1. Spirit Fanfics >
  2. Nova chance >
  3. Desentendimentos

História Nova chance - Capítulo 18


Escrita por:


Notas do Autor


Boa leitura^^

Capítulo 18 - Desentendimentos


             AUTORA POV

Gaara acordou sentindo o sol bater em seus olhos, estranhou o despertador não ter tocado mas lembrou-se de que era sábado. Sentiu um peso em sua cintura, virou-se com cuidado e viu Lee, abraçado a si, dormindo com o rosto sereno.

Sorriu ao lembrar-se da noite passada, acariciou o rosto do moreno que se mexeu um pouco mas não acordou. O ruivo se levantou, sentindo um pouco de dor nas partes traseiras, e foi ao banheiro, onde tomou banho e fez sua higiene pessoal.

Voltou para o quarto e viu Lee abraçando um travesseiro em seu lugar. Sorriu. O dia já havia começado bem. Logo ouviu um grito raivoso de kankuro, vindo da cozinha. Franziu o cenho e desceu para o cômodo rapidamente, onde viu Temari tentando acalmar o moreno

__ ELE TIROU A VIRGINDADE DO NOSSO IRMÃO E VOCÊ QUER QUE EU DEIXE 'PRA LÁ?!__ Exclamou o tireteiro de marionetes

__ não sabemos se eles transaram kankuro! Pelo que vimos, só estavam deitados, juntos, na cama__ Temari disse

__ SEM ROUPAS! ESTAVAM SEM ROUPAS! ÓBVIO QUE TRANSARAM TEMARI!__ logo notaram a presença do ruivo, que já havia entendido o contexto da conversa__ Gaara, seja sincero comigo..__ chamou o irmão para ficar perto dos mais velhos, e assim o fez. Kankuro pousou a mão sobre o ombro do sabaku e perguntou sério__ você ainda é virgem?

Gaara corou. Como diria ao seu irmão, super protetor, que havia transando ontem a noite com o garoto que ele quase baterá? Suspirou e negou com a cabeça, viu kankuro levar as mãos aos cabelos respirando fundo

__ eu disse, Temari! Eu disse que eles haviam transado! Eu disse!__ saiu para o quintal dos fundos, puxando os cabelos. Já Temari se aproximou do mais novo e sorriu 

__ como foi?__ perguntou naturalmente, fazendo o menor corar e negar com a cabeça__ vamos, é tão estranho conversarmos sobre isso?!!

__ na verdade, é sim!__ marchou de volta para o quarto, onde viu a cama vazia. Lee devia estar no banho, Temari apareceu atrás de si

__ vou ter que trocar os lençóis__ caminho até a cama mas foi parada pelo ruivo

__ eu troco!__exclamou

__ nani? Por que?__ o olhou confusa com as mãos na cintura

__ não quero que, minha irmã, troque os lençóis da cama que eu e meu... Ficante, transamos. Eu não troco seus lençóis quando trás o Shikamaru aqui! É vergonhoso!__ disse enquanto tirava os lençóis os trocando

__ v-você... Ouve?__ perguntou a loira, corada

__ vocês são muito barulhentos__ sorriu ladino, ao ver a mais velha correr para fora do quarto

Terminou de trocar os lençóis e os colocou no sexto de roupas sujas que havia em um canto de seu quarto, logo Lee saiu do banheiro, já vestido, e sorriu ao ver o Sabaku mais novo. 

Se aproximou e o abraçou, colocando a cabeça do ruivo em seu peito. Gaara esfregou a ponta do nariz no peito do mais velho que afagou seus cabelos

__ está doendo?__ perguntou Lee, levando suas mãos até a bunda do menor

__ um pouco__ corou ao sentir o mesmo apertar suas nádegas__ m-mas não muito__ sorriu torto

__ seus irmãos... Sabem que nós...?

__ hai, sabem sim

__ e kankuro está normal com isso?__ Gaara o olhou e suspirou

__ tome cuidado, pode ser que eu não entre no meio dessa vez__ riu ao ver a expressão nervosa que Lee fez__ vem, vamos tomar café, estou com fome__ puxou o moreno pela mão até a cozinha, onde já se encontrava Kankuro, Lee engoliu a seco

Se sentaram a mesa e se serviram, com as torradas que Temari havia preparado junto com o café que havia na mesa. Lee comia sobre o olhar assassino de Kankuro, enquanto Temari e Gaara soltavam risadinhas

Terminaram o café da manhã e o moreno recebeu uma ligação de seu pai, o mandando voltar para casa, pois tinha um assunto sério a tratar com o mesmo

__ volta mais tarde?__ Gaara perguntou abraçado ao maior, na porta da casa dos sabakus, enquanto kankuro e a loira observavam

__ se eu puder, eu volto! Te mando mensagem__ sorriu e deu um selinho no menor, ouvindo um resmungo de kankuro__ até mais__ saiu correndo antes que o irmão mais velho do amado o matasse com o olhar

__ você assustou ele__ Gaara virou-se, de braços cruzados, para o irmão mais velho

__ ele tirou sua virgindade! Eu devia tê-lo matado!__ respondeu o mais velho

__ ei,ei,ei. Parem já com isso vocês dois__ interveio a caramelada

__ você também já transou!

__ mas você não podia!

__ E POR QUE NÃO?

__ POR QUE VOCÊ É MEU IRMÃO MAIS NOVO! AINDA É UMA CRIANÇA!

__ EU JA TENHO 16 ANOS, POHA! Não sou mais um bebê

__ mas eu ainda tenho que te proteger__ cruzou os braços__ enquanto eu estiver aqui, só poderá ver o Lee com a minha supervisão!

__ você está agindo igual ele! Vai me impedir de tudo igual ele fazia__ correu para o quarto, onde bateu a porta com força, gritando para o irmão ir se fuder

__ kankuro, nós combinamos de não reagir assim com o Gaara em relação a vida amorosa dele__ Temari pôs as mãos na cintura

__ mas ele ainda é uma criança tema! Não sabe o que faz

__ Escute, sei que só ver proteger o Gaara, mas ele sabe se cuidar. E agindo assim, o faz lembrar do outou-san, lembra como ele era com o Gaa?__ o moreno assentiu__ está agindo feito ele

__ mas Rasa não fazia por proteção, ele só não queria que Gaara vivesse a vida dele. Ele não o ama...

__ e se continuar agindo assim, Gaara começará a pensar a mesma coisa sobre você, o que pensava sobre outou-san__ suspirou, seus irmãos eram tão teimosos__ eu vou conversar com ele, pense um pouco Kankuro, Gaara merece viver também

Subiu para o quarto do mais novo, Kankuro por sua vez suspirou e socou a parede, era errado não querer que ninguém se aproximasse de Gaara somente por proteção?


Lee corria pelas ruas, em direção a sua casa. Gai havia dito que queria conversar sério consigo. Queria ter ficado mais tempo com Gaara, mas o olhar que Kankuro lançava em si era assustador. 

Ficava com medo quando o assunto era conversar com tireteiro de marionetes, mas enfrentaria tudo para ficar com o ruivo, nem que fosse a própria morte.

Chegou em sua casa e a porta estava destrancada, adentrou e viu seu pai  sentado no sofá, batendo os pés no chão impaciente

__ outou-san?__ se sentou ao lado do mais velho, que se levantou no mesmo instante com um sorriso aberto

__ Lee! Até que enfim você chegou

__ o senhor me ligou a uns vinte minutos atrás...

__ pareceu mais tempo 'pra mim... Enfim, eu vou ter que passar tempo fora, Maito Dai está precisando de ajuda

__ o oji-san?__ assentiu__ o que ele têm?

__ pegou um resfriado, eu vou cuidar dele até ele se sentir melhor. Pode se virar sozinho por uns dias?__ perguntou

__ hai, eu já tenho 17 anos outou-san, não sou mais criança__ sorriu__ eu vou saber me cuidar

__ ótimo, eu partirei amanhã cedo

__ hai!

**************************

__ tsc...__ Gaara resmungou, Temari havia conversado consigo, tudo bem que Kankuro só queria protegê-lo, mas isso já era demais!

" Eu que eu faço ou deixo de fazer na minha vida amorosa não é problema dele..."

Poderia ter sido só uma briguinha idiota, mas ver kankuro querendo tomar conta dele, aquele jeito, o fazia lembrar-se de seu pai.

Desde da morte de sua mãe, Gaara forá desprezado pelo pai. Rasa nunca demonstrou carinho, amor ou nenhum tipo de afeto por si, o culpando pela morte de Karura como se o ruivo também não estivesse triste pela morte da mãe.

Seu celular vribou indicando que receberá uma mensagem. Pegou o celular contente, imaginando que fosse Lee, mas se surpreendeu ao ver que a mensagem era de Sasuke

**************************


Sasuke

Ei, Gaara!

                                     Gaara

                                    Ah, oi Sasuke

Sasuke

Vc tá livre agora a tarde?

                                   Gaara

                              Acho que sim

Sasuke

Tá afim de sair cmg e com o Naruto? A gente chama o Lee

                                      Gaara

                                   Blz, vou falar com o Lee e meus irmãos

Sasuke

Legal! A gente tá querendo ir num restaurante que abriu aqui perto da casa do Naruto, vou te mandar o endereço. Se for, nos encontre lá  as 14:00

                                      Gaara

                                Tudo bem!

Sasuke

*Endereço* 

Te vejo lá!

***************************


Gaara suspirou, será que Kankuro o deixaria  sair? Levantou-se e andou a passos lentos e curtos em direção a sala, onde Temari estava

__ Temaaaaaaa....__ disse o nome da irmã arrastado e deitou-se em seu colo

__ o que você quer?__ perguntou sem tirar os olhos da televisão, não era tola, se depois de uma discussão, Gaara vivesse todo manhoso para cima de si, ele queria algo

__ já disse que eu te amo?__ deu o melhor sorriso fofo que podia. Okay, agora sim estava desconfiada

__ quanto precisa e onde vai?__ perguntou parando a série que tinha posto na tv

__ só me de trinta e vou sair com meus amigos__ sorriu__ por favor?

__ 'ta bem...__ levantou-se e pegou sua bolsa, que estava  em cima da bancada da cozinha, entregando o dinheiro para o irmão que subiu animado para o quarto

__ onde ele vai?__ Kankuro entrou em casa, provavelmente estava lá fora mexendo com suas marionetes

__ sair com os amigos__ respondeu se sentando no sofá__ tente ficar feliz por ele, nunca teve amigos

__ Lee irá junto?__ perguntou novamente, se colocando em frente a irmã, com os braços cruzados, a impedindo de continuar vendo a série

__ eu. Não. Sei__ disse pausadamente__ não vai impedi-lo, nem adianta retrucar e sai da frente por favor.

Kankuro bufou, não impediria o irmão de sair, mas também não se desculparia com ele. Pensava que não estava errado e não voltaria com sua palavra, orgulho era algo também importante para si.

Gaara subiu as escadas, pegando seu celular e mandando mensagem para Lee:

***************************

                                          Gaara

                                     Lee!

Lee

Ah, Gaa, oi!

                                        Gaara

                                 Sasuke nos chamou para sair com ele e com Naruto, você vai querer ir?

Lee

Claro! Que horas? E onde?

                                       Gaara

                                   Em um restaurante, Sasuke já me mandou o endereço, as 14:00. Ainda é cedo, mas já estou perguntando 'pra saber

Lee

Hai, eu vou sim! Passa aqui?

                                         Gaara

                                     Passo! Até daqui a pouco, então

Lee

Até


****************************


Saiu do quarto saltitante, antes não costumava nem ter amigos, agora já combinava de sair com eles. Andou calmamente até a sala, onde se sentou ao lado da irmã, que nem notou o ruivo

__ devia falar com Kankuro__ a loira disse, derrepente

__ tsc...__ resmungou

__ vamos Gaara, não vai te matar, vai?

__ ele está errado! Ele que tem que se desculpar!

__ vocês nem brigaram direito...

__ ele é contra meu... Caso com Lee

__ ele não é contra__ olhou para o ruivo__ ele só... Não está pronto para aceitar isso ainda

__ não preciso que ele aceite__ retrucou, estava perdendo a paciência.

__ ainda sim, precisa falar com ele. Kankuro só quer o seu bem...

__ me impedindo de ser feliz com quem eu amo!

__ ele não te impediu de nada__ falou Temari, já alterando a voz

__ mas se não fosse você, proibiria...

__ está inventando coisas que não existem

__ tsc, tá tá. Quando eu voltar converso com ele okay?!__ pegou o controle da mão da loira, dando play na série. Temari por sua vez, suspirou. Por que seus irmãos tinham que ser tão teimosos?


                        

   

                                    





Notas Finais


Espero que tenham gostado

Beijos de Jashin


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...