1. Spirit Fanfics >
  2. Novos tempos >
  3. Eu vi no bloco

História Novos tempos - Capítulo 24


Escrita por:


Notas do Autor


Espero que gostem <3

Capítulo 24 - Eu vi no bloco


Já estávamos todos no bloco de novo, dessa vez nossas fantasias não combinavam, eu estava de cupido e posso dizer q estava linda.

Como no dia anterior dançávamos, bebíamos, pulávamos, beijávamos e tudo que o carnaval permite, uma hora resolvemos ficar mais no canto do bloco para podermos f1. Estávamos lá fumando, curtindo a brisa até que eu avisto uma silhueta conhecida, forcei a visão e quando vi quem era gelei, paralisei, não sabia o que fazer, era o menino da Red Party e eu não queria que ele me visse, não queria conversar com ele, não queria ele perto de mim.

Senti duas mãos geladas repousarem nos meus ombros, na hora olhei para trás e encontrei o moreno me encarando.

-Aconteceu alguma coisa? *ele falou sem desviar o olhar de mim*

-Não *tentei mentir*

-Você mente muito mal *ele fez uma careta* fala logo.

-Não é nada juro *virei de costas de novo* vou comprar uma bebida *eu precisava de álcool*

-Vamos *ele disse atrás de mim*

-Não, eu quero ir sozinha *precisava respirar*

Fui até um vendedor ambulante perto de onde estávamos, pedi uma 150 bpm e um corote de limão, paguei e quando me virei dei de cara com o menino da Red Party. Merda, na hora gelei e provavelmente estava ficando vermelha.

-Oi, quanto tempo *ele disse sorrindo* Sakura né?

-Si...sim *até gaguejei* sim, Sakura.

-Nossa se eu soubesse que você vinha nesse bloco tinha te procurado *ele começou a se aproximar*

-É, verdade *eu tinha um sorriso sem graça*

-E se a gente terminasse o que começamos aquela noite? *ele agarrou minha cintura*

-Ach...acho que não dá *gaguejei de novo* meus amigos estão me esperando *falei olhando pra onde eles estavam*

-E eu acho que eles não vão ligar *ele me puxou*

-Não, eu acho melhor não.

-Vamos lá, eu sei que você quer *ele começou a se aproximar da minha boca*

Eu apenas fechei meus olhos esperando aquele beijo forçado acontecer e ele não veio.

-VOCÊ NÃO TA OUVINDO QUE ELA NÃO QUER *abri os olhos e vi Sasuke empurrando o menino*

-Calma irmão *ele disse se afastando*

-IRMÃO O CARALHO, DEIXA ELA EM PAZ *Sasuke ia pra cima dele*

O menino ficou claramente bravo e foi pra cima de Sasuke dando um soco em seu olho, o moreno deu uma leve recuada e logo deu um soco no nariz do menino, quando vi ele caindo no chão com o nariz sangrando comecei a chorar. Logo os amigos do menino vieram e Sasuke me puxou pra longe de lá.

Eu não parava de chorar, então Sasuke foi para uma área com food truck igual no dia anterior, ele me sentou em uma cadeira e comprou uma garrafa de água.

-Saky você está bem? *ele disse me entregando a garrafa*

-Sasuke seu olho *o olho dele já estava começando a ficar roxo*

-Não é nada, você esta bem? *ele insistiu* bebe um pouco de água.

-Não *disse empurrando a garrafa* coloca ela no seu olho *eu fiquei realmente assustada com tudo aquilo* cadê o pessoal?

-Ninguém viu *ele disse se sentando na cadeira ao meu lado*

-Então como você me viu *perguntei*

-Eu vi o cara indo pra cima de você e na hora percebi que era o cara da foto de ontem *ele disse me olhando*

Na hora que ouvi aquilo voltei a chorar, se ele não tivesse reconhecido o menino poderia ter acontecido algo ruim de novo.

-Obrigada *falei com os olhos cheios de lagrimas e com a voz tremula*

-Agora você vai me contar o que ele fez? *ele disse secando minhas lagrimas com seu dedo*

-Eu quero ir embora.

-Eu vou com você *ele se levantou* vamos avisar o pessoal antes, para eles não ficarem preocupados.

-Não quero que me vejam assim *falei olhando pra ele*

-Vamos avisar pelo menos o Naruto.

Concordei com a cabeça, então voltamos para a roda, no caminho não vi mais o menino e os amigos dele. Sasuke foi atrás de Naruto e eu estava atrás dele com minha cara enfiada em suas costas tentando me esconder.

Sasuke contou o que havia acontecido e Naruto ficou preocupado, o moreno confortou ele falando que me levaria pra casa, antes de irmos Naruto veio até mim e me abraçou.

-Eu estou aqui caso precise *ele disse baixinho* qualquer coisa me liga.

Apenas olhei para ele e concordei.

[...]

Chegamos em casa e eu ainda me agarrava em Sasuke, eu me sentia protegida desse jeito.

-Vai tomar um banho quentinho *ele disse fechando a porta de casa*

Concordei com a cabeça de novo e subi.

Terminei meu banho, vesti uma roupa confortável e me enrolei em uma mantinha, desci as escadas e encontrei Sasule no sofá da sala com pipoca, suco de morango e brigadeiro, na hora abri um sorriso fraco, infelizmente ainda estava abalada.

-Vem aqui *ele disse batendo ao seu lado* quer assistir o que?

-Pode ser um desenho.

Sasuke colocou Coraline pra gente assistir e assim passamos a tarde, comendo e assistindo desenho.

-A gente pode conversar? *Sasuke disse quando o filme acabou*

-Sobre o que?

-Primeiro me conta do cara *ele virou pra mim sério*

Contei tudo para ele e vi sua feição mudar rapidamente para raiva.

-Se eu vir ele de novo ele ta morto *ele disse travando os dentes*

-Não Sasuke, você não vai fazer nada.

-Vou sim, você vai me impedir?

-Sasuke depois de tudo você vai continuar sendo assim comigo? *falei brava me levantando do sofá*

-Sakura eu não quero que ele faça algo com você *ele também se levantou*

-E pra isso você não precisa acabar com ele *cruzei os braços*

-Eu acho que preciso sim *ele estava ficando bravo também*

-SASUKE EU TE ODIO *gritei*

-E EU TO GOSTANDO DE VOCÊ GAROTA *ele gritou também*

Na hora que ouvi aquilo paralisei, não é possível que estou ouvindo isso, ele percebeu e me envolveu em um abraço.

-Eu não quero que ninguém te faça mal, mas eu também não quero te fazer mal *ele disse ainda me abraçando*

-Me fazer mal? *me afastei dele* o que você mais me faz é mal, você acha que eu fico bem com o jeito que você me trata?

-Desculpa *ele disse baixinhos*

-Desculpa? De novo Sasuke? *falei indignada* eu não aguento mais isso *falei indo para a escada*

Passei o resto do dia no meu quarto, preciso pensar, esta tudo um tsunami, tudo acontecendo ao mesmo tempo e eu vou me afogar.

[...]

Do nada comecei a ouvir um monte de gente conversando e conclui que o pessoal havia chegado, após alguns minutos ouvi Sasuke e Naruto conversando do outro lado da minha porta.

-Ela está no quarto? *ouvi a voz do loiro*

-Sim *ouvi Sasuke responder*

-Por que ela está lá?

-Eu estraguei tudo como sempre *logo ouvi seus pés batendo e descendo as escadas*

-Sakura? *Naruto falou do outro lado da porta*

Levantei e abri a porta devagar.

-Você ta bem? *o loiro disse entrando*

-Melhor *me sentei na cama*

Contei de novo o que havia acontecido no bloco para Naruto, contei da festa e depois contei o que havia acontecido aqui em casa.

-Ué, ele estar gostando de você não é bom? *ele me questionou*

-Não sei *fiz bico*

-Como não sabe, vocês se gostam, isso é perfeito.

-Mas ele me trata igual lixo.

-Sakura, não esquece que ele já passou muita coisa, imagina como a cabeça dele ta bagunçada.

-Então, ele pode estão achando que gosta de mim e na verdade não gosta *falei me levantando*

-Para de colocar pedra no caminho senhorita Sakura Haruno.

-Vou tentar.

-Hoje você pode dormir com a Hinata no meu quarto e eu durmo com ele na barraca.

-Obrigada *falei abraçando ele*

-Mas pensa, usa essa noite para pensar *ele me abraçou de volta*


Notas Finais


Gostaram?
Sintam-se a vontade para comentar.
Bjs <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...