História Not Today - Imagine BTS - Capítulo 44


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga
Visualizações 190
Palavras 590
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Famí­lia, Ficção Adolescente, Hentai, Musical (Songfic), Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa meus lindos amados cremosos Fofitus

Por favor, me perdoem por não postar por tanto tempo
Mas eu tô aqui!
Boa leitura meus Fofitus amados

Capítulo 44 - Catacumbas


_ Olhem pela janela. Contemplem a cidade do amor. - Timmy falou sorridente ao olhar pela janela a bela cidade na qual estava. Paris é fantástica.


(…)


_ Galera, alguém quer ir comigo ver as catacumbas? - Taehyung fala animado saindo do hotel acompanhado de todos.

_ Hã? - Namjoon pergunta meio confuso.

_ Catacumbas? - Jimin pergunta também confuso.

_ Do que cê tá falando? - Kookie fala abraçando Tae.

_ Alguém lembra da mina que eu conheci lá em Vegas? - Tae fala sorrindo das cócegas que o maknae fazia.

_ Ah… a americana​? - Jin pergunta.

_ Sim. A Chleare. - todos se olham ao ver um brilho nos olhos de Tae. - Ela me disse que aqui tinha catacumbas, uns anos atrás, teve uma série de escavações por Paris e acabaram descobrindo umas cavernas com mais de seis milhões de esqueletos. - Taehyung fala fazendo todos sorrirem com a alegria que ele falava.

E era inesperado. Ninguém imaginava que Paris teria esse tipo de coisa. Logo Paris, a cidade do amor. A cidade onde romantismo é sua marca registrada. Onde por todo lugar à homens ajoelhados fazendo pedidos de casamento. Onde o amor acontece, florece e flui.

_ Credo. Vamo lá. - Melissa fala animada.

_ Sério que você quer ir, Mel? - Hoseok pergunta pra ela que mantém o sorriso no rosto.

_ Por que não? É uma coisa nova. Quem iria imaginar uma coisa dessas em uma cidade tão romântica? Eu tenho que ver. - ela explica e convence todos.

_ Então, vamos. - Jungkook fala empurrando Tae levemente.


(...)


Eles pegam um táxi que os levou até lá. Eles desceram até as cavernas. Jin é Hoseok estava grudados olhando em volta (um tanto horrorizados) não são acostumados com tanta caveira junta.

_ Esse lugar dá medo. - Jimin fala com Jungkook do lado.

_ Jimin hyung. - Kookie estava um tanto fascinado igual uma criança.

_ Hm? - Jimin fala um pouco vidrado numa caveira a frente.

_ Imagina se esses negócios criam vida? - Jungkook fala animado. Estava esperando ser o protagonista de um filme de terror. Era um homem feito com semblante infantil.

_ Seria igual o…

_ Taehyung! - Jimin ia falando quando uma voz feminina o interrompeu.

_ Taehyung? - Jimin pergunta confuso.

_ Hein? Por que seria igual a mim? - Tae fica meio revoltado com a comparação (involuntária) de Jimin.

_ Taehyung! - a voz feminina gritou de novo.

_ Tem alguém que gritou o seu nome. - Jimin explica.

_ Hã? Quem? - Tae estava confuso. Quem iria o chamar?

_ Taehyung! - a voz se aproxima e dessa vez estava bem ao lado de Taehyung.

_ Chleare! - ele exclama e abraça a moça. Ele a levanta um pouco com o abraço. Ela fica um pouco embreagada com o cheiro que saia dele.

_ Você só pode estar me seguindo! - ela fala já sendo colocada no chão. - Como você sabia que eu tava aqui?

_ Eu não sabia. Eu e os meus amigos viemos conhecer a cidade, aí eu lembrei do que você disse e a gente veio conhecer…

_ Oh Taehyung… - ela o abraça de novo. - senti saudades… - ela fala involuntariamente mas não se arrepende de ter dito.

_ Sério? - ele pergunta com um sorriso no rosto. Estava feliz por saber que fazia falta a ela.

_ Kookie, olha aquele crânio alí! - Jimin fala apontando pra um crânio.

_ Eu tô vendo, hyung. Bora lá ver.

Eles andam normalmente até se afastar o suficiente para que Taehyung e a mais nova amiga/crush tenham privacidade.

_ Ainda bem que a gente saiu dalí. Eu não ia segurar vela. - Jimin fala fazendo Jungkook rir.


Notas Finais


Bjinhos Fofitus amados
Até semana que vem, sem falta


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...