História Novels gone wrong - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 1
Palavras 913
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção Adolescente, LGBT, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 2 - Capitulo 2


Um ano depois

Estava-nos em mês de julho, estávamos de férias, minha amiga de SC (Santa Catarina)  veio me visitar, Mayara ela tinha a minha idade. Estava-nos no meu quarto, cada uma no seu celular, só dando risada, ate que ela pergunta.

_Posso saber por qual motivo minha Best ta rindo tanto? – diz ela chegando perto de mim, com um sorriso enorme.

_Ah é minha amiga, a Iris ela falou uma parada engraçada aqui – disse rindo um pouco e faço a pergunta:

_ E você por que ta rindo tanto? – pergunto

_ Uma amiga! – diz ela, e eu já faço uma cara.

_ To brincando, é minha gata! – fala ela com um sorriso enorme

_ A quanto tempo vocês estão juntas? – pergunto curiosa

_ Ah pouco tempo, faz três meses! – diz ela se levantando e indo ate o espelho se olhar.

- QUEEE – falo quase gritando _ Como assim três meses e você não me contou isso? – falo com uma cara como se tivesse visto um fantasma.

_ Ué isso tinha que ser pessoalmente, mas depois eu te explico-me... – meu celular toca fazendo Yara para de falar,  era uma mensagem no Messenger, eu pego e olho o nome era de Castiel e falo:

_ Humm... Castiel, o que será que ele quer comigo? – pergunto olhando para o celular. – Castiel era um garoto da minha escola, só o conhecia de vista, minhas amigas já falaram dele pra mim, e esses dias ele comentou LINDA na minha foto que postei no facebook.

_ Responde pra saber né anta! – diz Yara sentando do meu lado.

Depois de muita conversa, eu e Mayara resolvemos ir tomar um açaí, nos estava na praça, ela estava contando como conheceu a Kelly a sua namorada.

_Então amiga, foi assim que eu a conheci.

_Ual, que historia linda – falo soltando uma risadinha de deboche.

Uma semana depois, logo após a partida da Yara, deitei em minha cama e fiquei encarando o teto.

_Cacete, esqueci-me de responder o Castiel - entro no Messenger e respondo o coitado, ele era gente boa.

Depois de 1 mês de conversa, Castiel aquele fofo me pede em namoro por ligação, eu disse sim lógico.

No começo Castiel, era um amor, sempre me dando presentes, fazendo surpresas, eu amava tanto aquele menino, mas com passar dos meses, Castiel tem andado diferente, seis meses de namoro e eu não podia mais sair sozinha, falar com meninos, ele acabou me afastando de todas minhas amigas, aquilo não era mais uma relação saudável, ele estava possessível. Sempre que eu tentava terminar, ele dizia que iria se matar, ele estava tomando o controle, ele chegou a dizer que tinha câncer que iria morrer pra eu continuar com ele. Aquilo já estava fora do controle, depois de 1 anos e 2 meses eu finalmente pós um final na nossa historia.

Então ai começou a minha jornada, conquistar tudo aquilo que eu perdi por causa do namoro, começou com Iris minha melhor amiga.

Comecei a fazer academia com ela, e menos de duas semanas nós já estávamos como antes.

_ Má, aprendeu  a lição agora né? – diz Iris saindo uns dos aparelhos de malhação.

_Claro, nunca deixar amiga nenhuma por causa de macho, ou, melhor nunca deixar nada por macho. – falo trocando de aparelho com ela

_ Essa é minha garota, agora vamos logo, 19h30min tenho que estar em casa, vai ter um jantar em família – Iris fala fazendo uma careta, ela não curtia muito essas coisas em família.

Hoje é sábado, me levanto 10h25min, faço minha higiene matinal, coloco um body escrito “beach bum” que em português é “vagabunda de praia” (adoro esse body), com uma calça bem rasgada, vou pra cozinha, almoçar com minha família.

_ Aonde você vai assim tão feia? – diz meu irmão fazendo piadinha

_Hahaha, vou sair com a Beth – falo jogando uma batatinha na cara do meu irmão.

_ Que horas você chega? – pergunta minha mãe

_ Antes das 17h – falo me levantando e levando o meu prato até a pia. Vou ao banheiro escovar os dentes, logo em seguida sai de casa. Encontro Beth na porta mesmo porque ela é minha vizinha.

_Oii Ma – Beth diz me abraçando.

_ Oii Beth, vamos? – Beth acena a cabeça e vamos ao lago. Quando chegamos ao nosso destino, nós sentamos na grama de frente a pista de skate, ficamos observando os meninos suados sem camiseta, andando de um lado ao outro, aquilo dava uma excitação da porra, quando eu parava pra imaginar um deles nos meus aposentos, apertando minhas coxas deixando marcas enquanto nossas línguas se entrelaçavam, me penetrando com seu...

_Eiii, ta me escutando, Maaa – Beth interrompe minha imaginação.

_Fecha essa boca que você esta babando, assim eles vão perceber – diz Beth soltando uma risada contagiante me fazendo rir também.

_Desculpa, ta difícil resistir – falo rindo ainda mais.

A caminho de nossas casas, eu encontro um amigo meu Will com uma menina bem bonita, ela me chamou bastante atenção.

_ Will, que surpresa, não imaginava te encontrar hoje – falo dando um abraço nele e logo em seguida dando um sorriso simpático.

_Oii minha bruxinha - Will me chama assim há muito tempo, minha mãe me deu o nome de Maria, por causa de um desenho que tinha uma bruxinha chamada Maria, mas era uma bruxinha boa pelo menos.

Todo mundo se cumprimenta ali e eu descobri o nome daquela menina de cabelos longos e cacheados, de lábios carnudos, olhos verdes, cintura bem definida, que estava com Will, Jessica.


Notas Finais


Espero que gostem


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...