História Nós,apenas nós. - Capítulo 14


Escrita por:

Postado
Categorias Harry Potter
Personagens Angelina Johnson, Arthur Weasley, Astoria Greengrass, Cho Chang, Dino Thomas, Draco Malfoy, Fleur Delacour, Fred Weasley, Gina Weasley, Gui Weasley, Harry Potter, Hermione Granger, Jorge Weasley, Neville Longbottom, Ronald Weasley
Visualizações 57
Palavras 1.640
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, Hentai, Lemon, Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Eeeee voltei. Espero que gostem, um beijo❤

Capítulo 14 - Praia.


Fanfic / Fanfiction Nós,apenas nós. - Capítulo 14 - Praia.

Harry acordou no meio da tarde, com cocégas no pescoço, se virando com um grunhido. As cocégas continuaram no seu ombro e perto do seu rosto, ele abrindo os olhos devagar. Não eram cocégas, afinal. Eram beijos. Beijos que apenas cessaram quando sorriu para a garota ruiva de cabelos vermelhos e bagunçados, que já estava vestida com um maiô preto e colado, que por menos que fosse as intenções, a deixavam mais sexy ainda. 

--Vamos..acorde..temos que ir na praia!--disse Gina, entusiasmada, se levantando e puxando Harry pelo braço. Ele riu, se levantando e trazendo o lençol enrolado na cintura. Percebeu que Gina o olhava com imensa curiosidade, corando ao ver seu olhar desviar pra ela.

--Gosta do que vê?--perguntou Harry, colocando os óculos. 

--Quê? Ah..sim..g-gosto..--gaguejou ela, avermelhando. Harry riu e lhe deu um beijo no rosto, pegando o calção de banho e indo pro banheiro. Quando saiu do banheiro, já vestido e deixando a varinha junto com a de Gina  e os pacotes de preservativos dentro do criado-mudo, Gina não o esperava no quarto. Desceu as escadas, tendo a visão da garota sentada na escada do saguão, a cabeça apoiada nas mãos.

--Nem acredito que colocaram uma piscina onde já tem praia.--disse ela, indicando uma piscina de mármore branco. Harry riu, e a seguiu até a orla do mar, ela estremecendo no seu braço. Sentiu o vento forte e o cheiro do mar chegar até suas narinas, ele a abraçando.

--É lindo...assim como você.-- e a beijou. Gina sorriu radiante, e o puxou para as ondas, Harry sentindo a água gelada bater nos seus calcanhares. Ela ria como uma criança, a risada que Harry tanto admirava. Ela se sentou em meio as ondas, os longos cabelos ruivos esvoçando com a velocidade do vento. Ele á olhava, um dos seus passatempos preferidos, e percebeu o quanto era linda. Ela se aproximou dele, tocando seu peito nu com a mão molhada e trêmula. O encarou, os cabelos úmidos grudados no rosto, as bochechas avermelhadas e sua respiração bafejando em seu rosto. O beijou. Da forma mais profunda e apaixonada que alguém pode ser beijada, o fazendo subir aos céus sem mágica, seu corpo se esquentando e não reagindo as mãos frias dela que seguravam seu pescoço.

--Por que não vamos pra piscina? Podemos vir aqui de noite..-- disse ela, se separando do seu beijo e se levantando, o trazendo consigo. Ele tirou 2 pares de óculos escuros do bolso do calção, entregando um á ela e colocando um.

--Você está ridículo!-- disse ela rindo e bagunçando seus cabelos.

--Adoro seu senso de humor.--respondeu ele, a olhando sério. Ela voltou a rir, o corpo dobrando e tomando fôlego. --Vamos fazer uma aposta. Quem chegar primeiro lá na piscina ganha.--disse, tirando os óculos escuros e trocando pelos redondos , e mal Gina percebeu a brincadeira, ele desatou a correr, Gina o seguindo sem fôlego. Harry chegou em uma das cadeiras e mesa de praia que ficavam próximas a piscina, esperando ela vir até ele. 

--Não vale! Você é maior que eu!--reclamou ela, cruzando os braços e fazendo beicinho. Harry era mais alto que ela, que batia exatamente no seu ombro. 

--Tá..quer beber alguma coisa?--perguntou ele, indicando o pequeno par dentro da piscina. Gina ergueu a sobrancelha em dúvida, e soltou uma exclamação de surpresa ao sentir Harry puxá-la consigo e mergulharem na água gelada, suas pernas se encaixando em sua cintura. Emergiu de volta á superfície, os cabelos jogados pra trás. Graças um feitiço, os óculos de Harry ainda estavam no rosto, e não estavam embaçados. Ela acariciava seus cabelos negros e encharcados, se encostando no seu ombro.

--Eu te amo...--sussurrou ela, o abraçando.

--Eu também, ruiva.--e lhe deu um selinho, nadando até o bar. Uísque, Vodka, cerveja e várias outras bebidas estavam enfileiradas em uma prateleira, organizados; frutas e taças estavam colocadas em uma pedra lisa que servia de mesa, para os hóspedes poderem fazer drinks do que quiserem. 

--Vai querer de quê?--perguntou ele, pegando o mixer e olhando pensativo para as inúmeras frutas.

--Hum...pode ser abacaxi, com Vodka.--disse ela, se apoiando na borda da piscina. Harry sorriu travesso pra ela, e pegou uma rodela de abacaxi e um limão, para fazer o dele, e a garrafa de Vodka. Entregou uma pequena taça com um pequeno guarda-chuva amarelo e um canudo pra Gina. Ela bebeu metade do líquido em um gole, descansando a taça na pedra.

--Está muito bom! Onde aprendeu a fazer drinks?--perguntou ela, voltando a beber alegremente. Harry, pegando seu copo, se sentou ao seu lado, e disse, um sorriso enviesado no rosto:

--Um mestre não revela seus truques...--e bebeu um gole da sua bebida, rindo pra ela.

--Do que é o seu?--perguntou ela, estalando os lábios e espiando o seu copo, que tinha uma rodela de limão na borda.

--De limão, prove..--disse, entregando a taça á ela. Gina bebeu um gole, fazendo uma careta:

--Que azedo!--e se arrepiou, Harry rindo dela. Ela descansou o copo  na pedra e voltou a entrar na piscina.

--Você não vem?--perguntou ela, apoiando os braços na beirada da piscina, entre suas pernas.--Vai perder a diversão..--sussurrou ela, se virando e desarramando o nó do maiô, segurando a parte ds frente. Olhou  para ele travessa por cima do ombro, mordendo o lábio inferior e voltou á mergulhar, esperando sua reação. Harry riu debochado, mergulhando rapidamente, sentindo aquele sentimento selvagem e sedento, se ela queria provocá-lo, assim seria. Sentiu suas mãos a puxarem pra si, seguido por um beijo fervente e rápido, sua língua pedindo passagem pra sua boca. Emergiram de volta a superfície, ela enlaçando suas pernas em torno da sua cintura, e batendo suas costas contra a borda da piscina, as mãos dele descendo seu maiô. Começou a beijar seu pescoço, mordendo o nódulo da sua orelha e descendo desesperado o seu calção. Sentiu suas intimidades roçarem, seguido por um prolongado gemido dela.

--Harry...faça...--pediu ela, entre seus gemidos. A penetrou devagar, olhando fundo nos seus olhos.  A olhava com imenso prazer, segurando sua cintura e acelerando seus movimentos, mordendo o lábio inferior pra evitar gemer. Ela puxava seus cabelos fortemente, o puxando pra dentro de si, colando seus corpos. As costas de Harry doíam por causa do impacto na borda de mármore da piscina, mas a excitação o fazia esquecer onde estavam. O barulho da água com impacto dos seus corpos o deixavam mais excitado, já que sexo na água era uma de seus maiores desejos perversos, que sempre vinham á tona na mente masculina. Sentiu suas paredes úmidas o apertarem, e ela gemer mais alto, mordendo e arranhando seu ombro. Aumentou a velocidade, revirando os olhos e jogando a cabeça pra trás, acompanhando seus gemidos. 

--H-harry...ah, Harry...--gemia ela, a voz tremendo por causa da velocidade das suas estocadas, e como ele adorava quando ela gemia seu nome, não sabia o porquê, maa aquilo o causava a impressão de poder, de que ele estava no controle. Voltou á beijá-la, a Vodka e o abacaxi predominante nos seus lábios rosados, que ele mordia com tanto fervor, fechando os olhos, sentiu-se chegar no seu limite naquele momento, assim como Gina, cuja as pernas cederam das suas mãos e se soltaram da sua cintura, embora suas mãos ainda estavam firmemente entrelaçadas nos seus cabelos. Percebeu pelo seu olhar malicioso que ainda não tinham terminado, estavam sensíveis , mas não tinham terminado.

--O que eu faço agora?--perguntou Harry, sussurrando em seu ouvido. Ela pegou o maiô e se vestiu, saindo da piscina:

--Me siga...--disse ela, caminhando em direção á praia. Harry se vestiu e pegou os óculos, e saiu da piscina, correndo pra acompanhá-la. 

--Gina! Aonde vamos?!--berrou ele, correndo em sua direção. Ela se aproximava das ondas lentas e frias da noite, os cabelos balançando pra trás. Parou ao seu lado, tremendo de frio.

--Gina..o que foi?--perguntou ele, a olhando confuso. Ela tinha os olhos lacrimosos, o deixando desconfortável.

--E-eu..te amo demais, Harry!--exclamou ela, abraçando o rapaz. Diziam aquilo um pro outro todos os dias, mas daquela vez, soou diferente. Era tão verdadeiro, tão impregnado de amor, que Harry se sentiu hipnotizado com a declaração. Percebeu que ela olhava profundamente nos seus olhos verdes:

--Queria que você fosse meu...--disse Gina, soluçando e voltando a encarar o mar escuro e aquarelado.

--Mas eu sou seu, o garoto divino  que venceu o malvado lord das Trevas..--disse ele, a abraçando pelo ombro e lhe dando um beijo na testa.

--Você lembra?--perguntou ela, surpresa, se virando pra ele.

--Ainda hoje tenho guardado o poema..--disse ele, se relembrando da noite em que se reconciliaram, em que achou o pergaminho sujo e escuro. --Eu li ele depois da guerra..quando você foi lá no dormitório.--disse, a olhando sério.

--Você me surpreende a cada dia, Sr. Potter.--disse Gina, atirando os braços em seu pescoço e sorrindo.

--Você me enlouquece a cada dia, Sra. Potter.--respondeu ele risonho, segurando sua cintura. 

--Então, você está realmente disposto a me amar? Não importa o que seja? Depois de todo esse tempo?--perguntou ela, empolgada, sua respiração condensando com o frio.

--Sempre...--respondeu ele, a beijando suavemente. Naquele momento, tremendo de frio e os calcanhares afundados na areia,Harry percebeu que a amava sem explicação, e daria de tudo pra representar esse amor. 

--Vou te amar até o resto da minha vida..--sussurrou ela, se apoiando no seu peito.

--Eu vou fazer que você me ame a cada dia...--disse ele, a aninhando nos braços.

--Só se me fazer mais drinks.--respondeu ela em divertimento, Harry rindo pelo nariz. A ergueu no ar, a rodopiando assim como fez no seu casamento, a pegando no colo e indo em direção á casa escura. 

--Sério isso?--perguntou Gina, se aconchegando no seu ombro.

--Sou um homem de costumes, Gi.--sussurrou Harry, andando devagar. 

--Mas precisava me carregar?--perguntou ela relutante, fazendo cafuné na sua nuca.

--Acho que você esqueceu que eu te amo pra caralho.--respondeu ele, a descendo no saguão de entrada. Ela o encarou por minutos até começar a rir junto com ele, e ouvindo aquela risada, ela se apoiando no seu ombro pra recuperar o fôlego, soube que realmente a amava. Pra caralho.


Notas Finais


Desculpem se foi pequeno, mas eu preciso estudar e dormir. Vocês gostariam de um capítulo de Halloween? Tipo, uma festa? Digam aí, um beijo!❤🌻


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...