1. Spirit Fanfics >
  2. Nossas Memórias >
  3. Cinco

História Nossas Memórias - Capítulo 5


Escrita por:


Notas do Autor


Estava sem condições emocionais e físicas de postar algo esses dias hahaha agora tô recuperada kkkkk mas aí tá mais um

Capítulo 5 - Cinco


Tsukki ainda teria que ficar uns dias no hospital, para fazer os últimos exames e ver se estava tudo certo mesmo. Yamaguchi ia pelo menos um pouco lá todos os dias para vê-lo. 

 

- O míope mudou muito, né? Parece até fingimento! Ele falou que eu sou muito engraçado e ainda falou “bate aqui!” quando a gente conversou, que louco. - Dizia Kageyama a Hinata, que andavam sempre juntos.

 

- Eu não acho que ele esteja fingindo algo tão sério. Ele até levou uns pontos na cabeça. Mas a mudança é louca mesmo, ele dividiu a gelatina dele comigo! - Comentou Hinata sua experiência com o novo Tsukishima.

 

- E você sabe do Kuroo? - Perguntou o levantador.

 

- Não ouvi nada sobre ele. A única coisa que sei é que os ferimentos dele foram mais leves.

 

Yamaguchi pensava muito no que tinha acontecido com o capitão do Nekoma. Não se sabia nem que hospital estava, ou se tinha ido pra casa. Na verdade, sumiu do mapa e isso o deixava bem irritado, pois Tsukki tinha pagado um preço bem alto.


 

- Yams, você é péssimo nisso! - Comentou Tsukishima quando os dois estavam jogando damas para passar o tempo, já que o loiro insistia em ter o outro por perto e o chamava até pelo apelido.

 

- Você que é muito inteligente!

 

- Sabe… - Começou a dizer Tsukishima, depois de comer mais uma peça do seu novo amigo - Todo mundo que vem aqui diz tantas coisas sobre mim, que eu era bem rude com as pessoas, mas muita gente andava comigo. Isso é verdade?

 

Yamaguchi parou um pouco para pensar. Não queria deixar ele preocupado por ter feito coisas ruins que nem se lembra, mas as cenas do antigo Tsukki passeavam pela sua mente, ameaçando sair pela boca.

 

- É verdade sim. - Tsukishima o olhou com uma cara desanimada - Mas não fica assim, vai! Você tá bem diferente agora, não costumava nem rir e agora todos os dias que eu chego aqui tá com um sorriso de orelha a orelha! - Explicou dando uma risada tentando descontrair o convalescente.

 

- Então se você diz, eu confio em você! - Respondeu se ajeitando um pouco na cama, colocando um travesseiro nas costas - Eu não consigo lembrar de ninguém, me sinto meio perdido. Como se estivesse em um quarto totalmente escuro e nenhuma janela sequer. Mas você me faz sentir mais seguro, sinto que te conheço desde sempre!

 

Yamaguchi só evitou encarar seu rosto e fez sua jogada na dama. 

.

 

.

 

.

 

.

 

.

 

.


 

- Você deveria ir ver o seu namorado. - Disse Kenma enquanto pegava uma bebida na geladeira. Ele era o levantador da Nekoma e o melhor amigo de Kuroo. 

 

- Depois que ele sair do hospital eu vou. 

 

- Por que não vai visitar ele? - Comentou Kenma dando um bocejo e voltando para seu jogo.

 

- Porque ele deve ficar puto quando me ver. Na real, a culpa foi minha do que aconteceu. - Respondeu bebendo um pouco da bebida que o amigo pegou.

 

- Kuroo havia sofrido uma lesão na perna esquerda, 3 costelas quebradas e uns machucados na cabeça. Tinha saído do hospital há um tempo e sabia as notícias de Tsukki por Kenma, que era um grande amigo de Hinata.

 

- Acho que não. Hinata me disse que ele não se lembra de nada.

 

- Como assim não lembra de nada? - Perguntou incrédulo.

 

- Você tá bem desinformado pra alguém que fica no pé dele o tempo todo. Ele sofreu uma lesão na cabeça e perdeu a memória. Se fosse você ia lá dar um apoio. - Kenma falou se virando no sofá.

 

Kuroo saiu da casa do amigo depressa, pegou um ônibus meio cambaleante e foi ao hospital ver como estava “seu gatinho”. Ao chegar lá, viu ele sorrindo jogando damas com o nerd que tanto falava mal. 

 

- Tsukki, meu gatinho! - Chegou já se aproximando da cama e dando um beijo na bochecha do loiro.

 

- Desculpa, mas quem é você? - Falou Tsukki com uma voz assustada empurrando fracamente o outro.

 

- Não se lembra de mim? Sou o Kuroo, seu namorado! - Falou ele dando uma ajeitada no cabelo, fazendo cena, o que irritou Yamaguchi.

 

- Namorado? Eu namorava, Yamaguchi? - Perguntou Tsukki meio ansioso e surpreso com os olhos arregalados.

 

- Só um minuto, Tsukki. - Falou Yamaguchi puxando o moreno pra fora do quarto. - O que você pensa que tava fazendo deixando ele confuso? Ele não se lembra de nada do que aconteceu antes do acidente, que aliás foi culpa sua! - Completou tentando manter o tom de voz baixo.

 

- Eu sei que a culpa foi minha, tá legal? Só queria ver o Tsukki. 

 

- Se for ficar falando essas coisas pra ele é melhor ir embora!

 

- Você deve tá adorando isso, né? - Kuroo perguntou o apoiando a mão na cabeça. - Eu sei que você sempre gostou dele, mas ele nunca te deu bola e agora você quer aproveitar a perda de memória para que ele te note.

 

Yamaguchi se sentiu meio humilhado, mas não iria baixar a cabeça.

 

- Olha, não tem nada a ver. Só tô falando que ele ainda tá se recuperando, a gente não pode ficar jogando muitas informações pra ele!

 

- Sei… - Falou o outro esbarrando de propósito em Yamaguchi para entrar no quarto. - Vou só conversar normal com ele.

 

Enquanto isso, Tsukishima ainda estava em choque porque descobriu que “namorava”.

 

- Como assim eu namoro, gente? Algum de vocês pode explicar? - Perguntava eufórico e com as bochechas coradas.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...