História Nova Pizzaria 2 (INTERATIVA) (HIATUS) - Capítulo 3


Escrita por: e Mikuuyah

Postado
Categorias Five Nights at Freddy's
Personagens Balloon Boy, Bonnie the Bunny, Chica the Chicken, Foxy the Pirate, Freddy Fazbear, Golden Freddy, Marionette, Mike Schmidt, Personagens Originais, Purple Guy, Springtrap, Toy Bonnie, Toy Chica, Toy Freddy
Tags Fnaf, Interativa
Visualizações 13
Palavras 1.488
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Ecchi, Fantasia, Luta, Magia, Misticismo, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


YAY!
Um cap saindo do fornin bem quentin!
Leiam enquanto há tempo, porque tá tão frio que logo o cap fica frio também ( piada/trocadilho merda 2018)
Boa leitura sz

Capítulo 3 - Equipe?!



- Então, seu pai e meu pai são melhores amigos, que droga ein... - Mitsuki diz, olhando para seus dedos.
- Digo o mesmo cara. Ei Mayumi, precisa de ajuda?
- N-não maninho, valeu! - Mayumi responde, se esquivando dos ataques de um dos toys.
- RECUAR! - Um deles grita. Os três se alinham e criam uma barreira, impedindo a aproximação de Mayumi, Yuki e Ayumi, podendo assim fugir na escuridão.
- Só porque eu estava arrebentando eles bem legal... - Yuki diz, respirando ofegante.
- Hehe, damos um bom trio, né? - Ayumi pergunta.
- Nem pensar. - Ishida diz.
- CALADO AÍ IDIOTA!
- Bem... - Mitsuki se levanta encostado na parede. - Precisamos achar um jeito de encontrar os velhos.
- Pelo jeito que falaram com aquele cara, provavelmente já conheciam ele.
- Isso não explica nada... Precisamos dar um jeito de sair daqui, isso sim. - Ayumi diz
- Pelo que parece, toda a pizzaria está cercada por uma barreira. Resumindo. Estamos fudidos. - Ishida diz.
- Você não passa confiança nenhuma. - Mitsuki diz.
- É o meu jeito! - Ele sorri.
- Vocês sabem que a partir de agora precisamos trabalhar em equipe, né? Então por favor, sejam legais um com o outro. - Mayumi diz.
- Sim sim, pode deixar mana. - Ishida diz. - Então, o que fazemos agora?
- Eu tenho certeza que deve ter uma chave por algum lugar aqui! - Ayumi diz.
- Quanto de certeza?
- 1%
- É, estamos fudidos.
- Vai dar tudo certo! O lugar é grande então vamos precisar nos separar. - Mayumi diz.
- Vou indo por aqui, vejo vocês aqui novamente. - Ishida sai.
- Bem, eu vou por aqui. - Mitsuki vai pelo outro lado.
- Tome cuidado, Mitsuki-kun! 
- Não se preocupe comigo, Ayumi.
- Eu vou por aqui, se cuidem - Yuki vai por outro lado.
- Ayumi, você pode procurar por aqui perto?
- Sim!
- Certo! Espero que funcione...
Os cinco estavam em diferentes locais da grande pizzaria. De certa forma, parecia até ser um bom modo caso a chave realmente esteja pela pizzaria, mas isso deixa todos muito expostos...:
- É muito lógico que a maldita chave não vai estar por aqui, esse lugar tá completamente fechado... - Ishida diz, andando por um corredor escuro. - Vou ver o que essa pizzaria tem de bom. - Ele vira na primeira porta, abrindo-a.
- FINALMENTE CHEGOU!
- O QUE? - Ishida pula para trás, sentindo um forte corte em sua perna direita. Ele cai, gritando...
Enquanto isso...
- Até que foi fácil te encontrar! - Ele ri.
- Ah... o que você quer...? - Mitsuki pergunta.
- Meu mestre pediu para apagar vocês. Foi mal cara, mas você tá no caminho.
- Fala para o seu mestre que ele é um babaca.
- Heh, jovens...
- Qual é, quer brigar mesmo cara?
- Acho que sim! - Uma cela de água aparece ao redor de Mitsuki.
- Cela de água uh? O pai da Ayumi também faz.
- Por isso que sou chamado de Toy Freddy! Uma versão muito mais forte desse cara aí!
- Ah sim, bem, vou acabar com isso antes que. - Uma rajada de eletricidade aparece de trás de Freddy e atinge a cela, eletrocutando Mitsuki.
- Não fique se achando carinha, isso é ruim! - Uma figura aparece do escuro.
- Muito bem Bonnie! Esse aí tá dormindo. Espero que a Chica tenha cuidado do outro...
Enquanto isso...
Mayumi se movia lentamente, olhando para todos os dois lados.
- Então. O que traz vocês aqui? - Uma voz masculina soa da escuridão. Mayumi rapidamente se prepara, pronta para criar uma bola de fogo.
- Q-quem é você? O que quer?
- Acho que essa devia ser a minha pergunta.
- A-APAREÇA JÁ! - Do escuro, lentamente, aparece um homem. Alto, olhos cristalinos, cabelo branco e pele clara. Ele encara Mayumi diretamente nos olhos. Ela tremia a cada passo que aquele homem dava.
- Eu vou perguntar novamente. O que traz vocês aqui? - Ele se aproxima de Mayumi.
- N-nós viemos aqui por... obrigação...
- Seus pais, quem são?
- P-por quê isso?
- Apenas me responda garota.
- M-me diga seu nome... pelo menos... 
- Vincent. Vincent Gray. E eu quero saber. Onde ela está?
Enquanto isso...
- A-ah cara... eu não sabia que isso doía tanto! - Ishida diz, rastejando.
- VOCÊ É O CARA MAIS IRRITANTE QUE EU JÁ ENFRENTEI EM TODA A MINHA VIDA!
- C-cala a boca e me mata seu puto! 
- AGORA VOCÊ PASSOU DOS LIMITES CARA! - A figura se aproxima e crava uma faca na perna esquerda de Ishida, fazendo o mesmo gritar. - Dói né?
- Nah, só um pouco.
- Q-QUE MUDANÇA FOI ESSA?
- Você vai me matar ou não? Odeio esses vilões que demoram muito para matar!
- JÁ CHEGA! - Ele levanta a outra faca
- ESPERA CARA!
- O QUE FOI AGORA?
- Não tá sentindo esse frio? Chegou de repente...
- Ei, até que é verdad... NÃO!
- Não?
- É ele...
- Ele?
- Sim, ELE!
- Quem é ele?
- ELE!
- Ele é...?
- ELE?
- ME DIZ QUEM É ELE PORRA!
- ELE!
- EU! 
- NÃO É VOCÊ, É ELE!
- JÁ CHEGA, ME MATA L... - Antes que Ishida terminasse de falar, algo atravessa o peito daquela figura, espirrando sangue na roupa do garoto. - Minha roupa nova cara...
- E-e-e-ele... voltou...
- Cala essa boca! - Ishida tenta se levantar, porém é impedido pela dor. - D-droga, agora que fui lembrar disso...
- Você está machudado? - Um garoto se abaixo próximo a ele.
- Tu é cego é porra? Tá vendo não? Minhas pernas estão mais cortadas que peixe de feira.
- Peixe de feira é tão cortado assim?
- Foram só dois cortes!
- Deixa que eu te ajudo! - O garoto agarra a faca e puxa com toda a força, fazendo Ishida gritar muito alto. - Ops.
- A-AH, CARALHO, AH... QUE DOR QUE DOR QUE DOR... - Ishida se remexia no chão.
- Ah para, nem foi para tanto assim...
- A-A-AH... DÓI MUITO... EU VOU MORRER, PRECISO DE ALGO PARA PARAR ESSE SANGRAMENTO RÁPIDO! - O garoto leva a mão até o machucado. - O que tá fazendo?
- Congelando seu machucado! - Ishida dá um tapa nele. 
- MALDITO, ASSIM EU VOU MORRER MAIS RÁPIDO!
 - ISHIDA! - Yuki aparece do final do corredor. - VOCÊ, SAIA DE PERTO DELE!
 - C-calma Yuki! Ele é do bem, ele ajudou!
- Sério?
- Sim. Tirando o fato de que ele puxou a faca que estava presa na minha perna com muita força, foi tudo... - Yuki acerta um soco na figura. - Normal...
Algum tempo depois...
- Meu nome é Yoru, perdão por tudo que aconteceu. 
- N-não tem problema... você conhecia aquele cara?
- Não muito, sei que ele é um assassino, eu tinha que fazer algo.
- E você fez... - Ishida encara as suas pernas já enfaixadas. - Eu preciso ver os outros...
- Nem fudendo cara, você não tá em condições de andar. - Yuki diz.
- Que? - Ishida aparece de pé atrás de Yuki. 
- O QUE DIABOS?
- Eu não sei porque, mas eu tô começando a amar a pessoa que tá escrevendo essa coisa aqui!
- Ah... do que você tá falando agora? 
- Nada... Vamos lá, precisamos voltar para o ponto de encontro.
No salão principal...
- Cadê todo mundo? - Ishida pergunta.
- Eu lembro que a Ayumi iria procurar por essa área, ela deveria estar aqui.
- PESSOAL! - Mayumi aparece de um corredor atrás deles.
- Mayumi?
- Mitsuki e Ayumi.
- Ayumi e Mitsuki.
- imuyA e ikustiM.
- ELES SUMIRAM!
- SUMIRAM?
- MARIMUS.
- ISSO É SÉRIO YUKI!
- Foi mal.
- Como? - Ishida pergunta.
- Eu não sei... mas tem alguém aqui que pode nos ajudar!
- Olá criançada. - Do mesmo corredor, Vincent aparece.
- Ei, esse cara parece aquele lá de um jogo de terror, qual o nome?
- Você tem noção de quantos jogos de terror existem no mundo? - Yoru pergunta.
- Eu não tenho ideia.
- Específique!
- Aquele cara que tem uns bração assim bem grande e a cara dele é branca e ele é alto!
- Slender?
- ISSO YUKI! Você parece o Slender! 
- Essa demora toda para dizer isso? - Vincent pergunta.
- Isso aí!
- Patético...
- Vincent. Você vai nos ajudar, certo? - Mayumi pergunta.
- Farei o possível. Vou fazer um tipo de formação de batalha, para isso, trabalhem em equipe!
- Pode deixar! Por mais que eu não goste daqueles dois, eles são amigos agora, eu não posso deixar nenhum amigo para trás. - Ishida soca sua mão. - Vamos lá!
 


Notas Finais


Espero que tenham gostado szzz


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...