História Nosso amor não foi em vão! - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO, Got7
Personagens Baekhyun, BamBam, Jackson, JB, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Mark, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Visualizações 394
Palavras 573
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Ficção Adolescente, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 12 - O lado mal de Kim Taehyung


Fanfic / Fanfiction Nosso amor não foi em vão! - Capítulo 12 - O lado mal de Kim Taehyung

 Acordei com o brilho do sol em meus olhos, olhei para o lado e vi Tae acordado me encarando

        -Bom dia(disse em um tom triste)

        -O que ouve, você parece triste?

       -Meu pai acabou de morrer

        -Tae(eu o abraço)

       -Quer ir ao velório comigo?

       -Sim

 Eu vou ao banheiro faço minhas higienes e coloco o meu vestido preto, o dia estava lindo, sol, flores, passaros, bem apesar dessa lindeza toda tinhamos uma pessoa muito triste, Tae está muito abalado, ele não para de encarar o nada, estou ficando preocupada

      -Tae...(tiro ele do transe fazendo com que me encarasse, ele estava com aqueles olhos de demônio novamente) E-Estou pronta, vamos?

         -Sim...

Ele sai do sofá e abre a porta, eu saio ele tambem e ele fecha a porta, eu a tranco enquanto ele apertava o botão do elevador, ele demorou para chegar, mas o mesmo chega, o adentramos

       -Taehyung e sua esposa?

       -Ta aqui!

Olhei para os cantos

     -Tae so tem nos dois aqui!

     -Você sabia... que meu pai deixou uma carta para o fiel guarda dele, que assim que ele morrese, era pra matar a minha mãe também, você vai ver os dois mortos Sophie, sua sogra e seu sogro!

       -Tae... você ta me dando medo... eu não sou sua esposa!

      -Ainda não! (Ele volta a olhar o nada)

        -O que você esta querendo dizer com isso?(o elevador abre)

        -Olha só! (Ele sorri) vamos?

Eu o olho... sera que ele ficou louco, ele ama muito a mãe dele, deve ser por isso! Tudo bem eu vou entrar no jogo dele, mas so por causa disso, eu o seguro pelo braço e fomos em direção do carro ele abre a porta para mim e eu entrei, ele logo entra e começa a dirigir

     -Tae seu pai tem máfia? 

      -Não so uma pequena gangue 

      -E você. ..

     -Se eu vou assumir?! Sim, meu pai me deixou uma grande erança(ele disse em um tom maléfico) 

    Porra... fudeu, engoli ceco pra caralho

      -Mas você so vai se distanciar das pessoas que você ama, se você assumir!

     -Eu so amo uma pessoa(ele olha pra mim) E pra você eu ja tenho o meu plano

     -Plano? Que plano?

     -Você vai descobrir

  Começei a resmungar

    -Preciso voltar para a coreia(resmungo)

        -Ah mas não vai! Sabe por que?! Ate você voltar meu plano estará bem feito!

    Mas de que porra ele ta falando

      -Você vai casar comigo, por bem ou por mal, você que escolhe!

      -Eu não vou casar com ninguém! 

     -Ah não! (Ele tira do bolso o celular, para o carro e me mostra uma foto) reconhece? 

      -Meus irmãos caçulas!(meus olhos se enchem de lágrimas) 

  Tiro o meu celular da bolsa e ligo para minha mãe, demora um pouco mas ela atende

      -MÃE! Cade meus irmãos caçulas?

       -Filha... sequestraram(ela pausa para o choro) mas a mafia do teu pai foi procurar!

         -E ai?

        -Nada!(ela chora, deu para sentir o sofrimento dela) 

        -Mãe eu vou traze-los de volta!

Eu desligo e encaro o Tae, ja estava chorando

        -O..que...DEU EM VOCÊ! 

        -Shhh... chegamos 

Ele sai do carro e entra em um cemitério chique, eu vou atras e vejo no caixão do pai dele, o mesmo estava la, nunca tinha conhecido o Sr.Kim eu olho para o lado e a Sr. kim estava linda, parecia uma boneca, Tae a encarava com frieza, viramos a noite la... de madrugada, quando estavam todos dormindo eu vi Tae chorando aos pés da mãe.... ele dizia

    -Eu nunca vou te esquecer




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...