História Novos começos - Capítulo 28


Escrita por: ~

Postado
Categorias Yumeiro Pâtissière
Personagens Café, Caramel, Chocolat, Henri Lucas, Ichigo Amano, Makoto Kashino, Rumi Kato, Satsuki Hanabusa, Sennosuke Andou, Vanilla
Tags Comedia, Doces, Ichigo, Kashino, Romance, Yumeiro Patissiere
Visualizações 25
Palavras 1.379
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Bishoujo, Bishounen, Comédia, Famí­lia, Ficção Adolescente, Fluffy, Harem, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Hello, leitores! Boa noite!
Mais um capítulo cheio de emoções e revelações para vocês
Espero que gostem
Aproveitem esse love love de derreter corações! <3
Tenham todos uma boa leitura
Beijos de morango com chocolate! <3

Capítulo 28 - Uma noite especial com a Família Kashino.


POV Amano Ichigo 

O jantar com a Família Kashino era apenas às 20:30, então disse para Makoto que eu iria para casa me arrumar primeiro, afinal, ainda teríamos uma hora de sobra. Combinamos que ele me buscaria desta forma, poderíamos ter um momento a sós, e assim se fez. Quando chegamos na casa da Miyabi ela nos atendeu calorosamente, e entramos em seguida. Não foi diferente com o tio dela que exclamou:

― Até que enfim vocês chegaram! Temos muito o que comemorar!

― Com certeza ― Makoto concordou com seu tio, e transmitiu um sorriso à sua irmã mais velha.

― E chegou a nossa convidada de honra! ― Ele comentou, com os olhos fincados em mim, e eu senti corar.

― Vamos, é por aqui ― O homem nos conduziu até a sala de jantar, e nós o seguimos, acompanhados pela Miyabi. Ao chegar no local, encontramos um verdadeiro banquete, e eu sentia que aquela noite seria bem mais do que especial, seria realmente marcante a eles, além de extremamente deliciosa! Os meus pensamentos milagrosamente estavam certos, e isso se confirmou quando o tio, Kashino Ryo, tomou a palavra:

― Antes de começarmos, gostaria de dizer algumas palavras.

Ficamos quietos diante daquilo, ansiosos pelo que viria a seguir.

― Por muitos anos, seus pais lhe impuseram as coisas, e aposto que eu era apenas “o tio chocolatier” de vocês. Mas vocês sempre foram persistentes, desde pequenos, e essa persistência e a força de vontade só cresceu com o passar do tempo. Eu quero que saibam que eu tenho muita consideração e os admiro muito, meus sobrinhos. As nossas experiências são únicas, e são elas que dão forma à nossa história. No entanto, a partir de agora, vocês não estarão mais sozinhos, e nem terão que carregar todo o peso para si mesmos. Eu estarei aqui para vocês, sempre que precisarem. Seremos uma família de verdade, em todos os momentos, ainda que estiver um pouco longe. E a família, é a coisa mais importante a todos nós. Por isso, estamos aqui reunidos hoje para um novo começo, repleto de alegrias.

― Um brinde!

― Um brinde! ― Repetimos a uma só voz

Todos nós ficamos emocionados com as palavras ternas e sinceras dele. Uma mensagem que realmente mexeu conosco. Inesperadamente, lágrimas escorreram pelo rosto dos irmãos Kashino, e, por mais que meu namorado negasse o fato, aquilo o havia tocado como nunca. Ele sempre disse que seu maior sonho era se tornar o melhor patissier especializado em chocolates do mundo, tendo uma loja “top de linha”, entretanto, nunca mencionou um desejo pessoal: Após presenciar seus sentimentos, eu finalmente descobri do que se tratava: O que ele e sua irmã sempre quiseram ter, era uma família de verdade, e o amor e carinho de alguém digno de se denominar parte dela. E então, eu percebi que tio Ryo havia lhes realizado esse desejo que guardavam dentro de si por muito tempo.

Depois, o tio voltou-se para a mais velha, e lhe disse, tocando em seus ombros com sutileza:

― Miyabi, querida. Vá fazer o que desejar. Se realmente quer ser uma médica, tudo bem. Só quero que seja feliz.

― Pode deixar ― Ela sorriu ― Eu já sei o eu quero

― E o que seria?

― Eu quero ser pediatra ― Revela, sorrindo timidamente

― Calma aí, Nee-san! ― Makoto fez um gesto com a mão ― Será que é o que eu realmente estou pensando? Você quer ser pediatra porque gosta de crianças? Quer dizer... Quer uma para você?

― Acertou ― Ela disse contente, olhando para o irmão ― Eu quero construir uma família!

― Nossa! Seria demais se a gente tivesse um sobrinho, Makoto! ― Exclamei, sem pensar, por conta da empolgação.

― A gente nem se casou ainda, pra chamar o futuro filho dela de sobrinho! ― Kashino Makoto protestou

― Ah, é, né! Foi mal ― Me desculpei, sem graça, roxa de vergonha

― Calma aí! Casamento? Vocês ainda são muito novos! ― o tio comentou

― Por que a gente não começa a comer, hein?! ― Miyabi propôs, após pigarrear de leve

Todos concordamos. A comida estava maravilhosa: tinha Bangers and Mash, composto basicamente por purê de batatas e salsichas, tal como pratos à base de peixe, pelos quais a Inglaterra é bastante conhecida. Também experimentei Bubble e Squeak um prato composto por diversos vegetais, como ervilhas, couves e cenouras, e para dar um gostinho a mais, um pouco de batata. Saboreei cada pedaço com muito gosto. Tudo aquilo realmente era muito agradável ao meu paladar.

Em determinado momento da noite, o tio Kashino Ryo nos fala:

― Eu tenho uma notícia para vocês

― Qual é? ― Os irmãos perguntaram

― É uma notícia boa? ― Indaguei

― Isso depende de como vocês interpretarem ― Avisou-nos, de antemão

― Então nos diga logo o que é ― Meu namorado exigiu

― Seu pai foi descoberto

― Como assim? ― Nós arregalamos os olhos, espantados

― Quando eu fui resolver os problemas relativos à herança, tive que dar os motivos, mas logicamente que a notícia se alastrou rapidamente, já que as pessoas adoram fofocar sobre a vida alheia dos outros. Agora a imprensa vai querer investigar o “caso”. Não dou uma semana para os jornalistas correrem atrás de uma oportunidade para fazerem uma matéria sobre seu pai, e a situação à qual ele colocou seus filhos. Por isso, não sei se é uma notícia tão boa assim. Envolve vocês também, na história toda.

Para quem estava esperando uma reação negativa, a recepção foi bem satisfatória

― Quer saber tio? Eu acho isso uma notícia ótima! No fim ele teve o que mereceu

― Meu irmão está certo ― A Miyabi concordou ― E eu pouco me importo com as fofocas alheias.

― Vocês estão bem seguros. Estou impressionado

― E por que pensou que estaríamos chateados? ― Makoto perguntou

― Porque são assuntos de família, gente ― Ele respondeu, sutilmente

― A nossa família é você ― Kashino Makoto assegurou a ele, deixando-se levar pelo momento. Eram esses momentos que eu mais gostava de presenciar, porque ele tem a capacidade de expressar o que sente, diferente de 90% do tempo em que ele é correto e racional até demais. Eu amo o fato de que, a cada dia, descubro mais sobre meu namorado.

― Certo, Nee-san? ― Ele interrogou a irmã, com uma piscadela.

― Certo ― Ela disse, com convicção e serenidade em sua voz, deixando seu tio emocionado com a confirmação. Em seguida, eles deram um abraço em família, e instantes depois eu me juntei à Família Kashino, a pedido deles mesmos.

Essa foi uma das melhores noites que tivemos. Como forma de agradecimento, fizemos um mousse de morango com chocolate, e esperávamos que o ilustre chocolatier da Família Kashino apreciasse a sobremesa. Para a nossa felicidade, passamos no teste! Ele aprovou e ainda nos elogiou pelo trabalho

― Obrigado vocês dois. Esse foi um dos doces mais gostosos que já experimentei

Nossos olhos se iluminaram de alegria

― Esse chocolate está muito bem temperado, meu garoto!

― Que bom, tio! Fiz o meu melhor ― Makoto estava realmente contente com o feedback que havia recebido.

― E tenho certeza que esse sabor de morango e esse sentimento todo de carinho vem dessa mocinha, certo? ― Ele falou, apontando em minha direção

― Com certeza! Tenho muita sorte de tê-la como minha companheira. Ela tem o amor e a luz que me falta, e coloca tudo o que sente naquilo que faz.

A declaração dele me deixou sem reação, porém de outro lado, Kashino me fez sentir realizada, lisonjeada, grata e importante, preenchendo meu coração.

― Ei, não tem problema nenhum se formos praticar com você, não é, tio Ryo?

― Claro que não, Makoto. Mas por que? Eu conheço essa sua cara!

― Na verdade, combinamos com uns amigos de praticarmos mais ainda nossas habilidades com chocolate ― Ele explicou

― Ainda mais agora que temos uma competição pela frente ― Emendei

― Podem ir sim! E para mim, vocês já são vencedores ― Kashino Ryo pronunciou carinhosamente, nos deixando felizes e bem mais confiantes do que já estávamos para vencer aquele pequeno desafio que tínhamos a cumprir.


Notas Finais


Espero que tenham gostado deste capítulo delicioso
Deixem suas impressões nos comentários!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...