1. Spirit Fanfics >
  2. Nossa querida cerejeira. >
  3. Capítulo 5 - Primeiro dia de aula parte 2

História Nossa querida cerejeira. - Capítulo 6


Escrita por:


Notas do Autor


Haha olhem eu aqui de novo

Ai gente eu to tão animada, sério, vocês são incríveis♥️♥️

Bom vou postar esse hoje pra adiantar e eu conseguir me concentrar nos Irmãos Haruno♥️

Amo vocês♥️
Boa leitura ♥️

Capítulo 6 - Capítulo 5 - Primeiro dia de aula parte 2


Fanfic / Fanfiction Nossa querida cerejeira. - Capítulo 6 - Capítulo 5 - Primeiro dia de aula parte 2

Capítulo 5


O caminho até a escola não foi muito longo, conseguia ver as grandes mudanças que ali ocorreram. Estacionei meu carro e segui pra dentro do prédio principal, conseguia sentir os olhas sobre mim e ouvir s cochichos, sem me importar segui até a sala da diretora, no caminho topei com alguém 

- Olha por onde anda garota - reconheci a voz na hora, era Itachi

- Olha você infeliz - já comecei meu dia pistola, tava sem ânimo pra aturar babaquice hoje, continuei meu caminho mas antes fiz questão de bater no seu ombro,  vi uma loira peituda certamente era minha amada madrinha, Tsunade Senju, assim que me viu travou totalmente, conseguia ver a surpresa em seus olhos, caminhou até mim e me abraçou, aquele famoso abraço de urso que só ela sabia dar

- Oh minha querida, quanto tempo meu amor, como você tá? - desfez o abraço mas ainda segurava minhas mãos 

- Eu to bem tia e você?

- Eu to bem meu anjo, vem vamos - me levou até sua sala, sentou na sua cadeira - E então meu bem, oque te trás aqui de novo, por onde esteve?

- Bom Mebuki me mandou voltar e eu estava estudando na Europa, porque a madame queria que eu me portasse como uma "dama" - falei fazendo aspas - Afinal de contas ela abandonou meu pai e casou com Hagoromo 

- É eu soube, odeio essa mulher, conseguiu destruir a vida do meu irmão.

- E o papai, como ele tá? Faz 4 anos que eu não o vejo, perdi totalmente o contato com ele

- Olha Sakura seu pai deu a volta por cima e é o empresário mais poderoso de Londres, ele está a caminho de Konoha pro seu aniversário, você está convidada, passarei as informações sobre isso por mensagem, agora vou arrumar sua matrícula aqui, só tenho suas informações de 3 anos atrás, e aqui está o papel confirmando que você está matriculada no 3°B - me entregou um papel - Até depois querida.

- Até madrinha.

Sai da sua sala incrivelmente irritada, Mebuki era uma vadia mal amada. Como podia ser tão má assim. Procurei a sala e finalmente a encontrei, no primeiro dia atrasada por 10 minutos, o auge.

Bati na porta e logo o professor abriu a porta.

- Posso ajudar?

- Aluna nova - lhe entreguei o papel, logo ele me entregou e me deu passagem 

- Se apresente

- É necessário? 

- Não 

- Então não vou me apresentar - sorri e fui retribuída 

- Tudo bem Srta. Sakura, pode se sentar do lado da Shion.

- Ok - segui até a carteira vazia 

- Oii eu sou a Shion

- Sakura - parecia ser uma garota legal, mas não iria me iludir a isso, pois as aparências enganam.


[♤]


O sinal do intervalo finalmente havia tocado, segui pro refeitório mas fui interditada por Indra 

- Eai meu bem, como foi a aula de hoje? - depois da nossa pequena discussão ele começou a ser mais fofo comigo, vai saber oque aconteceu.

- Foi legalzinha até - passou os braços pelos meus ombros e me levou até a mesa dos seus amigos, sentia a tal de Shion me olhar feio, doida 

- Bom Sakura vou te apresentar ao resto da turma, bom gente essa é a Sakura, minha irmã mais nova.

- Oi - disse indiferente 

- Oi Sakura eu sou o Kiba

- Eu sou a Shion - notei que sua expressão voltou ao normal.

- Sim sim, estamos na mesma sala - sorri pra ela e logo fui retribuída - Eu vou ali comprar algo pra co...- não consegui terminar pois fui puxada com tudo pra trás

- Sai de perto do meu Indra sua vadia - disse uma garota morena, certamente era aquela peguete que o Indra deu o fora - Ridícula, como ele pode me trocar por alguém tão feia quanto você!!

- Oh sua doente, não sei em que mundo patético você vive em que dois irmão se pegam, mas eu vou te esclarecer uma coisa, eu sou a irmã mais nova dele, se ele cansou de foder você o problema é inteiramente seu, retardada. - disse a empurrando, ela me olhou espantada.

- Mentira, Indra não tem irmã. - disse toda convicta.

- Fuuka chega, para de ser idiota garota, Sakura é enteada do meu pai o que a faz nossa irmã mais nova, puta merda garota, achei que você era burra mas porra esse foi teu auge, você só não a conhece porque ela tava estudando fora. - Ashura disse chegando e apoiando suas mãos no meu ombro. Logo ela saiu junto com algumas garotas dando gritinhos histéricos, que problemático. - Eai meu bem, bora pegar aquele lanche?

- Vamos.

- Indra se a Aki aparecer fala que eu não vim hoje 

- Ashura você bateu a cabeça hoje foi? Aki tá na sua sala!!

- Puts verdade hahaha, vamos Sakura - agarrou minha mão e me arratou até a lojinha de lanches que tinha ali 

- Oh para de me arrastar, eu sei andar 

- Eu sei que sabe, mas ta muito lenta pro meu gosto maninha.

- Bobo. - Analisei as opções que havia ali e decidi comer uma coxinha com café com leite, delicious!! Voltamos pra mesa e Indra tava abraçado com a Shion, awwwn eles ficam tão fofinhos juntos. Sentei e comi meu lanche, eles conversavam, as vezes me perguntava um coisa ou outra só pra não me deixarem de fora.

- Sakura, nossa próxima aula é vaga então não vamos precisar subir - falou Shion conseguia sentir uma pitada de malícia na sua voz e já sabia oque iria rolar, ela e Indra se pegando no armário do zelador.

- Ah Ok, vou falar com a Tsunade - Indra e Shion me olharam assustados - Ei relaxem haha não é nada relacionado a vocês 

- Pow Sakura faz isso não - falou Shion fingindo desespero e colocando a mão no peito.

- Desculpa haha.

- Sakura você tem compromisso hoje depois da escola? - perguntou a ruiva de óculos de ontem 

- Não, porque?

- Bora no shopping com a gente?

- Claro.

- Sakura nem perguntei, oque que deu pra você ter chegado tão pistola hoje? 

- Como assim? - perguntei confusa, como ele sabia?

- Itachi me falou

- Ah, Mebuki veio com o papinho de querer remover minhas tatuagens.

- Essa sua mãe em Sakura, verdadeira megera.

- É que vocês ainda não a conhece tão bem. - Indra e Ashura se entreolharam 

- Como assim Sakura?

- Esquece esquece, em casa conversamos. - concordaram e voltaram ao normal.

Claro não iria falar entre todos que Mebuki vai tentar tirar tudo que eles tinham assim como fez com meu pai.

O sinal do final do intervalo tocou, levantei e fui até minha sala pegando meu material e seguindo para a diretoria.

Toc toc. 

- Pode entrar - entrei na sala e fechei a porta atrás de mim - Ah é você querida.

- Madrinha preciso que você esclareça algo pra mim - falei seria e logo ela entendeu 

- Pode dizer 

- Pode me dizer oque relamente aconteceu entre meu pai e a Mebuki?

- Bom Sakura, eu queria que Kizashi falasse com você sobre Isso, mas irei adiantar alguns pontos. Bom, Mebuki conheceu seu pai através de uma entrevista de emprego na Haruno's Corporations, era a terceira empresa mais famosa do Japão, logo ela foi contratada mas Mebuki e começou a se relacionar com seu pai, e nisso você foi feita, esse era o plano dela, engravidar pra prender seu pai - a olhei horrorizada - Apesar de não querer filha naquele momento, Kizashi amou a ideia de finalmente formar uma família, então casou com Mebuki, depois de um tempo, ela finalmente decidiu dar o golpe dela e tirou tudo que seu pai tinha e sumiu levando você junto, ela apenas engravidou pra colocar seu plano em funcionamento, e não, seu pai não te odeia, você ainda nem havia nascido quando tudo isso aconteceu!!

- Isso é muito pra mim digerir, como ela pode fazer isso, ela é um monstro!

- Eu sei querida, mas você quis um esclarecimento, Sakura eu sei que ela casou com Hagoromo e eu temo que logo ela fará algo igual com ele.

- Oque?

- Sakura por que você acha que Mebuki se casou com Hagoromo? Claramente não foi por amor

- É você tem razão. - isso era demais pra mim digerir, claro eu sabia que isso um dia iria acontecer, mas não sabia que a desgraçada era tão miserável ao ponto de colocar uma criança no mundo pra dar golpes, pela primeira vez eu estava certa! - Hoje conversarei com Indra e Ashura sobre isso.

- Espero que de tudo certo Sakura, e que Hagoromo não passe pelo que meu irmão passou!

- Isso não vai acontecer madrinha, agora vou indo - levatei e segui até a porta. Segui pro estacionamento e fui pra casa, precisava me distrair, entrei no carro e meu celular havia apitado 


Mensagem de um número desconhecido:


Oi Sakura, aqui é a Karin, podemos passar na sua casa ou você encontra a gente no shopping?


Ah Oi, então eu encontro vocês no shopping mesmo.

Ok nós vemos lá então.

Bjss

Bjs.


Joguei meu celular no banco e segui pra casa teria muito oque conversar com Indra e Ashura hoje.

[♤]

Cheguei em casa e estacionei meu carro parto da fonte, iria sair de novo então não faria sentido guarda-lo. Subi correndinho e troquei de roupa, coloquei uma blusa branca com um macacão preto, um tênis baixo preto, penteei meus cabelos de novo, apenas retoquei a maquiagem, troquei meu acessórios, peguei minha bolça e sai, não queria olhar pra cara da Mebuki hoje.





Notas Finais


Olou hehe
Oque estão achando??


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...