História Nothing Like Us - Capítulo 16


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Abo, Jikook, Yoonkookmin, Yoonmin
Visualizações 415
Palavras 3.485
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Fluffy, Lemon, Orange, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Slash, Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Eis aqui o especial, sinceramente, estou com uma certa vergonha de estar postando esse threesome mas
Boa leitura e desculpe qualquer erro

Capítulo 16 - Extra


《  Faculdade  》






Com certeza aquilo estava começando a atrapalhar. Estava fraco antes, então o Park estava conseguindo se concentrar na folha de avaliação em sua mesa, mas agora, o calor já o estava o deixando raciocinar direito, ainda estava na metade da prova e a possibilidade de não terminá-la era muito grande. Apertou mais uma vez a caneta entre os dedos tentando de alguma forma manter-se focado, batendo a mesma seguidas vezes contra a mesa enquanto lia, ou melhor, tentava ler a próxima questão. Seu pé direito balançava incessantemente, enquanto sua mão esquerda apertava o tecido de sua calça por baixo da mesa, aquela agonia de certa forma já estava deixando o ômega ligeiramente irritado. Suspirou algumas vezes tentando manter a calma e não acabar chamando a atenção de ninguém, evitava a todo custo imaginar um dos alfas no cio naquele momento, eles eram importantes? Sim, mas aquela prova que estava sendo aplicada também era. Mentalmente focou na matéria da prova, tentando a todo custo deixar aquele calor de lado e por fim conseguir continuar com sua avaliação.

E assim conseguiu se manter pelos próximos 30 minutos, mesmo que no meio deste intervalo de tempo, as sensações em seu corpo aumentaram drasticamente, o calor aumentara, o que lhe fez desabotoar dois botões da camisa lilás que usava, e em conjunto, uma forte pontada em seu baixo ventre seguido de uma onda de prazer que acabou por despertar seu membro, que conseguiu ignorar por alguns minutos, agradecendo mentalmente estar usando uma camisa larga, que ajudaria a esconder sua situação. Mas agora, estava sendo uma missão impossível não imaginar seus dois alfa juntos, saciando-se, enquanto tinha que controlar seu cheiro para que as outras pessoas presentes na sala não soubessem de seu problema. Depois de finalmente marcar a resposta da última pergunta, na base dos chutes, pôs-se a preencher o cartão resposta desesperadamente, extremamente ansioso para entregar aquela prova e poder ir para casa.

Assim que a última alternativa fora preenchida, guardou seu material na bolsa e caminhou até a mesa do professor responsível a passos lentos, tentando causar o mínimo de fricção possível entre seu membro e suas coxas e consequentemente evitar que acabasse gemendo. Assim entregou os papéis ao professor, curvando-se brevemente e dirigindo-se a saída, já no corredor, percebendo que não havia ninguém nos demais corredores pôs-se a correr de forma afoita, sem se importar com o perigo de alguém o ver com feições sôfregas ou sentir seu cheiro que já demonstrava sua excitação, ao chegar no estacionamento, pegou a chave de um automóvel no bolso e praticamente correu até o carro preto que pertencia a Yoongi, sem demora entrou no carro, jogou sua bolsa no banco do passageiro, ligou o ar condicionado na esperança de que ajudasse com o calor, colocou o cinto e por fim ligou o carro, com a respiração jáofegante. Só queria chegar em casa o mais rápido possível.






《  Casa  》










Jungkook amaldiçoava-se mentalmente por ter esquecido e acabar por não ter pedido a um de seus dois companheiros para ficarem consigo durante o dia, sabia que entraria no cio, agora estava ali, usando sua própria mão para saciar-se, mesmo que não fosse tão efetivo, era melhor que nada. Tinha consciência de que um dos dois iriam aparecer, mas era óbvio que a sua condição estaria atrapalhando seja lá o que eles estivessem fazendo.

O calo ainda estava suportável mas o moreno optou por retirar logo toda a roupa e ficar completamente, deitando-se na cama que os três partilhavam, fechou os olhos iniciando uma lenta masturbação, já que ficar ali sem fazer nada não iria ajudar, mas o cheiro de seus companheiros estava ajudando e muito a imaginação de Jeon, sim imaginação, pois até então nunca haviam feito sexo entre eles, talvez algum deles além de Jungkook quisesse mas não contaram, quando sua mão encostou na cabeça de seu membro, um gemido rouco e baixo escapou de sua garganta, continuou com os movimentos lentos por alguns minutos, mas seu corpo começou a ter necessidade de um contato mas rápido e mais forte, aumentando o ritmo de seu movimentos, sentiu o corpo esquentar ainda mais, perguntava-se mentalmente o que Jimin e Yoongi estariam fazendo de tão importante para estarem demorando tanto. Entre fracos gemidos, o alfa começara a se contorcer na cama, estava tão fixado em chegar ao ápice que não pôde ouvir o barulho da porta principal se abrindo mesmo com a audição apurada que tinha, só percebera não estar mais sozinho quando a porta do cômodo foi aberta, revelando o Min ligeiramente ofegante, sem a parte de cima do paletó que costumava usar todos os dias, com uma das mãos já afrouxando a gravata em seu pescoço, com os cabelos um pouco bagunçados, caminhou lentamente até o alfa. O outro na cama, rosnou baixinho ao cheiro de menta do mais velho invadir suas narinas, com certeza nunca se imaginaria um dia ansiando para ser tocado por outro alfa. Olhava para o mais velho, ofegante, com uma fina camada de suor encobrindo sua pele bronzeada, seus olhos fixaram-se aos do Min suplicantes.

O mais velho sorriu sacana, desfazendo completamente aquela peça irritante em seu pescoço e largando-a no chão do quarto, chegou na cama ainda sem desviar os olhos do mais novo, sentando-se ao lado dele, inclinando sobre o corpo do mesmo com as mãos apoiadas nos lados da cabeça do moreno, com o rosto próximo ao dele.

— Estão precisando de ajuda Kookie? - o lúpus ditou lenta e roucamente fazendo o menor contorcer-se em baixo de si.

— Preciso… - respondeu rápido pela sua respiração acelerada, o outro alfa então afundou o rosto contra o pescoço de Jeon

— Do que precisa? - disse antes de passar a língua pelo local, saboreando o gosto um tanto salgado por conta do suor, fazendo o mais novo arfar antes de sequer pensar no que queria.

— De você… me chupando… - o gemido no fim fora resultado de um mordida em sua clavícula, seguida de um terno selar, logo o mais velho separou-se deste voltando a encará-lo. Mas não dissera nada, apenas o beijou, separando-se com uma mordida nos lábios do mais novo e direcionando agora sua atenção a parte mais necessitada do garoto.

Posicionou-se frente ao membro do moreno, que o olhava em expectativa, sua mão agarrou a base, sentindo o mais novo ter um pequeno espasmo, subiu e desceu lentamente sua mão pelo falo duro e ámido por contra pré-gozo, sorriu pelo desespero do mais novo, que agora se contorcia enquanto sua boca abria-se mas nenhum som saía. Deixou um beijo na glande do rapaz e em seguida a chupou, arrancando um alto gemido do outro, dando inicio então aos movimentos com sua boca, era complicado, pois o membro de Jeon era deveras grande então não conseguia abrigá-lo tanto quanto gostaria. Enquanto alternava no momento certo entre chupadas e lambidas pela extensão do outro, sentiu as mãos do mais novo segurarem firmes em seus cabelo querendo a todo custo comandar o ritmo, que não foi cedido pelo alfa, Yoongi já estava sentindo sua camisa grudada em seu corpo, nem percebera quando começara a suar, os gemidos de Jeon ficaram cada vez mais desregulados e saindo em conjuntos com rosnados, indicando que seu orgasmo estava próximo, fazendo o Min empenhar-se ainda mais em dar prazer ao outro, que sem aviso desmanchou-se na boca do mais velho, este, mesmo pego de surpresa engoliu todo o líquido do rapaz, logo em seguida abandonando o membro, por enquanto desacordado do mais novo, passando a língua pelos lábios finos que agora estavam um pouco vermelhos e inchados, encarando o alfa de olhos fechados, boca aberta e ofegante deitado em sua cama.

Yoongi aproveitou o momento de éxtase do mais novo para retirar sua camisa sem pressa, desabotoando cada um dos botões com calma, enquanto torturava a si mesmo por estar com o seu preso pela cueca e calça que usava, mas contentava-se com o cheiro de Jeon que estava mais forte do que o seu ou de Jimin naquele quarto.

—Ele chegouâ... - o alfa deitado disse com a respiração já regulada, sentando na cama e ficando de frente para o mais velho, puxando a camisa do mesmo para que passasse pelos braços e finalmente deixasse seu corpo enquanto encaravam-se, a porta foi aberta revelando o ômega de fios róseos afoito e corado, que não tardou em caminhar até os alfas e ser puxado por eles. O próprio Park capturou os lábios de Jeon sem pudor algum, enquanto isso as habilidosas mãos do mais velho foram até a camisa do ômega e rasgando sem pensar duas vezes, revelando o corpo esbelta e curvilí­neo do pequeno que ambos alfas amavam, beijando e dando leves mordidas na costa do mesmo, que pouco depois separou-se de Jungkook e concentrou em atacar agora os lábios do alfa lúpus, que o fez ficar em pé junto consigo, e as pequenas mãos do ômega chegaram ao seu cinto, desfazendo-o e logo em em seguida abrindo sua calça, ao mesmo tempo que Jeon despia o ômega. Momentos depois, os trás já sem nenhuma roupa, o beijo cessou-se.

—Eu quero vocês dois. - o ômega disse entre gemidos com uma mão segurando o cabelo de Yoongi e a outra segurando a mão de Jungkook.

— Tem certeza disso? - o mais perguntou preocupado, seriam a primeira vez que estariam os três juntos, não queria acabar machucando o menor logo na primeira.

— Uhum. - gemeu com o lábio inferior preso entre os dentes, virou para Jungkook levando suas mãos aos ombros dele, o fazendo deitar na cama novamente, sentando em cima de seu abdômen, com o alfa agarrando firmemente em seus quadris. Yoongi sentou em cima das coxas de Jungkook, tendo a visão privilegiada do bumbum empinado do ômega e de sua entrada já lubrificada, colocando um dígito ali, fazendo o menor arfar e se impulsionar pra trás, o Min apoiou seu queixo no ombro do Park, assim podendo observar também Jungkook, penetrou o dedo que tanto torturava o ômega.

— Tão apertado assim e quer nós dois? Que menino guloso. - sussurrou no ouvido de Jimin, que gemeu manhoso.

— Mais… - o ômega gemeu rebolando contra o dedo do mais velho e contra o membro de Jeon que já estava endurecendo novamente. Sem dificuldade Yoongi juntou outro dedo e a febre do cio de Jeon que agora voltava e afetava aos trás, fez apenas o Park pedir entre entre o beijo que o mais fosse mais rápido com aquilo. Depois de quatro dedos, o ômega respondeu que já estava pronto e logo segurou o membro de Jungkook em sua entrada e sentou-se lentamente sobre ele, dando alívio ao alfa mais jovem, que sentia-se completamente satisfeito em estar sendo acolhido pelo interior do menor, gemeu quando o quadril o ômega colou-se ao seu e estava com todo seu membro dentro dele.

— Já Suga. - o rosado inclinou-se para frente para dar um pouco de espaço ao mais velho, assim que sentira o membro tentando penetra-lo, era impossível não sentir dor, e com ele os alfas também sentiam, o que fez Yoongi já desistir da ideia de se afundar no menor, embora ele tivesse que admitir que estar ali com todo aquele aperto era simplesmente divino.— Não para…- gemeu sôfrego impulsionando o corpo para trás pelo alfa ter parado e mesmo que estivesse pensando na dor que o ômega sentia, fez o que lhe foi pedido, enquanto Jeon usava as mãos para tentar distrair o pequeno.

Depois de alguns segundos parados, Park finalmente optou por se movimentar, os três gemeram juntos, Yoongi segurou firmemente na cintura do ômega e Jungkook em cada uma das coxas roliças, para ajudá-lo com a movimentação. Aos poucos o incômodo do Park ia se esvaindo e seu corpo dava mais atenção ao prazer sentido pelos alfas e na mesma medida ia aumentando a velocidade de seus movimentos e consequentemente os gemidos dos trás.

O ômega recebia beijos e mordidas em seu pescoço vindas de Yoongi, enquanto Jungkook alternava as carí­cias entre os mamilos e o pênis do rosado, alguns minutos depois as forças do Park não estavam mais permitindo manter o ritmo e agora era auxiliado pelos alfas, Yoongi iniciou os movimentos com o próprio quadril, indo contra o ritmo do menor e apenas algumas estocadas depois, desmanchou-se dentro do rapaz, que não parou os movimentos, pouco depois se retirou de dentro dele e deitou na cama ao lado de Jeon, este reparando que aquela posição estava difícil para o ômega, trocou-o de posição fazendo ficar deitado no seu lugar sem retirar-se de dentro do menor e dando continuidade as estocadas, o ômega teve seu membro envolto pela mão de Yoongi, que tentava manter os movimentos na mesma velocidade que Jeon trabalhava. Jimin puxou o mais velho para um beijo desajeitado por conta do vai e vem mas que nenhum se importou que fosse bonito.

Os gemidos de ambos ficaram ainda mais desregulados, a velocidade de Jeon aumentou significativamente e mais alguns poucos movimentos o ômega alcançou seu ápice, sujando o próprio abdômen e a mão de Yoongi, logo em seguida o alfa deu uma última estocada, desfazendo-se dentro do ômega, jogando-se ao dele, ambos exaustos tentando normalizar suas respirações, enquanto Yoongi fazia questão de limpar o líquido do ômega com a própria língua.

—Nós vamos fazer isso mais vezes. - Jimin disse ainda ofegante fazendo os dois alfas rirem.






《  4 meses depois  》








Eram em torno de 4 da tarde, o Park caminhava segurando a mão de Jihoon com a mão esquerda e com a direita uma sacola de supermercado, o pequeno estava com a mochila na costa e ainda fardado, as ruas estavam movimentadas mas não a ponto de haver tantas pessoas que não os permitissem andar. E assim como os dois ômegas, era possível outros ômegas e até mesmo alfa voltando pra casa com seus filhotes.

— Foi o Seungcheol que te deu essa flor? - Jimin perguntou olhando o pequeno lírio preso na telinha da mochila do menor.

— Foi. - o menor respondeu corado.

— É tão bom que você já tenha alguém que te ame tão novo ainda.

— O appa Yoonie não acha assim tão bom. - o menino comentou.

— Mas não ligue pra ele, porque com o passar do tempo é capaz de piorar.

— Sabe omma, vou te contar uma coisa mas promete que não vai contar pro appa Yoonie! — Ok, eu prometo.

—Quando o Seung me deu essa flor, ele também me deu…- Jihoon colocou a ponta do indicador nos lábios, ficando com o rosto ainda mais vermelho — um beijinho… e eu gostei. - a única coisa que o mais velho fez foi rir.

— Então é melhor ele não saber disso. - comentou ainda rindo. Continuaram caminhando, até que Jimin percebeu que estava já próximo a rua onde morava.

— Jihoon o que acha de ter um irmãozinho ou uma irmãzinha? - o Park perguntou acanhado, fazendo o o menor lhe encarar pensativo.

— Oh, omma está esperando um filhote?

— Não, quer dizer ainda não tenho certeza. Mas por isso perguntei, não quero ter um filhote e você ficar com ciúmes.

— Eu acho que deve ser legal ter um irmão ou uma irmã. Omma já pode me dar um! - o menor exclamou alegre abraçando o mais velho.

— Então você vai ter um. - Jimin devolveu o abraço e separou assim que entraram em sua casa, encontrando os dois alfas no sofá assistindo algum filme, com Jungkook sentado e Yoongi deitado com a cabeça em seu colo. E no mesmo momento que ajudava o menor a retirar seu fardamento, ouviu o som da vibração de um dos celulares na mesa de centro, que logo Yoongi reconheceu ser o dele e levantou para atender, olhando no visor e torcendo a cara por se tratar do seu amigo e vizinho, Namjoon.

— O quê foi? - perguntou demonstrando sua falta de ânimo.

— O Jin ele… - a voz do alfa estava trêmula e ao fundo ecoou o som de um grito que Yoongi reconheceu ser do beta.

— Vamos. - o mais velho disse se levantando.

— Pra onde? - o Jeon perguntou.

— O que aconteceu? - Jimin perguntou se aproximando do dois.

— O filhote do Jin está chegando. Jiminie pegue as chaves do carro, Namjoon está desesperado, eu vou dirigir o carro deles. - dizendo isso o mais velho saiu da casa e logo o Park fez o que fora mandado, pegou as chaves e saiu junto a Jungkook e Jihoon, a caminho do carro viram, Namjoon segurando o beta no estilo noiva, enquanto este estava com uma mão na barriga e fazendo uma careta de dor, Yoongi abrira a porta do automóvel para que os dois pudessem entrar então o beta sentiu mais uma contração dando um grito.

— Omma porquê Jin-hyung está gritando desse jeito? - perguntou o menor com uma expressão assustad enquanto entrava no carro do pai..

— Não se assuste pequeno, isso é normal quando um filhote vai nascer. - Jimin disse tentando tranquilizar o menor, logo sentou no banco do motorista vendo o carro na frente do seu partir e segui-lo.









《  Hospital  》










— Será que vai demorar? - Jeon perguntou.

— Talvez, parece que isso leva horas.

Sentaram-se nas cadeiras que haviam no corredor, ficando por alguns minutos em silêncio, que só não era completo porque o ômega mais novo não conseguia ficar quieto, alguns minutos depois acabou puxando Jungkook para brincar consigo, enquanto os outros dois apenas riam de algumas das brincadeiras e pouco tempo depois o outro alfa foi puxado para a brincadeira, o Park sentado maltratava o lábio inferior, com um pensamento que estava lhe corroendo desde que chegaram ali, queria ir até a farmácia do hospital e acabar de vez com a dúvida que estava convivendo nos últimos dias, olhou mais uma vez para os três que riam, estavam tão entretidos com aquilo que Jimin aproveitou para sair do lugar sem muita percepção por parte deles, caminhou alguns segundos onde encontrou uma enfermeira e lhe perguntou onde ficava a farmácia e esta lhe explicou todo o caminho e como era o lugar. Não era longe, em menos de um minuto e meio já avistava o local descrito pela enfermeira e com uma placa de identificação, caminhou até o balcão, onde atrás deste haviam dezenas de prateleiras com centenas de remédios diferentes e outras coisa mais, e entre o balcão e as prateleiras havia uma enfermeira, que pelo cheiro era uma beta, que sorriu simpaticamente ao aproximar-se para atender Jimin.

— O que deseja? - perguntou gentilmente.

— Um teste de gravidez, por favor. - o ômega respondeu nervoso e ligeiramente envergonhado, logo a beta virou-se para as prateleiras e bem em uma das primeiras, retirou o objeto solicitado por Jimin. O Park entregou o dinheiro a mulher, que ao retornar ao balcão, viera com o objeto dentro de uma pequena sacola e com o troco em mãos.

— O banheiro é virando a direita no fim do corredor. Boa sorte. - disse a mulher entregando o objeto e o troco ao ômega, sorrindo de forma encorajadora.

— Obrigado. - Jimin pegou ambas coisas e seguiu para onde fora instruído pela mulher.

Passaram cerca de 15 minutos até que Park estivesse de volta novamente junto a sua família, que ao chegar fora surpreendido pela expressão preocupada dos alfas sentados e entre ele o pequeno ômega mexia em algo no celular de um deles.

— Onde você estava? - o mais velho perguntou encarando o ômega, que andava visivelmente nervoso.

—É… eu tenho uma coisa pra contar. - o menor respondeu atraindo a atenção de Jungkook e até mesmo de Jihoon que logo o encarou e sorriu.

— Eu vou ter um irmãozinho ou irmãzinha? - perguntou o menino alegre, deixando os dois alfas se entreolhando de feição confusa.

— Sim. - o Park respondeu sorrindo e após o Jihoon correr e abraçar o mais velho, os alfas estáticos pareciam finalmente se dar conta do que estava acontecendo e juntaram-se aos dois ômegas, distribuindo vários beijos no Park.








《  3 horas depois  》









Já estava tarde, Jeon havia saí­do ido levar o pequeno ômega para casa, que estava quase caindo de sono, ficando apenas Jimin e Yoongi, esperando a notí­cia de que o bebê já havia nascido e que tanto ele quanto Jin estariam bem, volta e meia Namjoon saia da sala e ficava alguns minutos conversando com o casal, mas isso não ajudava a diminuir seu nervosismo, fazia quase meia hora desde a última volta de Namjoon em meio ao silêncio do hospital, o alfa pode ouvir ao longe, o som do bebê chorando sorriu minimamente mas resolveu não contar ao ômega, sabia que há qualquer momento seu amigo iria aparecer. E assim foi, poucos minutos depois ouviu o som dos sapatos batendo contra o piso e não demorou para a figura do outro alfa aparecer no corredor andando rápido, sorrindo abertamente e com algumas lágrimas.

— Namjoon-hyung! - o ômega levantou-se nervoso com a situação do rapaz.

— É uma menina.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...