1. Spirit Fanfics >
  2. Nosso Segredo (Jikook) >
  3. Dia ruim

História Nosso Segredo (Jikook) - Capítulo 3


Escrita por:


Notas do Autor


Boa leitura💛

Capítulo 3 - Dia ruim


Fanfic / Fanfiction Nosso Segredo (Jikook) - Capítulo 3 - Dia ruim


ME: J-jungkook, me chamo Jungkook.  

TAE: Você é novo aqui, não é ?  

ME: S-sim, hoje é meu primeiro dia.

TAE: GENTEE! CARNE NOVA NO PADAÇO!

Eles riram da piada do Taehyung. Que eu particularmente achei, bem idiota.

NJ: Prazer me chamo Kim Namjoon, esse é o Jin, aquele com cara de bunda é o Yoongi, o que esbarrou com você hoje de manhã é o Jimin e esse bostinha parado na sua frente igual idiota é o Taehyung.

TAE: Fala assim da sua mãe.

Eles riram novamente. O que não tinha a menor graça pra mim, não sei se é por quê eu sou muito certinho, ou se, só não tinha graça mesmo.

ME: Vocês sabem onde ficam a diretoria ? 

TAE: Claro, vem! Eu te acompanho até lá, o resto de vocês podem ir pra sala.

Eles concordaram e saíram, eu segui o Taehyung.  

Ele me acompanhou até até a diretoria, me esperou pegar o papel com os meus horários e minha chave do armário . 

TAE: Não ligue pro que aqueles babacas falam. Você veio da onde ?

ME: Eu morava em Seul, mas o trabalho da minha mãe transferiu ela  pra cá.

Ele concordou com a cabeça.

  TAE: O que sua mãe faz?

  ME: Ela é enfermeira.

  TAE: E seu pai?

  ME: Ele trabalha com notas fiscais de uma empresa de vendas.

TAE: Entendi. Mas e você tem namorada ou algo do tipo?

 ME: N-Namorada? Não, não tenho.


Antes que ele pudesse fazer outra  pergunta o sinal tocou. Ele me levou até meu armário e depois me deixou na porta da sala de aula, se despediu com um aperto de mão  e um belo sorriso.

Assim que entrei na sala o professor pediu para que eu me apresentasse, tentei me concentrar  no fundo da sala mais assim que bati o olho na última mesa no fundo da sala eu gelei, foi dificil tomar coragem para me apresentar na frente da sala toda, mas acabei tomando coragem do além pensando em como seria mais fácil se  terminasse logo e pudesse sentar no meu lugar. Quase deu certo, se não tivesse gageijado tanto.

ME: B- bom d-dia, me chamo J-Jeon J-Jungkook...

Não me deixaram terminar pois a sala toda estava dando risada da minha cara. O professor pediu para me sentar na penúltima mesa, bem á frente do garoto que o Namjoon falou que tinha a cara de bunda. Sentei e comecei a tirar as coisas da mochila, de repente sinto ele me cutucar no ombro, olho para trás.

XXX: Ei novato, me empresta uma caneta.

Pego a caneta e coloco em sua mão.

XXX: Valeu.

Ele fala dando um tapa leve nas minhas costas. O professor fez umas explicaçoes sobre a materia que eu já sabia praticamente tudo.

Bateu o sinal para o intervalo e quando saiu pela porta, Taehyung estava me esperando.


TAE: Vem, vou te apresentar formalmente para meus amigos.

YOONGI: Jimin não vai gostar nada disso . 

TAE: Foda -se o Jimin, ele não é o único que pode opinar nessa merda. 

ME: Eu não quero briga com ninguém, pode ir com os seus amigos. Eu tenho que resolver  umas coisas na biblioteca mesmo.

TAE: Nada disso, você vem comigo.

Taehyung saiu me arrastando até a quadra  e não parava de falar o quanto seus amigos eram legais.

Quando chegamos na quadra tinha dois garotos brincando de lutinha se não me engano era Namjoon e Jin os outros três estavam dando risada e conversando.

Taehyung chama atenção deles.

TAE: Okay, vamos para as devidas apresentações.

NJ: Eai novato .

JIN: Taehyung  não te almoçou ainda?

YOONGI: Depois te devolvo a caneta.

Assenti para ele que se sentou numa arquibancada qualquer.

HOPE: Quem é esse? Prazer me chamo Jung Hoseok e você ?

ME:  Jeon jungkook.

JIMIN: Quem é esse merdinha e o que ele está fazendo aqui?

TAE: Não fale assim com o garoto. Eu o chamei para almoçar com a gente pois hoje e o seu primeiro dia de aula.

JIMIN: E daí ? Eu que tenho que autorizar quem entra e quem não entra no nosso grupo, já não deixei isso bem claro pra você Taehyung?

TAE: Você não é o único que tem opinião nessa merda.

Todos ficaram quietos.

JIMIN: Eu sou a lei, entenda isso de uma vez por todas.

Eu não estava mais aguentando aquele Bad boy de merda falar daquele jeito com o tae, um garoto tão legal. Tive medo de me apresentar diante da sala toda mais na frente daquele idiota, eu tomei coragem  não sei da onde e enfrentei ele.

       

ME: Olha aqui Jimin, eu não estou nem um pouco afim de estar em um grupo onde as pessoas se acham melhores que a outras e pensam que tem o direito de  mandar nas nelas,  isso e ridículo, se você não me quer no seu grupinho eu aceito de boa mais não precisa maltratar seu amigo .

Ia dar as costas, mais Jimin me puxou.
    

JIMIN: Olha aqui seu merdinha, quem você pensa que é pra falar assim comigo? Você sabe com quem você está falando? 

ME: Não, e pra mim não importa. 

Falo dando as costas pra ele.

Jimin tenta me puxar novamente mais acaba sendo impedido pelos meninos.

ME: O que você vai fazer? Me bater? Me poupe  Jimin, não precisa provar sua masculinidade perto de mim, todos nós sabemos que você não aceita que ninguem te enfrente, ainda mais na frente dos seus amigos,  ainda bem que não faço parte desse seu grupinho . 

Olho para os meninos 

ME: Não por causa de vocês é claro e sim por causa de uma pessoa igual ao Jimin que se acha melhor que tudo mundo, sinceramente isso me dá nojo. Fica ai com os seus amigos que tem muita paciência pra te aturar porque se fosse eu teria te abandonado faz tempo.

JM: Escuta aqui é bom eu não esbarrar com você nunca mais por que da próxima vez eu estouro essa sua carinha bonitinha e nem eles e nem ninguém vai me impedir.

Fala esbarrando em mim e saindo em direção ao pátio.  

Quando olhei  em volta todos estavam encarando e cochichando sobre o que tinha acabado de acontecer.

Sai da quadra e fui em direção  ao  portão. Mais antes que eu pudesse sair da escola taehyung veio correndo em minha direção.

TAE: Desculpa mesmo. Não sabia que o Jimin iria reagir dessa forma.

ME: Não precisa se desculpar o errado da historia não é você e sim o babaca do Jimin.

TAE: Quer que eu te acompanhe até em casa? 

 Pergunta dando um sorriso .

ME: você não vai voltar pra aula?

TAE: Não, não estou no clima .

ME: Então aceito sua companhia. 

Soltei um sorriso.

Fomos o caminho inteiro  falando sobre diversos assuntos.

Quando estava na porta da minha casa Tae se despediu com um beijo na bochecha, isso me deixou bastante envergonhado .

Taehyung se quer deu uma palavra só virou as costa e saiu, deu pra perceber que ele estava com um sorriso triunfante no rosto.

Entrei em casa lembrei que meus pais iam chegar tarde, fui direto para o banho, fiquei pensando em  como meu primeiro dia tinha sido uma merda. Sai do banho e fui deitar não estava com um pingo de fome, mexi um pouco nas redes sociais  e depois dormi.

Quando acordei percebi que já estava de noite. Desci as escadas e fui em direção  a cozinha  esquentei minha comida e fui para sala comer. Assim que terminei appa chegou.


APPA: Como foi seu primeiro dia de aula?

Foi a primeira coisa que me perguntou ao entrar em casa.

ME: Sinceramente não quero falar sobre isso.

APPA: Foi tão ruim assim?

ME: Foi teririvel. Podemos mudar de assunto?

APPA: Claro. Vou tomar um banho e depois conversamos.

Assenti e ele subiu.

Não queria conversar com os meus pais sobre esse dia terrível  então fui para o meu quarto coloquei os fones e fui dormir novamente .




 






Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...