História Nossa Primeira Vez -TodoDeku- - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Boku no Hero Academia (My Hero Academia)
Personagens Izuku Midoriya (Deku), Shouto Todoroki
Visualizações 273
Palavras 2.081
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ecchi, Romance e Novela, Shonen-Ai, Yaoi (Gay)
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 1 - Capítulo Único!


Fanfic / Fanfiction Nossa Primeira Vez -TodoDeku- - Capítulo 1 - Capítulo Único!

 

  Todoroki Shoto

Eu acordei, finalmente sexta-feira, essas últimas semanas vem sendo um inferno, estou sendo obrigado a ver o BakuBaka se esfregando no Midoriya, e ele faz isso pra me provocar, ele provavelmente percebeu que eu “gosto” do Midoriya, e fica fazendo ciúmes em min.

Me levanto sem nenhuma disposição, vou no banheiro do meu quarto, tomo um banho rápido, enrolo uma toalha na cintura, escovou meus dentes, arrumo meu cabelo, saio do banheiro e me dirigo ao guarda-roupa pego o uniforme da U.A, me visto e desço tomar café, coloco meu tênis, me despeço da minha irmã,  e vou em direção da escola.

Depois de uns 10 minutos de caminhada encontro a Uraraka, uma amiga de infância minha, ela é umas das poucas pessoas que sabem que eu “gosto” do Midoriya, eu coloco aspas no gosto,  pois não tenho total certeza disso, até porque nunca gostei de ninguém. 

-Bom dia Shoto-Kun- Diz ela vindo me “abraçar”, ou melhor me esmagar, não sei como uma baixinha dessas tem tanta força...

- Bom dia Ochako-Chan!-digo retribuindo o “abraço”.

Começamos a caminhar em direção da U.A, conversando sobre coisas aleatórias, quando percebo que ela estava estranha!

-Você parece meio estranha Ochako-Chan, aconteceu alguma coisa?-Pergunto percebendo que ela estava com a voz um pouco chorosa!

- Não consigo esconder nada de você néh!?- faço que não com a cabeça!- Eu e a Tsuyu brigamos ontem a noite!

-Ué por quê?- Pergunto meio preocupado, Tsuyu-Chan não é de brigar por qualquer coisa, ainda mais quando o assunto é a Ochako-chan!

-Por minha culpa é lógico! Eu tava de TPM, dai tive uma crise de ciumes bobo, e comecei a brigar com ela, sem ela ter ao menos culpa!- disse a baixinha com a cara abaixada, percebi um tom choroso na sua voz, puxei ela para um abraço, não gosto de ver ela chorando,  por isso sempre a abraço.

- Ei relaxa, estamos falando da Tsuyu-Chan, a pessoa mais fofa desse colégio, ela vai te perdoar, relaxa!- disse tentando confortar a pequena!

- É você tem razão!- Disse ela saindo do abraço.-Vamos para a escola se não vamos nos atrasar...

Voltamos a andar, conversando sobre outras coisas aleatórias, até chegar na escola, quando paramos na frente dela, me deparo com a cena que não queria ver, O BakuBaka se pegando/se comendo com o MEU Midoriya... Perai porque eu falei meu!

Sou tirado dos meus devaneios quando uma pessoa praticamente pula em cima  de min, sim, minha “Namorada” Momo, digo namorada, porque nós não queríamos estar namorando, é meio que um namoro arranjado, nossos pais fizeram a gente começar a namorar, foi quando comecei a ficar mais próximo da Momo, e descobri que ela gosta de garotas, e bom ela tem uma “amante”,  a Kyoka-Chan.

-Oi Shoto! -disse me abraçando e deixando um beijo na minha boxexa!

-Oi Momo!- disse retribuindo o abraço, olho por cima do ombro da Momo e percebo Midoriya olhando pra cá,  não sei porque mais desvio o olhar.

Momo sai do abraço e vai abraçar a Ochako-Chan.

-Oi Uraraka-Chan, a Tsuyu-Chan está te procurando, disse que precisava falar com você! -Ochako-Chan olha pra min com um sorriso, e eu retribuo com um pequeno sorriso de canto.

-Obrigada Yaoyorozu-Chan, vou procurar ela!- diz ela saindo correndo em direção a escola.

-Elas brigaram de novo?- pergunta a Momo!

-Sim! -digo começando a andar em direção da escola sendo acompanhado pela garota!

-O Izuku-Kun parece meio incomodado olhando pra gente!-diz ela pegando na minha mão, e me roubando um selinho!

-Falando assim até parece que você quer o Midoriya pra você! 

-Só estou fazendo ciúmes por você bobinho, se bem que se eu fosse hetero, eu daria uns pega nele, ele é bem bonito! - fico com “um pouco” de ciúmes, mais disfarço, até porque não tem o porque ter ciúmes de uma menina que gosta de outras meninas.

Entramos na sala, como de costume professor Aizawa se atrasou, foi quando vi Tsuyu-Chan entrando junto com a Ochako-Chan, vindo em minha direção! 

-Todoroki-Kun, você quer ficar sozinho com o Izuku?- perguntou a Tsuyu-Chan

-Bem querer eu quero , mais eu vou fazer oque, eu nem sei se realmente gosto dele!- como sempre fui direto!

-Olha a gente vai fazer duas perguntas e queremos que você responda com sinceridade! - disse a Ochako-Chan e eu apenas acendi com a cabeça! 

-Quando você pensa nele seu coração acelera?- perguntou a Tsuyu-Chan 

-Sim!- Respondo sinceramente.

-Ótimo agora, você sente ciúmes dele?- perguntou a Ochako-Chan.

-Sim!

- Ótimo,  você gosta dele!- não sei onde é ótimo, se eu gosto dele não importa se ele estiver com outro...

-Pois bem, eu e a Ochako, tivemos um plano! É bem simples e temos 95% de certeza que vai funcionar! Só aguarde Todoroki-Kun- Disse a Tsuyu, ótimo,  agora vou ter meio que um encontro com o Midoriya.

Bom passa as primeiras aulas e chega a hora do almoço, eu tenho um costume de não comer no refeitório gosto de um lugar mais calmo, pode ser no telhado ou na quadra, pode até ser no quarto de limpeza, como é o caso de hoje, o telhado tava trancado e a quadra tinha aula ou seja tive que vir para o quarto de limpeza que é bem pequeno, tipo mal tem espaço para duas pessoa.

Estava comendo meu almoço quando derrepente entra um ser correndo dentro do quarto, quando vejo quem é, logo ligo os pontos,elas armaram tudo isso!

-Todoroki-Kun ta tudo bem?- diz o pequeno pegando no meu rosto.

-Midoriya-Kun, to sim por quê?- me fingi de desentendido!

-Ufa ainda bem, as meninas disseram que você tava com falta de ar, então eu vim correndo!- sempre tão preocupado!

-Estranho, como elas sabiam que eu estava aqui?- novamente me fingi de desentendido, porque a Ochako-Chan sabe!

 -Bom eu já vou indo então, porque o Kacchan deve ta me esperando!- disse o esverdeado virando em direção da porta, mais quando foi tenta-la abrir, não obteve sucesso.

-Ué não quer abrir?- me fazendo de desentendido!

-Não! - disse o baixinho.

-Deixa eu tentar!- bom lembra que eu disse que é bem pequeno e mal cabe uma pessoa, então na hora que eu fui tentar abrir a porta, eu basicamente colei meu corpo com o do Midoriya, foi quando eu percebi que ele arrepiou, fiquei feliz por dentro!

-É realmente não quer abrir! Deve ter emperrado ou alguma coisa do tipo- digo na maior tranquilidade do mundo!

-Bom vou tentar gritar as vezes alguém escuta a gente!- ele começou a gritar, mais esqueci de citar um pequeno detalhe, o quartinho da limpeza é fora da escola, ou seja, só escutaria o esverdeado gritando se estiverem passando perto.

- Tá com o celular ai?- perguntei a ele, rezando para que ele dissesse não e parece que Kami ouviu minha preces!

-Não e você? 

-Não!

-Parece que a gente vai ter que esperar alguém dar a nossa falta na aula! -disse me escorando na parede para não ficar encostando nele, não quero parecer oferecido!

-Bom já que estamos aqui podemos aproveitar o momento!- no momento não tinha entendido, até o menor simplesmente me roubar um beijo, ele pede passagem e eu logicamente dei, mano puta merda, parece que nós nos beijamos a muito tempo, é uma sincronia perfeita, é uma beijo calmo, puxei o corpo dele para mais perto do meu, sinto a mão dele indo em direção da minha nuca, e dando uma leve puxadinha no meu cabelo, o que me faz sorrir durante o beijo, paramos quando o ar(maldito ar) se fez necessário. Olhei pra ele com uma cara meio que de desentendido misturada com um pouco de felicidade.

-Porque fez isso?- Perguntei ao esverdeado!

-Porque eu quis! Descobri a mais ou menos uma semana que o Kacchan, está me traindo com o Kirishima-Kun!-senti uma leve dor no peito, fiquei com dó do Midoriya-Kun.- Porque? Você não gostou? A é verdade você é Hetero né! Lógico você tem a Momo-San, porque iria querer alguém co...

O interrompo, roubando um beijo dele, dessa vez era mais selvagem, coloquei ele contra a parede, quando o ar se fez necessário novamente, comecei a beijar o pescoço do menor, que fez ele se arrepiar...

-Shoto-Chan! Porque está fazendo isso?- perguntou ele, voltei minha atenção para os olhos do esverdeado que me olhavam como se estivesse buscando a resposta.

Me aproximei do ouvido dele.

- Porque eu gosto de você!- disse e logo depois volto a depositar beijos do seu pescoço, ele volta a se arrepiar, começo a abrir a camiseta do Izuku, olho para ele, vejo que ele olha para mim corado.

-O BakuBaka nunca tentou fazer nada nessas semanas de namoro?- pergunto meio sério. 

- Não, ele só mandava eu fazer as coisas pra ele, já que sexo ele tinha a vontade com o Kirishima-Kun - percebi um tom meio tristonho na voz do Izuku.

-Então relaxe!- disse terminando de desabotoar, olhei para o corpo dele, e é lindo, não é magro mais também não é muito musculoso, perfeito, volto minha atenção para os mamilos dele, logo começo a chupar um enquanto massageou o outro, ouço uns pequenos ruídos, olha para cima e depara com umas das cenas mais lindas que eu já vi, Midoriya todo vermelho, mordendo o lábio para não gemer, realmente ele nunca havia sido tocado dessa forma.

Olha para baixo e vejo a ereção evidente em baixo da calça da escola, olho para ele, e aqueles olhos esmeraldas pareciam pedir por aquilo, puxo ele para um beijo enquanto abro o calça da escola, depois de abrir, me ajoelho perante a ele, e abaixo somente a calça, começo a massagear o membro dele por cima da cueca.

-Peça com carinho!-Disse olhando para ele.

-Hein?!- ele me olhou com uma carinha de desentendido.

-Se quer que eu te chupe peça!- ele me olhou muito envergonhado, e devo admitir ele fica muito fofo assim! Volto s massagear o membro dele, fazendo ele novamente morder o lábio para não gemer!

-Po.. Por fa.. Favor, Shoto-Chan!- Logo após ele pedir abaixo a cueca dele, e com a mão começo a fazer movimentos vai e vem.

Olho para carinha dele, e ele está  todo corado, e lindo!

-Não precisa ter medo, ninguém vai nos escutar daqui.- Logo após dizer isso, começo a chupa- lo, e finalmente ele solto o som que eu tanto queria ouvir.

-Sho...To...- esse som divino fez meu membro pulsar mais forte dentro da calça.

Começo a fazer movimentos mais rápidos para que aquela tortura(pra mim) acabe mais rápido. 

-Shoto... Chan eu ... Vou gozar.

E ele finalmente se desmancha em minha boca, eu prontamente engulo tudo, olho para ele, e ele está lindo, todo vermelhinho e suado.

Me levanto e puxo ele para um beijo, ele corresponde prontamente, quando o ar se fez necessário, ele veio em direção ao meu ouvido.

-É a minha primeira vez então seja carinhoso.- Kami do céu, quase que e eu pulo em cima dele.

- Pode deixar, vou te proporcionar o prazer que aquele baka, nunca fez a questão de te proporcionar! 

Percebo que ele se arrepia, ele sem ao menos eu pedir, se vira e tenho uma visão privilegiada de sua bunda, eu molho 3 dedos meus, para lubrificar, enfiou um dedo nele, espero ele se acostumar e começo a fazer movimentos vai e vem, depois de um tempo, coloco o segundo e depois de um tempo coloco o terceiro dedo, e começo a procurar a próstata, até finalmente achar, ele começa a gemer mais alto quando eu começo a fazer movimentos vai e vem com o dedo.

Tiro meus dedos de dentro dele, tiro minha calça e minha cueca.

-Se doer e quiser parar fala OK!

- Tá. 

A jeito meu membro na entrada dele, e enfio, ele da um grito de dor, fico um pouco receoso, e espero ele se acostumar, logo ele começa a rebolar indicando para mim começar a me movimentar, e assim eu faço, começo a fazer os movimentos vai e vem, dentro dele, e os gemidos que antes em de dor, agora se tornaram gemidos de prazer,

- Midoriya... Eu vou gozar!- Digo depois de algum tempo!

-Goze.. Dentro..-Entendo o recado, e assim faço, me desmanchou dentro dele, logo depois disso tiro meu membro.

-Shoto-Kun, eu gosto de você! -Olho pra ele, e ele vira a cabeça pra mi e sorri.

- Também gosto de você, Midoriya.

Dois meses depois!

Já fazem dois meses da nossa primeira vez, atualmente estamos namorando, a 1 mês, duas semanas depois da nossa transa ele terminou com o BakuBaka, e a Momo “terminou” comigo e “assumiu” o namoro mais que claro dela com a Kyoka-Chan. Pedi ele em namoro 2 semanas depois disso, e ele aceitou, meu pai ficou louco ao saber que o “filho perfeito” é gay, e ainda por cima está namorando com o pupilo do All Might. Eu só tenho uma coisa a dizer! Essa foi a melhor primeira vez!!!


Notas Finais


OIE GENTE TURU BOM?
Espero que tenham gostado!
Foi minha primeira fanfic!
Se quiserem deixar sugestões para a próxima, fiquem a próxima vontade! Pode ser de qualquer anime!
Bjs até a próxima!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...