1. Spirit Fanfics >
  2. Nosso Líder Ômega - TaeKook >
  3. Afastado

História Nosso Líder Ômega - TaeKook - Capítulo 8


Escrita por:


Notas do Autor


Err... demorei? Maybe um pouco
Mas me perdoem, primeiramente pelo horário que estou atualizando, e segundo pela demora. Mas além do trabalho estar me matando, eu só faço chegar em casa e dormir :)

Enfim, boa leitura, e ah...a história, vai entrar em seu auge
Não me odeiem hihi

Capítulo 8 - Afastado


– Prestem atenção, principalmente você, Taehyung, isso vai ser bem complexo, mas, farei meu melhor pra simplificar – Jin respirou fundo, olhando para os dois homens em sua frente.


– Em nosso mundo, um alfa marcar um ômega é muito importante, é uma ligação, quando um Ômega é marcado por seu alfa, literalmente uma mordida em qualquer lugar do corpo, suas almas se interligam, formando uma espécie de laço inquebrável invisível, uma conexão para vida toda, e isso significa que um pertence ao outro para toda a eternidade. Quando essa conexão acontece, o casal em questão passa para um nível absurdo de ligação, onde, entre outras coisas, um pode saber o que o outro está pensando sem perguntar, saber onde o outro está, se está passando mal ou em perigo e, até se está em período de cio.


Jin olhou para os dois, Taehyung o encarava confuso, enquanto Jimin realmente prestava atenção em tudo aquilo. 



Logo o médico voltou a explicar.



– Existem também, dois tipos de mordidas, em termos simplificados, a mordida de amor, e a de posse – pega uma prancheta, lendo algumas coisas – sabem o que isso significa?



Perguntou mesmo sabendo a resposta.



– A mordida de amor, é quando o casal realmente ama um ao outro, ela é vista como o sinal do amor de um alfa ao seu ômega, ela é um orgulho, digamos assim – suspira, re-ajeitando seus óculos – Já a mordida de possessão, ela...bem… ela é uma vergonha pra qualquer ômega, pois significa que você será submisso daquele alfa sua vida toda, e será obrigado a satisfazer o mesmo sempre que ele precisar, você Taehyung, por pouco não conseguiu essa mordida – olhou para o mesmo. 



Taehyung olhava fixamente Jin, meio assustado com aquela informação.



– Consegue imaginar algo assim? – olha diretamente para o ômega.


Taehyung nega com a cabeça – Não consigo imaginar nada assim.


– Foi o que pensei, Taehyung, tome cuidado com Jungkook, e como eu disse, mantenha distância. Isso é para o seu bem, entende?


– Tudo bem Jin, farei isso, mas Jungkook é muito insistente, não sei por quanto tempo conseguirei ficar longe.


– Ele quer dizer que não sabe quanto tempo vai aguentar sem morrer de preocupação com o Jungkook longe de seus olhos – Jimin diz, revirando os olhos.


Jin coça a garganta, ajustando os papéis em sua frente.


– Quero que corte alguns remédios Taehyung, e em sua época de cio, vá pra bem longe de Jungkook. Eu iria sugerir procurar um alfa pra passar eles, mas imagino que não irá querer isso. 


– Eu não quero, estou bem assim, sempre passei meus cios sozinho e não é agora que vou procurar alguém – o mesmo encarou o médico com desgosto.


– Sim, mas antes você não estava nesse estágio, antes era mais fácil suportar, agora eu não garanto isso – o médico mexe em umas folhas – se mudar de ideia, tenho alguns contatos, aqui, pegue, eles são nossos contratados e são discretos.


Taehyung segura o papel, olhando novamente pra Jin.


– Tenho certeza que não irei precisar disso, mas agradeço mesmo assim. 


– Tudo bem – suspira, passando a mão nos olhos – como quiser Taehyung, mas pense no seu bem estar antes, okay? – vê o mesmo afirmar com a cabeça. 


– Terminamos? – pergunta Jimin, já se levantando.


– Sim, só quero lembrar você, Taehyung, e ficar longe do Jungkook nesse período – o mais novo afirma, também se levantando.


– Obrigado pela ajuda, Jin – se curva rapidamente, indo embora junto com Jimin, deixando um preocupado Jin para trás.


– É... agora, temos que aguardar – o médico suspira pesadamente, puxando os cabelos e deitando a cabeça em sua mesa.


_____________________

Nosso Líder Ômega

Capítulo 8 – Afastado


Escrito por: unkiekookie

Capa por: lala0202

               _______________________



– Está pensando nas palavras de Jin? – questiona Jimin, preocupado com seu amigo.


– Unhum…ele está certo, e nós dois sabemos, eu tenho mesmo que passar um tempo longe de Jungkook, ainda mais agora – responde, passando a mão em seus cabelos.


– Você sabia que isso ia acontecer, mesmo assim,insistiu em toda essa estória. E a hora de pagar está chegando.


– Sei disso, e tenho medo dele me odiar, Jimin, eu tenho que dar um jeito nisso – fechou os olhos, respirando fundo.


– Nós vamos dar um jeito, só preciso pensar, – o avermelhado leva a mão ao queixo – que tal aquela casa de praia sua? Pode ficar lá até esse período passar. 


– E qual desculpa vou usar? – nega com a cabeça, realmente seria difícil esconder algo de Jungkook.


– Diga que te ligaram de última hora, e vai passar uns dias fora, simples, não precisa romantizar tudo – Jimin revira os olhos – Jungkook confia em você, não vai fazer perguntas, talvez um drama.


Taehyung pondera as palavras de Jimin, faziam sentido.


– Tudo bem, vou tentar, mas não sou bom em mentir. Você sabe – suspira, puxando levemente seus fios .


– Vou cuidar disso, vem, vamos fazer suas malas, você vai pra lá ainda hoje.



Um pouco mais tarde… 


Jungkook chega da escola, entrando em casa cansado como sempre. Segue para seu quarto, deixando a mochila em sua cama e indo tomar banho.

Assim que termina, veste seus pijamas e estranha a casa tão quieta, talvez... até demais.


– JIMIN! QUE SUSTO! – Jungkook levou uma mão ao peito, vendo seu hyung sentado em sua cama.


Jimin apenas sorriu, cruzando as pernas.


– Por quê a surpresa? Eu também moro aqui – fez pouco caso da situação.


– Onde está o Tae hyung? – pergunta enquanto seca seus cabelos.


– Então...Kookiezinho...o Taehyung teve que viajar com urgência, mas ele deixou uma carta pra você.


– Viajar? Como assim viajar? Por quê ele não me esperou chegar!?


– Qual a parte do “viajar com urgência” seu cérebro de coelho não entendeu? – o mais velho revira os olhos.


Jungkook na mesma hora fez o drama que Jimin havia comentado.


– Onde está a carta? – pergunta tristonho, e Jimin lhe estende o papel.


– Dei meu recado, vou sair, tranque a porta e não abra até eu chegar, entendeu? – viu o mesmo afirmar com o cabeça, assim saiu do quarto.


Jungkook abriu a carta, observando com atenção, era realmente de Taehyung.


"Kookie, espero que me perdoe por ter saído assim sem me despedir, mas, fui chamado com urgência para um trabalho um pouco longe, então vou ficar fora por alguns dias.

Jimin hyung vai cuidar de você, então qualquer coisa, chame ele, não me deixe preocupado, tudo bem?


Se cuida coelhinho, com amor, TaeTae <3"



Jungkook suspirou profundamente, guardando a carta com cuidado. Odiava ficar longe de Taehyung por tanto tempo, mas se era trabalho, não podia fazer nada.


Ele deve voltar logo, eu sei – pensou o pequeno, indo pra cozinha tentar comer. Mas tudo sem Taehyung era chato.


..

.



Taehyung olhava o pôr do sol pela janela daquela casa, se sentia igualmente triste por deixar Jungkook lá, sozinho. 


– O que devemos fazer, se quem amamos é quem mais está nos fazendo mal? – suspirou, voltando para o interior da casa. 


Tomou um banho tentando relaxar e foi se deitar, queria ligar, mas achou melhor não. Jimin estava lá com ele, devia ser suficiente pra dormir tranquilo.


Tranquilo


Um sono tranquilo era tudo o que Taehyung mais queria, mas não naquela noite.

Uma dor insuportável o atingiu, o fazendo gritar no meio da escuridão noturna.


Estava sozinho, ninguém viria o ajudar.


– O-que...e-eu faço? – gemeu de dor, alcançando seu celular e ligando pra única pessoa que o entenderia – Jin? Sim, sou eu, Taehyung.










Notas Finais


Então...eu ia continuar tudo nesse cap
Mas vou deixar vocês sofrerem um pouco mais :)

Palpites? Estão gostando até agora?

Muito obrigado pelos 40 favoritos
Vocês são demais ;^;

Beijo no coração <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...