1. Spirit Fanfics >
  2. Nove deusas - Mini one shot's com o Twice (repost) >
  3. Don't touch my omega! - Chou Tzuyu (g!p) (fanboy)

História Nove deusas - Mini one shot's com o Twice (repost) - Capítulo 4


Escrita por: Suneits_Ke

Capítulo 4 - Don't touch my omega! - Chou Tzuyu (g!p) (fanboy)


Fanfic / Fanfiction Nove deusas - Mini one shot's com o Twice (repost) - Capítulo 4 - Don't touch my omega! - Chou Tzuyu (g!p) (fanboy)

Point of View Chou Tzuyu

— seu primeiro cio esta chegando filha! — fala meu pai animado, já que só falta uma semana para meu cio, para os alfas é muito importante o primeiro cio.

— eu acho que ela deveria achar uma ômega qualquer, o ômega que ela quer não vai querer ela de qualquer maneira — fala minha amiga Minatozaki Sana, com um tom brincalhão, me fazendo fechar a cara.

— ya!, eu ainda vou conseguir meu ômega okay? — falo irritada, cruzando os braços embaixo dos seios.

— deixa eu adivinhar, você quer o s/n? — pergunta Minatozaki fazendo minhas bochechas ganham um tom avermelhado, fazendo a mais velha rir da minha cara. — você?, com o ômega mais disputado do colegio?, conta outra tzuyu.

S/n, o unico ômega virgem da escola, s/n é o tipo que todos da escola querem, pelo que dizem s/n nunca ficou com ninguem, ou ninguem nunca viu.

— todo mundo quer ele, mas ele sera meu— sorrio convencida, fazendo Sana rir como uma hyena da minha cara.

— Qual a graça? — fala Hirai Momo desçendo as escadas.

— ela quer que s/n seja seu ômega — fala Sana, limpando suas lagrimas de tanto rir.

— Pelo o que eu ouvi na escola esta perto do cio dele, as pessoas falam que ele fica com cheiro de maracuja, diferente dos outros ômegas.— fala Momo pegando sua mochila, juntamente com sana.

— é minha chance de falar com ele! — sorrio, pegando minha mochila juntamente com as meninas.

— não importa com quem seja, não ó abandone, estou criando uma alfa de respeito, não uma vagabunda — fala meu pai nós olhando indo em direção a porta.

— eu nunca irei fazer isso — falo olhando meu pai antes de sair.

— acho bom mesmo.— escuto meu pai antes de sair pela porta de madeira.

Eu, Minatozaki é Hirai, estamos indo a escola a pé ja que é rapido para chegarmos.

— como ira fazer para falar com ele Tzuyu? — pergunta Hirai, tomando seu nesquik.

— acho que ela vai esbarrar nele — fala Sana com seu tom brincalhão.

— eu não vou esbarrar nele, ele parece sensivel — falo lembrando do garoto, me fazendo sorrir boba.

—ih a tzuyu ta boiola pelo menine que ela nunca falou — fala Hirai, entrando no portão da escola, logo vendo os alfas em grupos brigando por ômegas como sempre, me fazendo revirar os olhos, olho para frente vendo o meu tão ômega desejado, S/n.

— S/n! — Grita uma voz atrás de mim, correndo até o garoto é a abraçando logo sendo retrebuido, pela garota, jeongyeon, uma das únicas alfas que tem amizade com s/n.

— Tzuyu vai lá falar com ele! — Minatozaki tenta me empurrar até ele.

— Agora?!? — esclamo nervosa.

— Claro que sim né, é agora ou nunca.

— okay, eu consigo — fala puxando ar para meus pumões é indo em direção ao garoto que conversava com jeongyeon.

Jeongyeon me encara, logo cutuca s/n fazendo ele me olhar.

— precisa de algo? — fala s/n com aquela voz, que jesus.

— e-eu gostaria de tentar uma amizade com você — foi direta, fazendo jeongyeon me encara surpresa.

— algum motiva para essa amizade Chou? — pergunta Jeong me dando medo.

—Não seja assim com a garota Jeong-ah— olha para mim sorrindo.

Jeong bufa me olhando desconfiada.— eu só não confio em alfas.—

— então você não confia em você mesma bobinha— fala s/n tocando no nariz de Jeong, devo admitir a amizade deles é bem forte. — É sim Tzuyu eu aceito fazer amizade com você— s/n sorrio, é segura minhas duas mãos.

Em um momento tão bom a sineta toca, indicando a primeira aula

— Já que é nossa amiga agora, vamos para as aulas juntas! — s/n sorrio, é pega na minha mãe, é na mão de jeong, me fazendo sorrir boba.

[Quebra do Tempo - meses depois, dia do cio da Tzuyu]

Estamos aqui, eu, Jeong, Hirai é Minatozaki esperando s/n que esta demorando um pouco hoje.

— por que essa demora toda?— fala jeong preocupada, com o mais novo.

— é normal ômegas demorarem jeong, se acalme — fala Hirai com seu maldito Nesquik de morango.

— S/n não costuma demorar, vamos procura-lo, se separem— fala jeong séria, fazendo todas começarmos a procura-la

Começo a procurar, por todo ao redor da escola, estava caminhando até escutar mormuros baixos.

— eu já te mandeu calar a boca ômega inutil — estudo isso, é vou em aproximando vendo uma imagem que fez meu sangue ferver.

S/n estava sendo segurada por um alfa, que estava tentando abusar do meu pequeno

— o que pensa que esta fazendo seu idiota?!? — falo entre dentes, fechando meus punhos com força.

—senti o cheiro desse belo ômega no cio, é estou querendo apenas ajudar — sorri, me fazendo ter nojo.

S/n me olha com lagrimas nos olhos, indicando que ele queria chorar.

— não toque no meu ômega seu nojento! — rosno, chegando perto do garoto, o jogando no chão, fazendo s/n me abraçar com força pelo medo.

— se você encostar no meu ômega denovo com essa pata imunda eu quebro sua cara! — falo me segurando para não ir em cima desse verme.

— eu ainda pegarei esse garotinho— o garoto fala saindo andando.

Escuto o fungado de s/n me fazendo virar para o garoto

— s/n — olho o garoto que estava com varios machucados, o pego no colo com cuidado, indo em direção das meninas

— aí meu deus s/n!— jeongyeon corre até mim, olhando o garoto.— desculpa não ter vindo com você meu amor— fala preocupada.

— Tzuyu pode levar ele é emergência — fala Sana, é jeongyeon concorda, me deixando feliz, mas logo ela me encara com a feição seria.

— cuide bem dele tzuyu — concordo varias vezes indo até a emergência com s/n  no colo, sinto seu cheiro de maracuja.

— ele esta no cio— murmuro baixo o deixando na maca.

Começo a cuidar dos machucados visives do mais novo, o vendo acordar as poucos

— tzuyu — s/n fala em tom choroso, segurando minha mão sem força.

— sim pequeno? — olho o garoto que agora suava.

— e-eu preciso da sua ajuda — fala choroso, é leva minha mão até seu membro que ja estava começando a ficar duro.

— s-s/n — gaguejo com as bochechas vermelhas.

— por favor tá, doendo faz parar— como esta no seu cio tenho que ajuda-lá.

— eu irei te ajudar pequeno— vou até a porta, a fechando abrindo meu blazer é minha calça, é as jogando em qualquer canto.

Vou em direção o mais novo, o segurando pela cintura, começando um beijo sendo retrebuido pelo mais novo o beijo era cheio de amor, mais também era um beijo bastante selvagem, começo a desçer as calças do mais novo, vendo sua ereção em sua cueca, começo a rossar meu membro, juntamente com o seu fazendo o garoto ter leves arfares.

— não enrola tzuyu me ajuda logo— fala s/n após separar o beijo, a deito é começo a desçer meus beijos até seu pescoço, dando lambidas, mordidas, é chupões, o fazendo dar leves arfares.

Tiro a box do garoto que escondia seu membro, tiro minha box, logo segurando o queixo do garoto, que estava com as bochechas vermelhas em baixo de mim.

— eu vou devagar okay?— vejo o mais novo concordo de forma lenta.

Boto as pernas do garoto com cuidado na minha cintura, começando a penetra-lo por sua entreda anal, fazendo o garoto soltar um gemido baixo em tom choroso, me fazendo ir devagar com somente a cabeça do meu membro.

— oh t-tzuyu — fala soltando um gemido sofrengo, começo a me movimentar, fazendo "vai é vem" de uma velocidade mediana.

Point Of View Narradora

A Taiwanesa, movimentava de forma lenta, mais com o passar do tempo a velocidade foi aumentando aos poucos para não machucar o garoto, s/n por sua vez segura nos ombros da mais velha os arranhando com força, fazendo a Taiwanesa ir mais rapido.

—o-oh, s-s/n v-você ta muito apertado— esclama a mais velha, começando a mastubar o membro do garoto que soltava gemidos baixos é manhosos totalmente entregue aos toques da mais velha.

s/n joga a cabeça para trás dando vista de suas bochechas vermelhas, soltando gemidos mais altos, fazendo a Taiwanesa é mais rapido de forma bruta, começando a deixar marcas no pescoço de s/n fazendo s/n mais submisso que antes.

— ã-ãhn T-tzuyu— s/n geme em tom manhoso ao sentir Tzuyu indo mais bruto ainda, é o mastubando o mais rapido possivel, o fazendo ir a loucura.

S/n como esperado tem seu orgarmo melando sua blusa escolar, fazendo tzuyu sorri indo mais rapido, fazendo s/n gemer por estar sensivel tendo seu orgamo dentro do garoto logo tirando seu membro de dentro com um sorriso nos labios.

— S/n você aceita ser meu ômega a partir de agora? — pergunta tzuyu suada com sua respiração ofegante.

— e-eu aceito — fala o garoto em tom manhoso, com sua respiração pesada, logo o momento sendo atrapalhado.

— Que merda é essa Chou Tzuyu?!? — grita jeongyeon, encontrando Tzuyu em cima de S/n, é ambos sem peças de baixo.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...