História Nossa amiga - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink
Personagens Jisoo, Kim Taehyung (V), Lisa
Visualizações 7
Palavras 1.497
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Crossover, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 4 - Capítulo 04



                  ~ Jisoo on~

        Como não teria aula hoje, eu decidi que iria aproveitar para tomar um ar fresco naquela manhã tão bela. Já não aguentava mais ficar dentro de casa. Tenho conversado com Baekhyun muito pouco esses tempos, somos só amigos, mas sinto algo a mais por ele. Eu queria poder lhe abraçar, sentir seus lábios nos meus, mas como querer não é poder, vou ficar só na vontade eu acho.

        Da última vez que conversamos ele estava muito diferente, mas decidi não me intrometer, não queria parecer invasora. Talvez seja por causa da sua mãe que não lhe dar muita atenção e vive brigando com seu pai.

       Depois de tanto pensar decido sair um pouco para esfriar a cabeça, era 9:00 hrs, o clima estava ótimo e não há nada mais tranquilo do que pegar um ventinho agora né, já que na minha casa sou isolada.

        Pego meu celular e saio de casa sem rumo, mas lembro de um lago perto da pracinha e começo seguir caminho até lá. Tinham crianças brincando por todo lado, então me sento num banco e fico observando-as. Até que sinto uma mão em meu ombro e pelo canto do olho vejo alguém se sentar, mas não olho. 

(Xxx): Não vai falar comigo? ---  diz a pessoa rindo soprado..

Ao perceber que era Baekhyun rapidamente o abraço fortemente. Estava com tanta saudades daquele abraço e daquele cheiro doce. Achei que estava sonhando por um momento.

(Jisoo): Onde estava esse tempo todo? --- falo com os olhos marejados --- Por que me deixou só esses tempos? --- separo do abraço e olho em seus olhos..

(Baek.): Olha! Está tudo bem, não chore. - diz enchugando minhas lágrimas que escorriam pela bochecha --- Não  chore por minha causa meu amor.

(Jisoo): Por que não me respondeu nas mensagens e nem foi mais na minha casa? --- pergunto ao mesmo indignada e confusa..

(Baek.): Eu precisava de um tempo para pensar sobre algumas coisas-- diz encarando uma pedra grande próxima do local onde estávamos..

(Jisoo): Posso saber que "coisas" são essas? --- pergunto fazendo aspas com os dedos na palavra 'coisa'..

(Baek.): Bom..não sei como ti dizer..J-jisoo eu g-gosto de v-você!  - fala corado e com muita vergonha..

(Jisoo): G-gosto de você também! - revelo ao mesmo que logo se espanta..

(Baek.): Você tem certeza Jisoo? --- fala olhando dentro de meus olhos..

(Jisoo) : Toda certeza do mundo. --- digo sorrindo envergonhada e brincando com os próprios dedos..

Baekhyun coloca a mão em meu queixo erguendo minha cabeça, olha em meus olhos e solta um sorriso bobo. Logo vai aproximando nossos lábios e sela os mesmos. Sentir aquele gosto da sua boca era tão bom, beijá- lo me fazia se sentir calma e esquecer dos meus problemas, era um beijo calmo,doce e com muito desejo, sem malícia nenhuma. A maldita falta de ar chega e nos separamos por alguns segundos até o mesmo dizer algo..

(Baek.): Jisoo, aceita ser mminha n-namorada? --- pergunta o mesmo tímido. .

(Jisoo): Aceito. --- falo já chorando de alegria e abraço o mesmo novamente..

Nos separamos do abraço e voltamos a nos beijar, era tão viciante que não queria mais sair dali. Era como se nossas bocas se encaixassem perfeitamente, sem mentira nenhuma, parecia serem feitas uma para a outra. Isso parece mais uma daquelas história clichés de sempre haha, mas não é mentira.Paramos o beijo e ficamos nos olhando por alguns segundos, até nos abraçarmos de novo, ficamos abraços por bastante tempo apenas conversando e ponto papo em dia.

(Baek.) Te amo minha pequena? --- diz selando minha testa e afagando meus cabelos..

(Jisoo): Também te amo --- abracei o mesmo mais forte ainda, que apenas retribuiu sorrindo..

Ficamos mais alguns minutos abraçados,  até o celular do pálido tocar. Nos separamos e o mesmo atendeu a ligação, concordou com tudo o que a pessoa do outro lado da linha falava, fiquei apenas observando calada. O mesmo desligou a ligação e voltou a atenção para mim..

(Baek.): Desculpe bebê, terei que ir para casa! --- diz cabisbaixo..

(Jisoo): Tudo bem amor, pode ir. 

(Baek): Quer carona até sua casa? Estou de carro e pos..

(Jisoo) : Não precisa, vou ficar mais um pouco aqui. --- interrompo o mesmo antes que termine de falar..

(Baek.): Tá bem então. --- sela nossos lábios e me abraça..--- Já vou indo, tchau bebê.

(Jisoo): Tchau meu anjo.

O mesmo se retira e fico apenas o observando ir embora. Fiquei mais um tempo ali, pensando em tudo o que tinha acontecido e  sorrindo feito boba. Decido ir embora e como a casa de (S/N) ficava no mesmo caminho de casa, iria passar lá pra fazer uma visita para a mesma. Me levanto e assim que levanto vejo um homem vendendo sorvete, vou até lá e compro um , vou caminhando enquanto penso na minha vida e todas as mudanças de ultimamente.

           ~ (S/N) on ~ 


Havia acabado de acordar ,fazer minhas necessidades ,quando ouço a companhia tocar. Corri para ver quem era e vejo que era 'nada mais nada menos' que Jisoo.

(S/N): Oi amiga. Eu estava morrendo de saudades de você.  - falo agarrada na mesma..

(Jisoo): S/n? Não faz nem dois dias que nos vimos! - a mesma diz sorrindo e retribuindo meu abraço..

(S/N): Mesmo assim, você tem andado sumida esses dias! - falo revirando os olhos

(Jisoo): Mas agora não ficarei mais "sumida" - dà  ênfase na palavra 'sumida' e sorri..

(S/N) Uh! Você está muito sorridente, o que aconteceu?

(Jisoo): Se você me deixar entrar primeiro, eu ti conto! diz rindo e logo percebo que não tinha chamado - a para entrar..

(S/N) Oh meu Deus, eu tinha esquecido que estávamos aqui fora ainda! Desculpa! - falo envergonhada e sorrindo..

Dou espaço para a mesma entrar e peço que sente no sofá para podermos conversar melhor. Fecho a porta e sento do seu lado, ela estava rindo feito uma abobalhada.

(S/N) Pode começar a CONTAR!  - digo colocando as mãos debaixo do queixo e olhando fixamente para a mesma..

(Jisoo) : Não me olha assim, isso me assusta! 

(S/N) Cuida Jisoo! - a mesma diz entusiasmada..

(Jisoo) Tá bom. --- respira fundo --- Estou namorando.

(S/N):  Quem é o sortudo?


(~ (S/N) on ~ 


Eu tinha acabado de acordar ,fazer minhas necessidades ,quando ouço a companhia tocar. Corri para ver quem era e vejo que era 'nada mais nada menos' que Jisoo.

(S/N): Oi amiga!? Eu estava morrendo de saudades de você.  - falo agarrada na mesma..

((Jisoo): (S/N)? Não faz nem dois dias que nos vimos! - a mesma diz sorrindo e retribuindo meu abraço..

(S/N): Mesmo assim, você tem andado sumida esses dias! - falo revirando os olhos

(Jisoo): Mas agora não ficarei mais "sumida" - dà  ênfase na palavra 'sumida' e sorri..

(S/N) Uh! Você está muito sorridente, o que aconteceu?

(Jisoo): Se você me deixar entrar primeiro, eu ti conto! diz rindo e logo percebo que não tinha chamado - a para entrar..

(S/N) Oh meu Deus, eu tinha esquecido que estávamos aqui fora ainda! Desculpa! - falo envergonhada e sorrindo..

Dou espaço para a mesma entrar e peço que sente no sofá para podermos conversar melhor. Fecho a porta e sento do seu lado, ela estava rindo feito uma abobalhada.

(S/N) Pode começar a CONTAR!  - digo colocando as mãos debaixo do queixo e olhando fixamente para a mesma..

(Jisoo) : Não me olha assim, isso me assusta!

(S/N) Cuida Jisoo! - a mesma diz entusiasmada..

(Jisoo) Tá bom. --- respira fundo --- Estou namorando.

(S/N):  Quem é o sortudo?

(Jisoo) Um rapaz que conheço. Se chama Baekhyun.

Jisoo) Um rapaz que conhece. Se chama Baekhyun. 

(S/n) Ah era isso que você não queria me contar. --- soco sua costa levemente --- Apoio você em tudo que precisar flor. 

(Jisoo): Muito obrigada pelo apoio. 

(S/N): Não tem de que. Quando começaram a namorar? - pergunto curiosa..

(Jisoo): Hoje mesmo! Estava até pensando, e se meus pais não deixarem? --- diz meio receosa..

(S/N): Eles vão deixar sim, relaxa. Esse tal de Baekhyun parece ser muito legal..

(Jisoo):  E ele é!  Converso com ele a muito tempo ,e sempre gostei dele , só não sabia como contar! - fala um pouco envergonhada..

(S/N) Se você tivesse me falado antes eu teria ti ajudado.

(Jisoo) : Pois é né, mas agora não precisa mais..--- fala rindo da situação..

(S/N) É, sua galinha, nunca me fala as coisas! --- começo a fazer cócegas na mesma que tenta se defender..

Jisoo não parava de rir e implorava para que eu parasse, ao perceber que a mesma já estava quase sem fôlego de tanto rir, paro com as cócegas.

(S/N): Te amo minha nenem--- beijo sua bochecha e levanto..

(Jisoo): Te amo também, mas agora tenho que ir..

(S/N): Ah não! Fica aqui mais um pouco por favor? --- faço uma expressão triste..

(Jisoo): Já tá tarde amiga.

(S/N) : Ainda são 11:58 hrs. --- digo revirando os olhos e cruzando os braços..

Jisoo tenta sair correndo mas paro em sua frente e puxo seu braço, quando olho para seu braço vejo alguns cortes..

(S/N) : Por que fez isso Jisoo? --- falo ainda segurando o  braço da mesma séria.

(Jisoo): Não sei. 




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...