História Nova chance para Recomeçar, Nova chance para Amar! - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Personagens Chiyo, Deidara, Fugaku Uchiha, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hashirama Senju, Hidan, Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Itachi Uchiha, Izumi Uchiha, Kakashi Hatake, Karin, Kiba Inuzuka, Kizashi Haruno, Konan, Kurenai Yuuhi, Madara Uchiha, Mebuki Haruno, Mei, Mikoto Uchiha, Nagato, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Obito Uchiha (Tobi), Personagens Originais, Rin Nohara, Sai, Sakura Haruno, Sarada Uchiha, Sasori, Sasuke Uchiha, Shizune, Temari, TenTen Mitsashi, Tsunade Senju
Tags Itasaku
Visualizações 24
Palavras 1.022
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi amores mais um capítulo pra vcs espero que gostem bjs....

Capítulo 2 - Livre


Eu tinha uma grande chance de não conseguir fugir  e ele me matar..ou até pior..me torturar..estava a três anos com esse maldito sei bem do que ele é capaz , sem falar nas dores que ele me causou e não só quando abusou de mim..mas quando tirou o que eu tinha de mais precioso..eu NUNCA em hipótese alguma gostei de algo que aconteceu nesse maldito lugar  ou fiquei feliz..mas uma única vez..uma única vez que me aconteceu algo maravilhoso esse desgraçado tirou de mim também...então eu não vou ficar pensando no que pode ou não acontecer..eu já estou pra morrer mesmo, não fará diferença alguma pra mim..

A chuva lá fora fazia um certo barulho mas  ainda assim o suspense se fazia presente.

Andei lentamente até um canto daquele cômodo e me agachei devagar, comecei a apalpar o chão até que minha mão topou com um tecido.

Era o vestido que usava quando fui sequestrada , estava rasgado e todo sujo mas vesti mesmo assim..minhas peças íntimas não existiam mais ele havia rasgado também  quando abusou de mim logo na primeira vez. 

Assim que vesti o vestido com dificuldades, comecei a andar bem lentamente denovo não só  para não fazer barulho como também meu próprio corpo me impedia de andar muito rápido...

Cheguei perto da porta e coloquei minhas mãos sobre a maçaneta..segurei ela por um tempo e suspirei...a girei lentamente e puxei a porta que rangeu...

Apertei os olhos e ouvi a cama mexer...

Mas não esperei pra ver se ele iria se levantar ou não. 

Tirando forças não sei da onde...

Suportando a dor não sei como..

Eu corri...

Corri...

Corri..

E corri...

A sensação que tinha era te está sendo perseguida mas não olhei pra trás...a chuva limpava um pouco a sujeira do meu corpo mas tambem fazia com que meus machucados doessem mais.

Eu não sei por quanto tempo corri naquela mata mas acho que consegui me afastar o bastante. 

Parei de correr e senti meu corpo fraquejar e uma rápida tontura me atingir, caí no chão e fiquei ali deitada tentando controlar minha respiração. 

Novamente um trovão me assustou do meu quase desmaio e eu levantei novamente e voltei a correr..dessa vez mais devagar..

Eu não sabia aonde estava indo porque estava escuro e eu nem mesmo sabia onde estava..nem sabia se aquela mata tinha fim..

Mas mesmo assim eu havia conseguido fugir...eu nem podia acreditar..tinha medo de está apenas sonhando e acordar no mesmo lugar. Esse pensamento fez uma angústia tomar conta de mim...

Não eu não estou sonhando !

Pensei tentando aumentar a força das minhas pernas para andar um pouco mais.

Meus olhos marejaram quando percebi que havia uma estrada...

Se havia uma estrada significa que havia uma cidade por perto...eu acho 

Comecei a correr..e quando meus pés tocaram no asfalto eu fiquei mas aliviada...

Mas não sabia onde estava..não sabia pra que lado andar...e a chuva forte me impedia de ver claramente as coisas alem de não haver nenhum poste de luz por perto. Andei mais pro meio da estrada e fiquei olhando para um lado 

Por favor...apareça alguém..

Torcia em meus pensamentos e quando me virei um clarão encandeou meus olhos fazendo cobrir o rosto com as mãos apertando os olhos.

Ouvi um forte som de freio a quando ergui minha cabeça havia um carro a centímetros de mim.

Um homem saiu do carro e eu fui andando pra trás..

Não...

Não podia ser ele...

-moça o que aconteceu com você? 

Parei de andar pra trás quando vi que não era ele..não pude ver o rosto do homem direito por que minhas lágrimas e a chuva embaçavam minha visão. 

Senti um medo enorme dele está por perto e uma mistura de alívio por ter encontrado alguém então comecei a pedir ajuda pra aquele homem..

-por favor ,não deixa ele me encontrar...Me ajuda..por favor..

-calma moça, quem não pode te encontrar ?

- ele...ele é um monstro por favor me ajuda não me deixa aqui 

-calma moca, quem eh você? 

Não tive tempo de responder porque meu corpo fraquejou e minha cabeça girou, depois tudo ficou preto.

Ao invés de sentir o impacto do chão, senti braços fortes me segurarem antes de perder totalmente a consciência e uma voz ao longe...

-moça...

   


            Pov's  Itachi 

Mantia os olhos fixos na estrada enquanto dirigia, eu ia em uma velocidade razoável, a chuva estava forte e era preciso muito cuidado em um tempo desses..

Minha cabeça doía um pouco e meus musculos estavam desconfortáveis...três semanas de puro trabalho sem parar e reuniões e mais reuniões era mais cansativo do que pensava...

Estava indo para minha casa e sem dúvida, tiraria pelo menos dois dias pra descansar um pouco antes de voltar a empresa e marcar novas reuniões..além de ter que informar meus funcionários o que foi resolvido e o que não foi na empresa do meu tio.

Tive que viajar pra cidade dele à negócios..e nem resolvi tudo..aff espero não ter que voltar lá tão cedo..

Não vejo a hora de chegar em casa tomar um  banho e dormir..

Sou tirado de meus pensamentos quando a visto alguém no meio da rua..

Freio quase em cima da pessoa e coloco minha cabeça sobre o volante suspirando aliviado por não ter machucado a pessoa.

Mas quem estaria aqui nesse lugar "deserto" a uma hora dessas e com essa chuva? Ainda mais no meio da rua? 

Decerto alguém que não tem amor pela vida..

Levanto a cabeça e arregalo os olhos ao ver uma mulher completamente machucada e suja na minha frente...

Sai do carro e perguntei ;

- moça o que aconteceu com você? 

Ela começou a me pedir ajuda do nada...

- por favor, não deixa ele me encontrar...Me ajuda por favor. 

Fiquei sem entender nada

-calma moça, quem não pode te encontrar? 

Perguntei..

-Ele...ele é um monstro por favor não me deixa aqui..

Fiquei sem ação provavelmente foi seu marido que a espancou...mas não vejo aliança nela..o que aconteceu pra essa garota chegar aqui desse jeito..o seu corpo todo tava machucado seus olhos vermelhos além de está magra e pálida e seu vestido molhado que colava no corpo mostrava que ela estava nua por baixo..será que ela foi abusada?

-calma moça quem é você? 

Ela abriu a boca pra responder mas seu corpo amoleceu e eu a segurei quando percebi que ela ia cair...

-moça..

Falei preocupado.. meu kami... o que farei agora?












Notas Finais


Eh isso...até o próximo capítulo bjs leitores


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...