1. Spirit Fanfics >
  2. Nossa Música >
  3. Ainda não

História Nossa Música - Capítulo 7


Escrita por:


Capítulo 7 - Ainda não


Não sei se foi ansiedade ou simplesmente insônia mas não consegui pregar os olhos a noite pensando como seria hoje no novo colégio, meu celular tocou o despertador mas eu já estava há horas acordada e só o desliguei.

Fui em direção ao banheiro com certa preguiça e lavei meu rosto, estava um clima frio e a água mais fria ainda que me despertou por completa. Terminei de me arrumar, coloquei meu uniforme, um branco com detalhes azuis, não achei tão feio quanto o anterior. Vesti uma jaqueta e fui descendo em direção a cozinha comer alguma coisa.

– E aí, pronta para seu primeiro dia na nova escola? - Disse minha tia que passava manteiga em um pão fresco.

Fui em sua direção lhe dando um abraço.

– Bom dia tia, estou ansiosa e com um pouco de medo, não conheço ninguém e com certeza com essa timidez horrível que tenho vou ficar perdida.

– Pois não fique! Vai dar tudo certo. – Disse mexendo nos meus cabelos.

– Pode comer seu lanche, logo vamos ir, te deixo no colégio e vou para o trabalho. Hoje vou chegar só a noite, pegue essa chave reserva que mandei fazer pra você caso eu não volte para almoçar você não fica trancada por fora.

Peguei a chave e guardei no bolso da minha calça e logo terminei de lanchar, subi rapidamente e escovei meus dentes e saímos.

Chegando perto do colégio fiquei admirada pelo tamanho, não era nada igual comparado ao meu antigo do interior, despedi da minha tia que saiu em direção ao enorme trânsito de São Paulo. Fui entrando no colégio, pelo jeito já tinham tocado o sinal, e fui procurar minha sala.

Fui olhando cada sala e pessoas passavam olhando, outras passavam e nem notavam ou notavam e fingiam que não me viam. Fui sozinha olhando cada sala até que vejo uma cheia de alunos e estava lá; 3° ano B e 3° ano E noturno. Eu fiquei sem entender porque diabos meu nome estava no noturno e não no de manhã.

Fui em direção a secretaria encontrei a diretora e ela foi logo me perguntando o que eu estava fazendo lá que não estava em uma sala de aula.

– Não era pra você está na aula já? Ou está perdida? – Disse olhando fixamente.

– Não, eu não estou perdida, até achei minha sala mas acho que tem um erro, está dizendo que meu turno é a noite e não de manhã, acho que teve um erro pois minha tia me colocou para estudar pela manhã.

– Como se chama? – Ela disse indo em direção ao computador.

Disse meu nome completo e então ela me jogou um balde de água fria.

– Sinto muito lhe dizer isso mas nosso turno de manhã já está com superlotação e demos prioridade a alunos que estudam aqui há mais tempo, você foi passada para o turno da noite e não tem como mudar isso no momento, sinto muito. – Disse com desdém.

– Que horas é o turno da noite? – Eu disse quase que irritada.

– Das 18:30 as 22:30 horas.

Pensei, até que não é má ideia. Acordar cedo sempre me deixa um caco, mas fiquei pensando como minha tia iria reagir, despedi da diretora e sai do colégio em direção a casa da minha tia.

Não ficava muito longe, uns 10 minutos andando, fui olhando para as lojas e barracas e muitos ambulantes que paravam para oferecer suas bugigangas.

Cheguei em casa e dei graças ao universo por minha tia ter me dado uma chave, entrei e já fui subindo para meu quarto me livrar do meu jeans e colocar algo mais folgado. Coloquei um moletom e desci para a sala, fiquei no sofá mexendo no meu celular.

Conversei com minha mãe um pouco e contei sobre o acontecido. Logo depois foi me dando um sono mortal e fui cochilando, quando recebo um SMS com meu celular vibrando.

– Lisa! Bom dia! Tenha uma ótima aula!

Sorri e logo fui respondendo.

– Oi Chiara. Bom que eu queria estar na aula mas descobri que me passaram para o turno noturno, agora será as 18:30. - Disse mandando com um emoji meio triste.

– Nossa, que chato, mas como você está sobre isso?

– Por hora estou um pouco chateada porque queria resolver isso de primeiro dia de aula logo mas até que gostei da ideia de estudar a noite, me parece mais calmo, tudo mais lento.

– Realmente a noite as coisas são mais lentas, principalmente quando se tem um clima agradável, você vai gostar!

– Espero! E como está você? O trabalho como está indo?

– Estou bem! Agora tive um tempo para respirar. Aqui de manhã é bem corrido, começa tudo cedo para na hora do almoço estar tudo pronto!

– Que bom que está bem, e o que está achando do trabalho?

– Estou adorando! Desculpe mas preciso ir agora, mais correria! Bom que vai acostumando com a noite de SP! Nosso cinema está de pé ainda não está?

– Claro!

– Ótimo! Vou ir agora, bom dia pra você!

Minha tia ligou me avisando que não viria para o almoço, eu disse a ela do ocorrido no colégio mais cedo e ela ficou uma arara. Mas entendeu e perguntou se eu não teria medo de andar a noite eu disse que não muito, as ruas pelo jeito essas horas ainda são bem movimentadas e não teria problemas e o colégio era perto. Depois do almoço deitei em minha cama e fui tirar um cochilo pela tarde. Não tinha muita coisa para fazer mesmo.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...