1. Spirit Fanfics >
  2. Nosso Amor não é Lenda >
  3. Capítulo 1

História Nosso Amor não é Lenda - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Oioi gente! Espero que vocês gostem🌻

Capítulo 1 - Capítulo 1


- A gente não pode fazer nada, Eric. O caso não é nosso!

- A minha mulher morreu lá Márcia, eu não posso simplesmente deixar pra lá!

Os detetives da Delegacia Ambiental discutiam a melhor forma de investigar o caso sem que seu superior, Ivo, descobrisse.

A morte de Manaus foi a segunda, em menos de um mês, na Floresta do Cedro. O corpo do homem foi achado no meio da mata, durante a madrugada, logo após uma denúncia anônima. Tudo era muito estranho.

- Como você quer seguir com isso, Eric? Isso vai dar merda cara! O Ivo vai suspender a gente!

- Eu quero é que o Ivo se foda!

- Eric, Márcia, venham aqui agora! - Ivo chama os detetives para sua sala. - Eu preciso que vocês parem, agora! Esse caso é de Homicídios, porra! Esse caso NÃO É NOSSO!

- Esse caso tá muito estranho, Ivo, não é só um corpo encontrado! O corpo do cara foi encontrado na floresta que há pouco tava pegando fogo, onde uma outra mulher morreu há menos de um mês, onde do nada apareceram vários peixes mortos. Tudo isso quando uma construtora tá tentando expulsar daquela terra o povo da Vila Toré! - disse Márcia.

- A Márcia tem razão! E Manaus era uma dessas pessoas que ia contra a construtora!

- Não interessa! Esse caso NÃO é nosso, quero vocês longe desse caso!

Eric sai puto da sala indo em direção ao carro e Márcia vai atrás correndo, preocupada com amigo, mas sem querer estragar sua carreira.

Era difícil estar ali. Márcia era a única detetive mulher daquela delegacia e sofria muito por isso. Foi muito difícil convencer todos os presentes que merecia respeito, e no fundo todos sabemos que ela nem tinha que precisar fazer isso.

Por mais que também achasse tudo muito estranho naquele caso, e quisesse muito ajudar um dos seus melhores amigos a entender tudo naquele momento difícil, ela precisava pisar em ovos quando o assunto era carreira.

- Eric! Espera aí! Vamos pra algum lugar conversar, pode ser? Você não pode ficar assim, cara! Me falaram de um lugarzinho ali na Lapa, um barzinho, vamos lá?

- Pode ser...

O Cafofo Bar ficava escondidinho em uma dessas ruelas da Lapa, mesmo próximo ao grande ponto turístico, Os Arcos da Lapa, o bar era frequentado por cariocas, principalmente os que moravam pelos arredores.

Um lugarzinho meio sombrio, mas estranhamente acolhedor. Predominavam as cores vermelho e preto, móveis de madeira escura e um palco pequeno no canto.

- Como conheceu esse lugar, Márcia?

- Você sabe que eu sou frequentadora da Lapa há muitos anos, a gente que vive assim vai fazendo esses achados!

O lugar estava bem vazio, seria ótimo para passar os detalhes do caso sem chamar atenção de ninguém.

- Vamos sentar aqui no bar mesmo, Eric. - a detetive pede duas cervejas e começa a falar. - Vamos passar tudo o que a gente sabe até agora: tudo começou na comemoração de uma festa junina na Vila Toré, um incêndio começou de repente no meio da floresta e...

- E aí minha mulher aparece morta. - Eric completa.

- E aí Gabriela aparece morta... - Márcia repete. - Depois vários peixes aparecem mortos na praia perto da Vila e durante a noite a delegacia recebe uma ligação: outro corpo foi encontrado na Floresta do Cedro, corpo do Manaus. Isso tudo acontece quando uma construtora está tentando pegar aquela terra.

- E Manaus era contra a construtora.

- Exato. Isso é muito pouco Eric, a gente precisava de mais!

Nesse momento uma morena aparece na bancada do bar.

- Primeira vez de vocês aqui?

Ela era linda. Márcia tentava disfarçar o quão admirada estava com a sua beleza, mas percebeu que se encantou quando ouviu Eric falar:

- Essa é a Márcia, ela deve está com a cabeça em outro lugar!

- Prazer, Márcia. Eu sou a Inês.


Notas Finais


Espero trazer capítulos maiores e rápido hahaha podem me chamar no twitter qualquer coisa segtovich_


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...