História Nosso amor quase proibido.-Camren - Capítulo 73


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Tags Camren, Novela, Romance
Visualizações 520
Palavras 1.132
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 73 - Barcelona.


Pegamos um trânsito parado. Já eram quase 17h, mas eu e Ty ficamos conversando e até que passou rápido. Ele me deixou na frente da epic e foi embora.
-Oi!-April falou animada quando entrei no studio. Estava ela e as meninas em volta da enorme mesa de madeira escura no studio. Ignorei o oi dela e sentei em uma das cadeiras também.
-Como foi lá?-Dinah perguntou.
-Normal-Respondi pegando meu celular. Eu estava louca pra ouvir a música da Camz.
-Agora que a Lauren chegou, podemos falar sobre amanhã-April falou, me fazendo prestar atenção enquanto entrava no spotify-Cheguem aqui as 18h, a premiação será as 21h mas antes terá a festa de abertura. O tapete vermelho abre as 20h, e vocês irão aparentar depois da Bebe Rexha, antes da Camila Cabello.
-Que música a Camila vai cantar? Nem lançou nada-Ally falou rindo.
-Acabou de lançar-Falei fazendo todas me olharem-Bad Things, o nome-Sorri de lado. Elas ficaram quietas.
-Já vi os lugares de todas. Lauren irá sentar do lado do Ty, já que...Né.
-Você viu onde a Camz vai sentar?-Perguntei.
-Bem na sua frente.
 Eu estava nervosa pra amanhã, saber que não vou poder chegar perto da Camila me irrita tanto. E tenho certeza que se eu fizer algo, a April vai fazer questão de manchar a imagem dela.
 Não deu tempo de ouvir a música da Camz, então quando fui embora, conectei os fones e coloquei o celular no bolso. Coloquei o capacete e dei play na música. Fui ouvindo aquela maravilha de música até chegar em casa. A voz da Camila é algo que nunca vou enjoar, e sem duvidas a música vai fazer um enorme sucesso. Eu estava orgulhosa demais do meu amor, e antes de chegar em casa passei no Five Guys e comprei hamburguer com batata pra gente, pros pais dela e pra Sofi. Camila merece depois dessa música ótima. 
 Cheguei em casa e guardei a moto, dei oi pros meus pais e fui direto pra casa da Camila, toquei a campainha e ela mesma abriu.
-Amor!!-Falou animada e nos abraçamos apertado.
-Olha o que eu trouxe pra gente-Mostrei as duas sacolas cheia de comida e ela quase morreu pegando das minhas mãos.
-Mas não come agora, chame seus pais e a Sofi.
-Comprou pra eles também?-Perguntou colocando as sacolas em cima da mesa de centro. Assenti e ela já ia subir as escadas.
-Mas antes-Peguei na cintura dela, que me olhou confusa-Quero dizer que amei Bad Things.
-Mesmo?-Perguntou toda boba. Escondeu o rosto no meu pescoço e a abracei apertado.
-Não poderia ficar mais perfeita-Ela me olhou vermelhinha-Que foi, meu amor? 
-Será que a mídia vai gostar?-Perguntou e beijei seus lábios.
-Claro que vai, só vi gente falando bem no twitter-Falei sorrindo-Como foi o ensaio?
-Perfeito! Amanhã vai ser demais.
-Vai mesmo. Só queria poder ficar junto com você.
-AH EU ESQUECI-Falou nos soltando do abraçado. Ela estava eufórica.
-Do que?-Perguntei rindo.
-A guess me chamou pra ser garota propaganda do próximo mês.
-Nem tirou as fotos e já quero ver-Falei fazendo ela rir.
-Mas as fotos vão ser tiradas em Barcelona-Falou sentando no sofá-Vou passar algumas semanas lá. Estava pensando que você poderia ir junto.
-Eu ia amar, mas vamos gravar o cd novo.
-Ah...-Sorriu de lado-Ja iremos gravar algumas cenas de Bad Things lá.
-Machine vai junto?-Perguntei sentando ao lado dela.
-Não, apenas eu e a April, mas quando a gente for gravar ele vai.
-Vamos ficar um tempinho sem nos ver, então?-Ela assentiu e deitou a cabeça no meu ombro.
-Já estou com saudade.
-Linda-Beijei o topo da cabeça dela, que sorriu e beijou meu pescoço-Mas eu também.
-Amanhã ver você com o Ty vai ser um saco-Suspirou.
-Você também vai na festa antes?
-Aham-Falou pegando a sacola do Five Guys em cima da mesa de centro-Meu vestido é tão lindo.
-Só imagino...Vou morrer-Ela riu e me beijou.
-Vai mesmo! Mas eu também.
-Temos que marcar de nos ver no banheiro-Falei rindo e ela concordou.
 Chamamos a Sofi e os pais da Camz pra comer. A pequena me deu um abração e agradeceu por trazer lanche pra ela também. Tem como não amar?? 
 Comemos e minha latina contou que ia pra Barcelona, também contou sobre o Ty e eu lembrei que deveria contar pra minha família também. Vão achar estranho fotos minhas com ele.
-Gente, tenho que ir lá em casa-Falei levantando.
 Eles assentiram e a Camz me levou até a porta. Quando cheguei em casa, meus pais estavam na sala com a Tay.
-Finalmente-Meu pai falou assim que fechei a porta-Não vejo você a vidas.
-Tô sempre ali na Camz-Falei rindo. Sentei ao lado deles enquanto a Taylor estava no outro sofá-Queria dizer algumas coisas.
-Pode dizer-Minha mãe disse desviando atenção do celular. 
-Minha nova empresária me fez forçar um namoro com o Ty.
-Ty Dolla?-Taylor perguntou chocada-Que louca.
-Pois é-Revirei os olhos-Mas agora tenho que fingir que estamos namorando.
-Até amanhã na premiação?-Meu pai perguntou. Assenti-E porque você aceitou isso?
-Acontece que se eu não aceitasse, ela ia manchar a imagem da Camila, e ninguém ia querer gravar nada com ela.
-Então essa mulher é mais louca que aquele James-A mãe falou.
 Ficamos conversando e resolvi jantar aqui hoje. A mãe fez lasanha e não tinha como negar essa perfeição. Tomei banho e coloquei uma roupa confortável, dei tchau pros meus pais e pra Tay, logo fui pra casa da Camila de novo.
 Bati na porta e a pequena Sofi abriu, disse que a Camz estava no quarto dela e quando subi, encontrei minha latina com a mala em cima da cama. Ela estava praticamente jogando as coisas dentro.
-Porque a mala, amor?-Perguntei e ela levou um pequeno susto. Fechei a porta e fui até ela, que suspirou emburrada.
-Eu tô muito irritada-Foi até o guarda roupa, pegou uma camisa e jogou lá dentro da mala.
-Que foi? Calma-Jogou outra camisa.
-A Camille ligou dizendo que vamos ter que viajar amanhã.
-Ah não-Cruzei os braços-Mas e a premiação?
-Ela já cancelou-Me olhou com os olhos marejados-Eu queria tanto, Lolo.
-Eu sei, meu amor-Fui até ela e a abracei apertado. Suspirei morrendo de pena da minha pequena.
-Camille disse que a guess ligou dizendo que teriam que antecipar as fotos, e amanhã de manhã vamos viajar. Só não sei até quando vamos ficar-Escondeu o rosto no meu pescoço, e eu sabia que ela estava segurando o choro. Camz queria mais que tudo cantar a música nova.
-Ainda vão ter muitas premiações, tá bem?-Ela assentiu e suspirou contra meu pescoço-Não fica triste, amor.
-Tudo bem...-Me olhou e sorriu de lado. Beijei seus lábios em um selinho demorado.
-Eu te ajudo a arrumar a mala-Falei nos soltando do abraço-Deixa eu dobrar isso-Ela riu e foi até o guarda roupa.
-Não tenho paciência pra dobrar.
-Eu percebi.
 


Notas Finais


Comentem, se der!!!
Amo vocês <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...