1. Spirit Fanfics >
  2. Nosh inesquecível >
  3. Depois disso

História Nosh inesquecível - Capítulo 10


Escrita por:


Notas do Autor


Gente, comentem se estão gostando e se querem mais capítulos. Tipo, eu já devo acabar, ou eu continuo a história deles? Posso começar uma outra fic sobre nosh, porém com outro enredo, tipo, outro lugar outra história, porém mesmos personagens, enfim, acho que entenderam... me falem o que preferem

Capítulo 10 - Depois disso


Fanfic / Fanfiction Nosh inesquecível - Capítulo 10 - Depois disso

Leiam as notas


Noah

Depois do almoço Josh disse que ia para sua casa ver como andavam as coisas por lá... E assim ele fez. Eu e meus pais ficamos conversando de como minha vida tinha mudado em pouco tempo. Depois eles disseram que vieram aqui também a negócios e era umas 3 da tarde quando eles foram em bora, eu fiquei sozinho, foi aí que lembrei que eu não tinha só O Josh na minha vida.... meu Deus, eu esqueci da Sina minha melhor amiga, esqueci da Heyoon e de todo mundo. Meu Deus, que vergonha, mas na segunda eu e Josh íamos esclarecer tudo para sina e todo mundo, e como eu estava preocupado de mais com Josh ter ido falar com os pais, nao tinha cabeça para ligar pra eles. Eu querendo ou não Josh tinha se tornado prioridade em minha vida, e eu o amava de mais... Eu já estava preocupado, ele saiu era uma da tarde e agora já eram 4. Resolvi tomar um banho demorado para passar o tempo. Eu sei, já tomei banho hoje, mas eu gosto de estar sempre limpo...

Josh

Saio um pouco depois do almoço da casa do Noah para ir ver como estava a situação lá em casa, eu esperava muito que meus pais me aceitassem da forma que eu era, eu queria isso, queria de verdade, na real,aquilo era tudo que eu mais queria na vida, ser aceito por meus pai. Cheguei em casa e estava tudo quieto, fui na sala, na cozinha, olhei no banheiro, então resolvi ir na garagem, o carro estava lá, então se eles saíram, não foi pra muito longe, resolvi ir no quarto deles, era um dos lugares que eu não.tinha ido, levo um susto com uma folha em cima da cama, abro e começo a ler

Querido Josh, está carta está sendo feita pela sua mãe. A mãe te ama, te ama mais que tudo nesse mundo, eu jamais faria o que o seu paí vai fazer, mas ele me ameaçou, então, vai ter que ser assim. Hoje estamos voltando.para o Canadá. Imagino que você vai chorar, mas lembrese, eu sou sua mãe, e quando o seu pai não estiver em casa, eu ligarei pra você, então poderemos converssar. Não culpe sei pai, nao o odeie. Apenas pense nele como um homem extremamente atrasado, pensse nele como uma pessoa que merecia ser informada em que século está. TE AMO. TE AMO. TE AMO. Viva bem.... 

~Sua querida mãe~

Quando terminei de ler aquilo minhas  pernas falharam, reli mais umas três vezes, sentei na cama e começo a chorar, choro que nem criança perdida, pois era isso que eu me sentia... era bem assim que eu me sentia uma criança perdida...

-X: Vai ficar tudo bem...

Levo um susto, e quando abro os olhos vejo Noah me abraçando. Quanto tempo eu estava ali chorando?

-J: Como você consegui entrar?

-N: Você tanque ser mais cuidadoso e passar a trancar a porta.

Entrego a ele o bilhete que estava em minhas mãos, e quando.ele acaba de ler me da um abraço e ficamos assim, abraçados chorando por cerca de uma hora... 

Noah:

Então quando sai do banho resolvi que não dava para ficar em casa, eu tinha que ver como o Josh estava, eu me sentia quase responsável... quando cheguei bati na porta e ninguém abriu, tente abrir e por muita sorte não.estava trancada, entrei vez eu a porta e dei uns foi Passos

-N: Oiii, tem alguém?

Ninguém respondeu nada, então foi ai queeuescuto uns soluços, vou até o quarto de Josh e ele não estava lá, então percebi que os soluços de choro vem do quarto dos pais deles... pensei em ir em bora, eu nao queria interromper nada, então pensei duas vezes e pensei

"Se eu entrar lá e for o pai dele ou a mae dele, mais que morto eu não fico" 

Então entrei lá, e para minha surpresa não era nem o pai nem a mae dele, era o próprio Josh, sento no lado dele ao abraço

-N: Vai ficar tudo bem

Vejo que ele não tinha se tocado da minha presença ama, ele pergunta como eu entrei e eu explico, ele me entrega uma folha de papel e começo a ler, e começo a chorar, então quando acabo percebo que eu também fiquei muito mal com aquilo, como o pai dele pode fazer isso.. esperei... a mae dele cita na carta que o pai ameaçou ela, meu Deus. Nessa hrs dou graças a deus pela minha família, ficamos ali cerca de uma hora que nem vimos passar chorando. Ele levanta e diz.

-J: já sei, como eu estou morando sozinho vamos convidar a galera pra vim aqui pra minha casa, todos nós dormimos aqui, então conversamos, até por que eles nem sabe da gente né...

-N: Ótima ideia, já sei, hoje vamos contar que estamos namorando, o que acha?

-J: pode ser, na verdade, ameiii.

Entao liguei para todos e cada um que atendia dizi a mesma coisa

"Eai seus sumidos"

Eu achei que Josh superou bem rápido a perda repentina do pai e da mãe, mas ok, ele queria a festa pra parar de pensar na quilo. Mas inevitavelmente eu pensei 

" SERÁ QUE ELE VAI VER SEUS PAIS NOVAMENTE?" 

Parei de penssar naquilo e como é arrumar a casa para esperar a Sina, Heyoon, Bailey, e krystian.



Notas Finais


Gente, o que vocês estão achando?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...