1. Spirit Fanfics >
  2. Novos Guardas! (Interativa) >
  3. Animais (TEASER)

História Novos Guardas! (Interativa) - Capítulo 2


Escrita por:


Capítulo 2 - Animais (TEASER)


  

Havia sangue para todo o lado, ela odiava aquilo. Sentia seu “estômago” revirar com toda aquela cena, o odor forte de carne podre a fazia querer lacrimejar, mas ela não tinha lágrimas para isso. A vítima da vez? Um garoto de 24 a 26 anos, seu cabelo era laranja neon e seus olhos eram negros, tinha um piercing na sobrancelha esquerda e se vestia totalmente de preto. O pobre garoto não durou uma semana.

 

Foi um descuido, ocasionado pela falta de atenção por culpa de alguma mensagem qualquer no celular daquele garoto, uma namorada, um amigo, ou até mesmo um parente qualquer. Não importava mais agora. Pobre alma, nem percebeu quando a raposa se aproximou, foi um golpe único. 

 

Ela sempre teve medo de como aquele gancho era afiado.

 

A sala do segurança ficou pintada em um carmesim vivo e o pobre rapaz nem teve tempo de raciocinar o que estava acontecendo. Agora, eles precisavam se livrar do corpo, mas, quem faria aquilo? Claro, haviam diversos voluntários, mas, quem é que fosse fazer aquilo, tinha que ser extremamente meticuloso. Corpos hoje em dia são muito difíceis de se esconder, ainda mais com toda a tecnologia existente por aí. 

 

Foxy era muito destrambelhado e barulhento para isso, ia provavelmente jogar o corpo em um canto qualquer e deixaria ali para apodrecer. Bonnie e Chica, bem, eles sempre gostaram de jogar, mas odiavam limpar a bagunça depois. Os Shadow’s simplesmente não davam a mínima, apenas observavam tudo aquilo acontecer, como um show de horrores, que para ambos, era muito divertido. Os Toy’s eram frescos, e alguns até mesmo inocentes, demais para fazer aquele trabalho e os Nightmare’s nem sequer apareciam para jogar, vivam trancados naquela maldita caixa o dia inteiro. 

 

O trabalho sobrava para uma pessoa. 

 

Bem, se é que podiam se autoproclamar “pessoas”. 

 

O castanho assobiava alguma das músicas que fora obrigado a repetir todos esses anos, seus olhos azuis e frios encarava o corpo em cima da mesa de metal com uma falta de sentimento assustadora, suas mãos cobertas de sangue manejaram pedaços avulsos do corpo para dentro de enormes sacos pretos. Freddy realmente merecia o apelido de “Açougueiro”. Parada no canto da sala, a mulher observava todo aquele processo, precisava ter certeza que tudo desse certo, apesar de odiar o que estava sendo feito ali.

 

- Não entendo, você parou de jogar conosco do nada. - Ele se pronunciou e Puppet quis estrangulá-lo.

 

- Isso não é um jogo, é uma matança, quase um genocídio! 

 

- Ah, não, não… - Seu tom de voz era calmo e leve, como se estivessem tendo uma discussão casual depois de uma refeição. Claro, uma refeição bem sangrenta com uma cabeça ruiva os encarando. - O que nós fazemos aqui é apenas uma diversão casual…~

 

- Foram cinco guardas só esse mês, como podem ficar tão calmos diante disto? São pessoas, pelo amor de Deus!

 

- Ai, ai, ai Puppet! - Ele se virou para ela com uma expressão de pura decepção. - Você era mais divertida quando jogava conosco!

 

- Eu não “jogava” com vocês, - Com uma cara de pura irritação, a morena se aproximou do outro, estava irritada demais com aquilo, exausta demais. Para onde haviam parar aquelas crianças que ela havia salvado anos atrás? - Tínhamos um único objetivo que era pegar o Afton! Coisa que já fizemos a um bom tempo!

 

- Ugh. - Ele revirou os olhos e cruzou as mãos na frente do peito, ele parecia irritado demais. Parecia se controlar para não acabar de vez com aquilo, mas ele não podia, sabia disso, se ela se fosse, todos eles iam também. - Afton, Afton e Afton, quantas vezes mais você vai falar daquele cara, pensei que com a morte dele você já tivesse superado tudo aquilo, não que iria ficar remoendo isso para sempre.

 

- Não estou “remoendo” nada Fazbear! - Não tinha mais paciência para aquilo, estava cansada de sempre que uma certa quantidade de guardas fossem mortos, eles tinham que se mudar de cidade, mudar de filial. Era exaustivo passar dias, ou até mesmo uma semana inteira, dentro daquelas caixas de madeira enorme, se sentia um animal enjaulado. - Estou pontuando, que antes tínhamos um motivo justo para matar aquelas pessoas, mas agora, vocês fazem isso por diversão, estão agindo como animais!

 

- Ora, mas não é isto de somos? Freddy Fazbear, Bonnie the Bunny, Chica the Chicken… No final da história, nós somos todos animais mesmo. - Ele deu os ombros antes de pegar os sacos e sair dali, deixando a morena querendo arrancar a cabeça dele fora com os dentes. 

Ela precisava se controlar, pois sabia que depois deste guarda viriam mais, mas desta vez, ela faria de tudo para impedir um banho de sangue.

 

Nem que precisasse acabar consigo mesma no processo.


Notas Finais


OIOI!

Aqui está o primeiro teaser, eu pretendia lançar ele fim de semana, mas aconteceu uns probleminhas e meio que todo ficou atrasado.

Espero que gostem !


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...