História Not Good Enough - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Tags Sugamin, Yoonmin
Visualizações 31
Palavras 798
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drabble, Fluffy, Yaoi (Gay)
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Jesus, finalmente consegui terminar alguma coisa lol
Enfim, essa é a minha primeira fanfic (concluída ~moonface) e minha primeira vez fazendo algo do tipo.
E eu espero que vocês a recebam com muito carinho assim como ela foi feita. É uma fluffy bem levinha e água com açúcar só pra lembra de sempre mostrar o nosso amor por todos os membros do grupo - não só os citados aqui okay? Okay!

P.s.1: Sejam gentis comigo fofurinhas, críticas construtivas são muito bem vindas.

P.s.2: quem quiser me doar uma capa também vai ser muito bem-vinda haha - olha ela, mau chegou e já quer sentar na janelinha do ônibus.

Divirtam -se.


Edit 2018: Oi pessal, então... eu exclui essa história pouco tempo depois de postá-la, algo não estava me agradando e tiver que mudar e adicionar algumas coisas eeeee agora vai viado kkkkk Espero realmente que gostem e lembrem-se de dar muito amor a todos os nossos bebês <3

Capítulo 1 - Único


Fanfic / Fanfiction Not Good Enough - Capítulo 1 - Único

Yoongi sempre gostou de ver o que as pessoas falavam sobre seu trabalho, mas tinha como defeito focar somente nas coisas negativas ao invés das positivas. Por mais estranho que possa parecer, ler tais críticas o fazia ter mais vontade de crescer e ser melhor, era uma motivação a mais. No entanto, ultimamente isso não vinha acontecendo. As palavras de ódio estavam mais pesadas do que o normal e sua criatividade estava zero.

Enquanto mais uma bolinha de papel ia de encontro a tantas outras no chão, Yoongi passou a mão pelos cabelos puxando-os fortemente em sinal de desespero. Escrevia, apagava e rabiscava milhares de letras e nenhuma lhe agradava, pareciam sem sentido, sem paixão.

Um suspiro cansado escapou por seus lábios. Cansado. Essa palavra o descrevia muito bem nos últimos tempos. Não dormia há quase três dias, as atividades do grupo e os ensaios estavam mais intensos e pesados, e mesmo dando tudo de si Yoongi sentia que estava deixando a desejar em tudo, nada do que fazia lhe agradava.

Pegou mais uma folha de composição em branco e a encarou com raiva, pensamentos nada bons surgiam em sua mente e sem que percebesse começou a passá-los para o papel.

Fraco. Disband. Piada. Lixo. Não consigo.

Em meio a tantas frases de ódio a si mesmo sentiu uma mão em seu ombro o fazendo parar de escrever imediatamente. Seu corpo relaxou e sua mente ficou vazia.

“Hyung, você tá sentado aí desde que voltamos hoje cedo. Vem descansar um pouco.” Falou uma voz em seu ouvido.

“Não posso, Jimin.” Respondeu o esverdeado em meio a um suspiro misturado com bocejo. “Tenho que terminar isso aqui.”

Ao que acabou de falar, Jimin pegou a folha amassando-a e jogando no lixo.

“Pronto, terminou.” O alaranjado falou irritado. “Aquilo nem era uma letra hyung, porque faz isso?” Sua voz diminuía o tom à medida que falava. “Não gosto de ter ver assim, vem deitar comigo.”

Dando-se por vencido Yoongi foi puxado até a cama que dividia com o namorado - sim! Namorado. O relacionamento dos dois não foi surpresa pra ninguém do grupo e logo depois foram postos num quarto juntos. Não ia negar que sentia falta do mais novo, amava-o com sua alma. Mas nas últimas semanas não tinha sido muito presente como namorado, estava tão focado em melhorar sua dança e seu canto que acabou deixando Park um pouco de lado.

“Me desculpe, Minnie.” Falou de maneira carinhosa enquanto escondia o rosto no pescoço do menor e beijando o local, os arrepios que causou não lhe passaram despercebidos.

“Hyung, escute bem o que eu vou falar.” Começou Jimin com uma voz séria. “Você não é nenhuma daquelas palavras! Sua dança está perfeita, seu vocal está impecável e por Deus nem vou comentar suas músicas.” Fez uma pausa para olhar o namorado. “Não se cobre tanto, não quero vê-lo doente de tanto trabalhar. Lhe faz mal e me faz mal, fico triste em te ver assim.” Acariciou a bochecha do mais velho e deixou um beijo em cada. “Eu sei que você fica lendo coisas negativas a seu respeito, e nem adianta negar ou explicar!” Disse quando viu Yoongi abrir a boca pra falar. “Eles são tão poucos hyung, tão poucos.” Sussurrou. “Você é incrível, e as nossas fãs são maravilhosas e amam você do jeito que você é, não mais do que eu é claro.” Deu um risinho envergonhado. “Eu te amo, Yoongi.” Declarou olhando fundo nos olhos do namorado. “E se for preciso eu te lembrar sempre o quão incrível você ou te bater até que você entenda isso, acredite, eu vou. Por favor, por favor, acredita em mim. Você é você, e é por isso que eu te amo.” Terminou dando um leve beijo nos lábios do mais velho.

Um surpresa se apossou de Yoongi e lhe deixou com os olhos levemente arregalados e marejados, em seus lábios um sorriso gigante se formava. Jimin nunca havia falado daquele jeito consigo e ouvir aquelas palavras da boca dele surtiu um efeito maior do que quando ouvira de qualquer outra pessoa.

Porra. Eu te amo pra caralho Park Jimin.”

Seu coração estava acelerado e suas palmas suadas. Não se controlou ao segurar o rosto de Jimin com um pouco mais de força e beijar-lhe até faltar o fôlego.

Veja bem, mesmo sendo “frio” e quieto, Yoongi nunca conseguiu esconder seu lado apaixonado e fofo de Jimin, era tão apaixonado que não se importava de mostrar fraqueza na frente do ruivo porque sabia que seria amado de qualquer forma, e amantes são isso não é mesmo? Sempre ajudam o outro. E Yoongi estava mais do que feliz com o namorado que tinha e mais feliz ainda que finalmente sua inspiração tinha voltado.

Aquelas palavras feias de antes foram todas substituídas por uma única palavra que havia se esquecido e Jimin havia feito questão de lhe lembrar.

Amor.


Notas Finais


E então?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...