1. Spirit Fanfics >
  2. Nosh - INOCENTE >
  3. CAPÍTULO 27

História Nosh - INOCENTE - Capítulo 27


Escrita por:


Capítulo 27 - CAPÍTULO 27


CAPITULO 27

1 Mês depois

Hoje fazia exatamente dois anos que estávamos morando juntos. Isso é louco. Eu e Josh ja discutimos muitas vezes, muitas, e brigar de verdade só uma, e nem foi briga, Ok, foi. Mas não de machucar um ao outro. Apenas gritamos. Eu estava sentado no meu escritório analisando a matricula de Ana Beatriz, aquela menina estava me dando nos nervos. Ela ia pra la só pra encher o saco, e arrumar problema, era a típica minina rica que se acha maior que o Papa.

- J: Ta me escutando?

- N: Desculpa, não. Fala de novo Ana.

- J: Ana?

- N: Desculpa, Beatriz. AII NÃO, Joshua, Josh, marido, amor. FALA AMOR.

- J: Devo me preocupar?

- N: A sim, adoro vaginas. Fala logo.

- J: Ué, vai saber. Assim - Josh começa a rir - O advogado que ir la em casa.

- N: Quem?

- J: Noah. Resolve seu problema ai com essa mina, depois nóis converssa.

O computador começa a apitar.

" Ana Beatriz, aluna da sala 7, aprendiz de violão"

- N: O que essa praga quer? Santo cristo.

Abro a porta e lá entra aquela menina de 11 anos com uma calça Jeans que eu vejo seu clitóris da qui e seu top que tenho certeza que tem meia dentro. Mulheres podem usar o que quiseram, se sairem peladas eu respeito e não julgo, mas poha, uma menina de 11 anos, se eu fosse ela usaria coisas da Barbie, Ou Capitão América, ou QUALQUER merda de criança.

- N: Olá senhorita, o que deseja?

- Ana: Olá Noah, eu...

- N: Senhor Urrea.

- Ana: Foda-se, eu...

- N: Por favor, isso aqui não é qualquer lugar pra você ficar falando o que quiser. Quer falar comigo eu exijo respeito. Começe de novo.

- Ana: Eu não vou começar de novo. Não sou mais criança. Eu...

- N: Ja menstruo? Não né. Então nem mocinha você é ainda e é sim uma criança. E outra, se um aluno de dezoito anos vier aqui falar comigo eu vou exigir respeito também. Então se você não respeita seus pais, vai me respeitar. Começe de novo.

- Ana: Olha aqui, só vou fazer isso por que quero me livrar logo dessa merda. Olá Senhor Urrea, como estás?

- N: Muito bem, e você?

- Ana: Bem, eu quero me demitir.

- N: Trabalha em que?

- Ana: Eu sou aluna da aula de violão.

- Então você quer sair da escola. Seria um prazer imenso pra mim falar que não estuda mais aqui, mas realmente preciso de alguém maior de idade pra fazer isso por você. No caso, qualquer um de seus responsáveis.

- Ana: Ja falei o quanto odeio essa merda?

Ela sai batendo o pé, eu abro a porta e a vejo sumir. Aquela menina ainda vai me fazer tirar minha própria vida.

- J: Ei Noah, calma, ela é só mais uma de nossa coleção de alunos chatos.

Ele fala isso se aproximando e colocando uma perna em cada lado de minha cintura em cima de minha cadeira giratória.

- J: Ela é filha de Satã Josh, eu to falando, ela é insuportável, e... Vai me deixae excitado rebolando assim. Onww... Faz tempo que não fizemos isso.

Ele enquanto rebola começa a beijar meu pescoço, sua mão adentra minha camisa. Ele aperta meu mamilo me fazendo arfar. Poha, era tão bom. Ele desfaz o contato e fica de pé. Eu fico também ja vou o beijando. Era a primeira vez que iamos tranzar em nosso escritório depois de dois anos. Eu abro o cadarço de suas calças moleton e ele ja vai abrindo meu sinto, ele abaixa minha calça Jeans preta enquanto eu abaixo a sua calça moleton da adidas preta também, sinto nosso membros se chocarem e uma elstrecidade que se chama muita tesão passar por meu corpo. Ele me vira de costas, eu fico apenas com meu tórax deitado na mesa, ele se abaixa, e lubrifica minha entrada com sua saliva, depois se levanta e sinto seu membro pincelar minha entrada. Então ele entra, do geito que só ele sabe...

- N: Ahh... mais...

Ele leva a sério quando eu pedi por mais. Ele me fodia com força seu membro entrando e saido de mim.

- N: Ahhh...

- J: Isso...

Ele gosta quando eu começo a rebolar. Ele do nada para, pensso que ele vai me colocar em outra posição mais isso não acontece.

- J: Me chupa.

- N: Goza dentro de mim. - Falo isso tentando encaixar em seu pau de novo.

- J: Aqui não da. Vem, depois eu te chupo também.

- N: Bosta.

Me ajoelho emburrado o que faz meu marido rir e começo a chupa-lo. Ele segurava meus cabelos o que torna a tesão maior e controla meus movimentos. Sinto ele tremer sei que ele vai gozar. Jatos quentes em minha boca. Poha, era muito bom. Josh puxa sua roupa para cima e se ajoelha. Começa a me chupar e sinto dois dedos de uma vez me invadir.

- N: AWWM

Ele me chupa na mesma velocidade que me deda. Sinto que também estou chegando em meu ponto.

- N: Eu vou...

Ele me deda bem fundo e chupa todo meu pau. Meus olhos em um ato incontrolável giram pra cima e meu corpo inteiro reage a Josh me fazendo ter mais um orgasmo perfeito. Ele engole meu gozo, levanta e beija minha boca. Ele puxa minha cueca, minha calça e coloca meu sinto.

- J: Ta relaxado Baby?

- N: Estou... tentando respirar...

Joshua sorri. O computador volta a apitar, e eu e Josh voltamos para nossas cadeiras como se nem tivéssemos tido um orgasmo a poucos segundos.

- J: É aquela de novo?

- N: Eu quero meu caixão preto com detalhes dourados e...

Josh abre a porta e acompanho aquela figura insuportável entrando.

- N: O que precisa ser Humana?

- Ana: A professora Taylor não quer me deixar participar de sua aula de dança

- N: Você é matriculada na aula de dança também?

- Ana: Não mas...

- N: Então pode ir em bora por que sua aula de violão ja acabou faz 1 hora. O que faz ainda aqui?

- Ana: Estou esperando a aula do meu namorado acabar. Falta só 10 minutos.

- N: Ai meu deus...

Escoro minhas duas maos na cabeça.

- Ana: Pelo menos eu namoro um menino e não alguém do mesmo sexo.

Eu automaticamente olho pra Josh que olha pra mim sem reaçã, Ah, perfeito, a praga ainda é Homofobicá.

- N: Tem como se retirar do meu escritório Ana Beatriz?

- Ana: Claro. Com prazer.

Com prazer eu quebraria um violão na cabeça da quela demônia.


Notas Finais


Noah com raiva KKK
Como estão? ESPERO QUE BEM🥰
Amn de manhã sai outro Cap
BJSBJS🥰😍♥️♥️♥️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...