã e meus pais e os da Laur dizem que  Quando crescermos  a gente teria algo sempre neguei até porque ela era minha melhor amiga Então nesse tempo que estamos longe sempre evitei tocar sobre sentir  saudade dela pois era de abrir a boca para a Ally  dizer piadinhas sobre o  minha namoradinha de infância.

Terminei de arrumar minhas malas e resolver tomar um banho pra ficar pronta antes que meu pai surtasse pelo meu atraso assim que sai do banho procurei por uma roupa confortável coloquei um short branco com uns detalhes azuis e que deixavam minha barriga amostra por cima uma jaqueta jeans e nos pés um all star escovei meus cabelos  e os deixei caído sobre meus ombros.

Camila - família estou pronta - disse me jogando no sofá do lado de Sophia minha irmã mas nova

Sophia - até que enfim já não aguentava mais ouvir papai reclamando - Sophia bufando. 

Ale  - ei Sophia eu escutei viu - papai grita da cozinha

Sophia - só estou dizendo a verdade você reclama mais que mulher pai! 

Sinu - concordo com a Sophia querido você reclama mais do que mulher.

Ale - nossa as mulheres dessa casa resolveram fazer um complô contra mim.

Camila - além de reclamar e dramático - eu disse mandando um beijo no ar pra ele - que hora agente sai pai.

Ale - eu realmente mereço vocês - revira os olhos e para olhando no relógio - saímos agora o táxi já deve estar nos esperando.

Ally - então  vamos logo senhor dramático não vejo a hora de colocar meus pés em Miami

Era isso que eu amava minha família a gente se dá super bem sempre brincávamos uns com os outros e isso fazia da gente uma família feliz após colocar todas as malas no   táxi - que por sinal foram dois para servi todas as malas - seguimos rumo ao aeroporto.

Estávamos vinte minutos adiantados então nos sentamos pra esperar o chamado do voo enquanto isso eu resolvi olhar meu Whatsapp e vi que tinha uma mensagem. 

"  Thomas: não acredito que está indo embora já está no aeroporto?

Thomas era um menino da escola que eu estava ficando fazia um bom tempo ele me pediu em namoro mas eu disse que não que eu não gostasse dele ele era um ótimo menino eu só não sentia as famosas borboletas entendem e pra não dar falsas esperanças  a ele disse devíamos deixar rolar.

Camila - sim tom já estou no aeroporto e nos já conversamos sobre eu estar indo emborannao vamos complicar as coisas! Será que vc chega aqui em 15 minutos já estou partindo

"Thomas - estarei ai".

Ally - com quem você está falando para estar com essa cara ?


ally me perguntou eu sempre ficava chateada  pelo fato do tu não aceitar muito ele está indo embora.

Camila - com o tom - falei suspirando - ele está vindo aqui.

Ally - esse menino realmente gosta de você Mila apesar dele ser um chiclete mas ele gostar de vc.

Camila - eu sei e isso que me deixa mal por que vc sabi Ally eu gosto dele mas como amigo

Ally - eu sei Mila mas fica tranquila por que o que não vai faltar em Miami e homem e mulheres para vc sentir borboletas, palpitações,desejo...

Camila - ok já entendi - a interrompi antes que ele continuasse com aquele papo de sentir as coisas para deixar claro á Ally e bissexual ele vivia dizendo que eu deveria ficar com mulheres pois o negócio era mais quente eu até fiquei com algumas mas nada que me prendesse .

Continuamos ali conversando até que uma voz mecânica anunciou nosso voo me levantei para pegar minha bolsa e e ir rumo ao avião quando sinto alguém me puxar pelo braço fazendo com que nossos corpos se chocasse assim que me recuperei do susto vi que era o tom.

Thomas - eu não podia deixar você ir antes de te dizer o quanto eu gosto de você Camila - quando ele disse aquilo meus olhos pareciam que iam saltar .

Abrir a boca para dizer algo e o mesmo mesmo disse eu estilei um pouco mas quando ele pediu passagem com a língua eu sedi  depois era o último mesmo  eu não faria mal algum eu lhe beijar a língua dele exploravam todos os cantos da minha boca ele me segurava pela cintura e eu estava com dívidas em volta do seu pescoço bem estava intenso até que tem um pigarro. 

Ale - Vamos Camila Cabello temos que ir - ele me chamou pelo o nome e sobre nome oque significa que ele estava nervoso.

Finalizei o beijo com um selinho e me soltei dos braços de Thomas dizendo que não era mais para ele ficar mais com minha partida pois poderíamos manter nossa amizade Ele disse que iria pra Miami mas não com intenção de ser meu amigo eu apenas suspirei deixei um beijo em sua bochecha e fui para o avião assim que cheguei perto da minha família escutei meu pai reclamando com minha mãe 

Ale - oque aquele franguinho pensando  que é pra chegar assim abusando da minha menininha - papai as vezes era exagerado - voce6viu Sony a língua dele estava na garganta dela estava a sufocando. 

Sinu - Alexandro pelo amor de Deus como vose6 nunca tivesse beijado na vida! - até parece que é um santo.

Ally - pai melhor o senhor deixa pra lá - Ally disse rindo - ou vai sobra pra você. 

Ale - deixar pra lá a sorte desse franguinho e QUE já estamos de partida se não ele iria ver uma coisa - disse bufando e eu ri - e vc tá rindo do que dona Camila por que não impediu. 

Camila - Pai por favor será que podemos entrar no avião esqueci isso até porque agora e vida nova hum?

Ale - vida nova espera só agente chegar em Miami que vou ter um conversa com as três sobre meninos - Ally e Sophia olharam incrédulas pra ele.

Sophia - tira a gente fora dessa pai - Mãe da um jeito nele.

Sinu - Alexandro chega e entra logo nesse avião. 

Eu apenas ri  a minha  família realmente doida mais entrando no avião sentei do  lado da janela e fui olhando a paisagem  até cair no sono assim  seguir a viagem toda.








Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...