História Verdadeira Dor - Capítulo 1


Escrita por: e Mael-san

Postado
Categorias Naruto
Personagens Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Iruka Umino, Juugo, Kabuto, Kakashi Hatake, Karin, Kiba Inuzuka, Killer Bee, Konohamaru, Naruto Uzumaki, Orochimaru, Personagens Originais, Sai, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara, Shino Aburame, Shizune, TenTen Mitsashi, Tsunade Senju, Yamato
Tags Drama, Kibahina, Narusaku, Naruto, Sasukarin
Visualizações 248
Palavras 1.234
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Ecchi, Luta, Mistério, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Tudo ótimo com vocês? Bom, essa fic será, digamos, um pouco lenta, os acontecimentos narrados serão demasiadamente lentos, mas proveitoso, espero que gostem. O casal principal é NaruSaku porque amo, esse é o motivo, kkkkkkkkkk.
Bom, sem mais delongas, tenham uma boa leitura.

Capítulo 1 - Prólogo


Onde... onde eu estou? Meu corpo está dormente, minhas vistas estão fracas, meus sentidos estão se esvaindo. Será que essa é a verdadeira sensação da morte? Não consegui cumprir meu sonho de se tornar Hokage, não consegui salvar este homem de sua ambição de ódio contra o mundo, mas... ao menos eu realizei um último desejo, “O Coração da Sakura-Chan”. Não posso morrer de maneira reprimida, acredito que conquistei quase tudo, ganhei a admiração e respeito de todos da vila, aliados fiéis, amigos, uma família completa, T’teebayo. Mamãe, papai, Kakashi-Sensei, Ero-Sennin, irei me juntar a vocês.

- Naruto!

   Ouço vozes.

    Sakura-Chan está chorando, suas lágrimas penetram meu rosto, suas mãos gentis tentam me curar, mas é tarde demais. Não importa aonde eu esteja, sempre estarei contigo, Sakura-Chan.

- Baka, Baka! Você não vai morrer, Naruto! – Sakura grita em meio aos soluços e lágrimas – Você prometeu que iríamos voltar juntos para aldeia, que ficaríamos juntos, portanto, eu não vou deixar...

    Com muito esforço, levanto um dos braços, caminhando uma das minhas mãos sobre o rosto de Sakura que fica paralisada. Meu sorriso terno a acalmou.

- Sa... Sakura-Chan, não chore... Eu prometi a mim mesmo que nunca a deixaria chorar novamente...

    Sakura pegou a mão de Naruto e a abraçou, descendo até o corpo dele que se encontra cheio de ferimentos profundos. Seu peito está perfurado e um dos seus braços foi arrancado, o que forma uma ´poça de sangue no chão. Sakura aproxima-se dos lábios de Naruto e, acaba o beijando, um beijo misturado com lágrimas e sangue.

- Eu sempre vou te amar – Sakura.

- Eu sempre vou te amar – Naruto.

 

                                              || 2 meses antes ||

- Oe, Konohamaru, parece que você evoluiu muito o seu rasengan

- Eu ando treinando um pouquinho.

    Naruto se encontra na área de treinamento na vila de Konoha, já que foi chamado por Konohamaru para mostrar uma nova variação que aprendeu utilizando o rasengan. O Uzumaki está um pouco mais maduro, já que se passaram 3 anos desde a quarta guerra ninja, e alguns eventos o fizeram enfrentar Toneri, um dos últimos descendentes de Kaguya, a fim de salvar Hinata. Mesmo com as palavras da Hyuuga, Naruto a rejeitou, já que não quer amar uma pessoa de maneira forçada, querendo apenas ser amigos.

- Naruto-Nii-Chan, veja só essa nova evolução! – Konohamaru faz selos específicos em suas mãos – Sexy No Jutsu!

    Konohamaru se transforma em uma mulher extremamente peituda e com curvas bem definidas, então, Naruto também acaba se transformando, disputando quem é mais sexy. No meio de toda essa baboseira, uma mulher com uma cara de poucos amigos acaba aparecendo, dando o soco na cabeça de ambos, desfazendo o jutsu.

- Itte! Sakura-Chan – Naruto passa a mão no galo que se formou na cabeça.

- Você me chamou para ir ao Ichiraku com você, lembra? E quando eu vou encontra-lo você está aqui com essa pouca vergonha – Sakura puxa a orelha do louro, saindo da área de treinamento e deixando Konohamaru sozinho com uma cara confusa.

    Naruto e Sakura estão andando pela aldeia um no lado do outro como grandes amigos, porém, Naruto percebeu que a Haruno está mais estressada que o normal, olhando-a de lado, percebendo o olhar sério dela.

- Alguma notícia dele? – Naruto resolveu perguntar.

- Não, nem mesmo manda cartas – Falou.

- Ele sempre foi assim – Naruto apoia os braços sobre a nuca.

- Ás vezes eu me pergunto o que sinto por ele – Sakura falou bem baixinho.

    Naruto pôde perceber como o olhar dela mudou de repente de maneira instantânea. Era fato que ela sofria pelo Uchiha, mas tentava guardar para si, tentando não demonstrar, no entanto, era visível aos olhos do Uzumaki.

    Enfim, os dois chegaram até o Ichiraku, Naruto pediu ramen de carne de porco, enquanto Sakura quis de legumes. Era noite, e o tempo estava um pouco frio, mas muitas pessoas se encontravam em restaurantes que tem em toda a aldeia.

- Eu pensei que você iria recusar meu convite – Disse o Uzumaki, demasiadamente feliz.

- Hm... – Sakura virou-se para ele – Por que?

- Você sabe... – Naruto olhou para baixo.

    Ela conseguiu entender o porquê, simplesmente o ignorou diversas vezes e não poderia negar, mas agora, de repente, aceitou o convite sem pestanejar, apenas queria passar um tempo com Naruto – O que estou sentindo? –

- Naruto, me diga, e você e a Hinata, como estão? – Perguntou a Haruno enquanto comia.

- Hinata? O que tem ela? – Falou.

- Vocês dois, sabe – Sakura o olhou incrédula, como ele pode ser tão burro.

- Hinata e eu somos só amigos – Disse ele.

- Mas depois de tudo o que ela falou, lembra? – A Haruno ficou surpresa.

- Eu amo outra pessoa. Eu não poderia retribuir Hinata com o mesmo amor que ela sente por mim – Naruto falou com um pequeno sorriso.

“Essa pessoa”

- Mesmo que essa pessoa não me ame, mesmo que nunca consiga o coração dela, ainda assim irei protege-la, darei minha vida por ela – Disse Naruto de maneira firme.

    Ao ouvir essas palavras, era como se Sakura tivesse levado uma facada no peito, era muito doloroso, pôde sentir cada frase sincera de Naruto. Era óbvio que a pessoa era ela e não podia negar.

- Sakura-Chan, mudando de assunto, por acaso estava trabalhando no hospital até agora? – Perguntou Naruto que estava na sua segunda tijela.

- Sim, tinha muita coisa para se fazer, aí acabei ficando mais tempo do que devia – Respondeu dando um suspiro aliviada –  Uns garotos se machucaram. Nada comparado aos ferimentos que tive que curar em você – Ela sorriu dando uma cotovelada de leve no ombro forte de Naruto que fez um biquinho.

    Naruto a olhou, gosta muito quando a vê sorrindo, com o olhar doce. Ao terminarem de comer, os dois decidiram se despedir, mas não antes de ir em um lugar. Foram até o portão da aldeia, e sentaram-se no mesmo lugar em que Sakura ficou desmaiada quando Sasuke foi embora pela primeira vez.

- Olha só – Naruto apontou para o céu.

- São lindas – Sakura se fascinou com as estrelas brilhantes no céu da noite.

- Ei, Sakura-Chan – Naruto se virou para ela – Quando fomos resgatar Hanabi e a HInata, você me disse: “Você gostava de mim porque não queria perder para o Sasuke-Kun, né?”

- Sim... – Sakura o olhou intrigada.

- Eu realmente nunca queria perder em nada em relação a ele. Lembra que as meninas sempre ficavam apaixonadas por ele? – Naruto deu um sorriso se aninhando ao seu cachecol no pescoço.

- Sim... mas – Sakura começou olhar para baixo.

- Dentro de um monte de meninas, só existia uma que eu gostei – Naruto a olhou bem nos olhos dela – Você...

    Sakura sentiu um misto de sentimentos interligados ao seu coração, e flashbacks do passado cruzaram a sua mente. Estava confusa, verdadeiramente confusa sobre seus sentimentos.

- Naruto, eu...

    Antes que Sakura falasse alguma coisa, duas meninas apareceram, sentando na frente dela e oferecendo presentes ao Naruto.

- Naruto-Kun, namore comigo.

- Naruto-Kun, aceite meu presente.

    Sakura ficou tão irritada que se levantou e pisou fundo no chão, indo embora com uma carranca.

- Eu vou embora – Disse ela.

- Espera, Sakura-Chan – Naruto deixou as duas kunoichis para trás, seguindo a Sakura.

- Idiota – Disse ela.

- Desculpa, eu não tenho culpa – Disse com um sorriso malicioso se formando – Sakura-Chan está com ciúmes?

- Ciúmes? – Sakura suspirou – Claro que não.

 

 

 

 

Continua...


Notas Finais


E então, gostaram, deixem seus comentários, ficarei grato. Bom, até mais, pessoal.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...