História Now I'm Popular? - Capítulo 7


Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Got7, Red Velvet, TWICE
Personagens Jungkook, Tzuyu
Tags Bts, College, Escola, Escolar, Fluffy, Hirai Momo, Jeon, Jeon Jungkook, Jeonkook, Jungkook, Juntzu, Kpop, Popular, Red Velvet, Romance, Strawtears, Twice, Tzukook, Tzuyu
Visualizações 127
Palavras 3.090
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Crossover, Ecchi, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Fluffy, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


DOIS CAPITULOS DE NIP NA SEMANA PQ EU TO LOUCAAAAAAAAAAAAAAA

AGRADEÇO PELOS COMENTS DO ULTIMO CAP,VCS SÃO DMAIS,E METADE DE VOCÊS JÁ SACARAM QUAL É A DO MENINO KOOK DFGDSYFGSDGF

Explicação rapidinha : Tzuyu gosta e não gostado Kook. Na verdade ela gosta mas não admite pra si mesma -bem eu-

Qualquer duvida deixem nos comentarios que eu respondo fdsgdsgds;

E boa leitura,leiam as notas finais.

Perdoem os erros pq eu ainda não revisei o cap.


CURTIRAM A NOVA CAPA? EU AMEI AAAAAAAAAAAA


Aviso: O que está em itálico são as palavras informais -nem todas- e as mensagens de celular.

(NÃOREVISADO)

Capítulo 7 - Loucamente Bêbada


 

E minha festa acaba de ir pro ralo,enquanto eu ainda estou na fase de comer,as meninas sumiram para se pegar com alguém. Vi a Joy subir para o quarto com Suho,Irene dando uns pegas no JB,Wendy está ao meu lado no sofá beijando Taehyung,Yeri está beijando Jin,e Seulgi tá lá no  jardim beijando outra garota. Maravilha!

 

Dou uma mordida no meu salgado e sinto tudo balançar. É,esse é o efeito daquela bebida rosa gostosa que eu não sei o nome,só sei que bebi e estou começando a me sentir bebada. Metade das pessoas dessa festa vieram falar comigo,alguns meninos pediram pra ficar comigo,mas eu só sei beijar Jungkook.

Cadê aquele coelho?

Estou louca para ver ele e dar uns beijos naquela boca macia e…

Eu definitivamente estou bêbada depois de um copo de bebida alcoólica,acho que sou fraca para essas coisas.

-Wendy eu vou dar um rolê. —me levanto do sofá dando um último pedaço no salgado e falo de boca cheia meio grogue e tonta pela bebida. Ta tudo girando

Wendy ainda beijava o cara e nem deu atenção. Dei de ombros disposta a encontrar o coelho pervertido.

-Oi,ô menina você viu o Jungkook? —perguntei para uma menina que estava próxima a escada conversando com algumas pessoas.

-Tzuyu? O que você quer com o Jungkook? —a garota pergunta e só ai reparei que era a vaca da Momo.

-Eu preciso dar uns beijos nele. — Digo toda mole pela bebida. Cèus,só muito bêbada mesmo para eu admitir em voz alta que quero beijar ele.

-Você beijar o Jungkook? Mas ele está ficando comigo! Você tá louca? Eu acho que-

De Repente tudo começa a ficar turvo,não ouço mais uma palavra do que a vaca da Momo diz e apenas saí andando toda mole pela casa sem rumo.

Paro de andar quando percebo que cheguei no que parecia ser o banheiro do segundo andar. Deito a cabeça na tampa da privada na esperança de minha cabeça parar de girar e fico meditando um pouco na vida.

Minha mãe vai me matar,eu to bêbada pra caralho.

-Tzuyu? — Jungkook aparece do nada na porta do banheiro ele olha assustado,sorri de lado e fecha a porta e se senta do meu lado. -Bebeu muito,não é?

-Eu bebi um negócio rosa muito docinho e gostoso — Digo toda mole e começo a admirar a visão de Jungkook na minha frente.

Novamente aquele fogo acende dentro de mim e eu sinto vontade de beijar a boca dele.

Puxo Jungkook pelo ombro e colo meus lábios no seu,Jungkook reage de imediato e leva suas mãos na minha nuca e a outra na cintura. Sinto sua língua entrar na minha e enfio a minha na boca dele,e assim continuamos com um beijo desajeitado por eu estar extremamente bêbada.

Estou beijando Jungkook de novo,e isso é gostoso demais.

-Você foi meu primeiro beijo. — Corto o beijo para falar. Jungkook arregala os olhos e sorri abertamente,continuou não dando atenção por estar extremamente fora de mim.

-Sério? — Ele pergunta com a voz grossa que me faz estremecer.

-Uhum — Fecho os olhos e escondo o rosto no ombro dele. -Eu não gostava de você  até uns dias atrás. — admito com a voz mole. -Mas você é tão bonito e idiota que acho que estou começando a gostar de você.

-Está gostando de mim? — Ouço a voz dele dizer em um tom zombeteiro.

-Sim,bahijsbhak. — Digo coisas desconexas.

-Isso é bom,muito bom. — ele ri baixinho. -Eu tenho dó de você Tzuyu.

-E eu to bêbada e minha mãe vai me matar. — Ignoro o que ele falou. -Jungkook,eu to muito bêbada — começo a rir enquanto sinto o cheiro da roupa dele.

-Você não vai se lembrar de nada disso amanhã. — ele ri alto  -Agora vamos te deixar com as meninas,preciso encontrar a Momo. — Jungkook me levanta e eu levanto meio mole.

-Momo? Eu não gosto dessa menina. — digo totalmente bêbada e de repente tudo fica um borrão.  

                       (...)

Acordo sentindo minha cabeça girar,seus,quanto tempo eu dormi. Sentei na cama e a dor piora,abro os olhos e admirando o quarto e…

Eu não  estou no meu quarto.

Que praga de quarto é esse?

Me levantei rapidamente e percebi que ainda estava com a roupa da festa-

A FESTA!!

Deus! Como eu vim parar aqui? Só lembro de estar na festa,beber,beijar o jungkook e acordar aqui.

Minha mãe deve estar preocupada.

To fudida.

Me levanto sentindo a tortura tomar conta de mim e comecei a andar pelo quarto desconhecido. Nem luz tem nessa droga,devo ter sido sequestrada pelo coelho satânico.

— Tzuyu? -me viro para a porta e vejo Joy ali. Suspiro aliviada por estar no quarto dela e não de um pedófilo — Te trouxe pra cá,avisei sua mãe que você ia dormir aqui,não podia te deixar ir pra casa toda bêbada. -ela ri baixo e entra no quarto.

— O que aconteceu? -digo confusa e me sento na cama assim que Joy acende a luz. Consigo ver ela toda plena e de banho tomado — Não  lembro de quase nada.

—Quando chegamos na festa começamos a iniciar os quatro passos para uma festa top. Bebemos um pouco,dançamos,comemos e daí eu me separei de vocês porque fui pro quarto com o Suho e nos transamos loucamente e…-ela coça a garganta — Enfim,quando sai do quarto Jungkook estava com você no colo dizendo que você estava loucamente bebada.
 

— Jungkook? -perguntei confusa não  me lembrando — Eu estava com ele?

 

— Provavelmente sim,e não duvido nada que vocês tenham se beijado -ela riu safada. — Enfim,Suga nos trouxe de carro até meu prédio e aqui estamos nós. Minha mãe está internada porque fez uma plástica doida esses dias e ta no hospital,então temos a casa só pra nós. Noite das garotas!!!

— Ah,eu estou exausta e sinto que vou morrer,e ainda temos aula amanhã! -choramingo me jogando na cama lembrando que vou ter que ir toda destruída para a escola.

— Uh,tem alguém batendo na porta,vou atender e já volto. Pode tomar um banho e vestir minhas roupas para dormir - Assenti e Joy vazou para fora do quarto.

Levantei da cama e abri o guarda roupa da Joy me deparando com milhares de roupas. Peguei uma camisa larga e uma calça moletom que foram as únicas coisas não vulgares que achei e entrei no banheiro de seu quarto. Entro no banheiro que é sete vezes maior que o meu e tranco a porta,assim que me olho no espelho me deparo com meu estado trágico. Minha maquiagem está TOTALMENTE estragada,meu cabelo está bagunçado e eu acho que vomitei na minha camisa. Tiro toda a minha roupa e jogo na cesta cor de rosa do banheiro de Tzuyu mesmo,provavelmente vou jogar essas roupas fedidas fora. Tiro toda a minha roupa e começo a tomar um banho quente pois ninguém merece banho frio.

Termino o banho me sentindo um pouco melhor,uso alguns cremes de Joy e visto sua roupa que ficou totalmente larga em mim. Meio óbvio já que Joy é alta e eu baixa. Termino de me trocar e saí do banheiro secando o cabelo com a toalha e-

— Oi Tzuyu,está melhor?

Levo um susto quando me deparo com Jeon Jungkook sentado na cama da Joy me fitando. Ele estava todo pleno e ainda com a roupa da festa e com os cabelos bagunçados…

Não posso deixar de notar o chupão enorme no seu pescoço.

eu fiz isso? Céus.

— O que faz aqui? -perguntei de cenho franzido. Como diabos esse menino brotou aqui?

— Moro no andar de baixo -ele sorriu ladino — E então,está melhor? Você estava bêbada demais na festa.

Sinto minhas bochechas esquentarem.

— estou melhor,apenas com muita dor de cabeça. -me sentei na cama ao seu lado — O que eu fiz enquanto estava bêbada?

—Ressaca o nome disso -ele ri — Você apenas me beijou e ficou falando besteiras.

Arregalo os olhos.

 

—Eu te beijei? -pergunto assustada. A tzuyu bebada deve ser corajosa — Onde? Como? Quando?

Uhum -ele assentiu — No banheiro,de língua e no meio da festa. Daí depois você desmaiou e eu te entreguei para suas amigas.

Porque me sinto decepcionada por ele não ter cuidado de mim? Quer dizer,essa não é a função dele,mas achei que ele gostasse de mim.

— Ah…-digo pensativa — Eu fiz isso ai?

Apontei para o pescoço de Jungkook onde estava estampado um chupão.

 

— Ah…-ele coçou a nuca — Sim..

Eu bêbada devo ser uma baita pervertida

— Vai na escola amanhã? -pergunta me olhando enquanto eu encaro meus dedos. —São 1:30,acabei de sair da festa,mas acho que vou.

— Estou exausta,acho que vou faltar -choramingo já pensando na bronca da minha mãe e nas matérias perdidas.

— Quer se encontrar comigo amanhã? -ele pergunta sorrindo com seus dentes de coelho satânico.

Porra,eu não gosto de Jungkook,só acho ele bonito e gosto dos beijos dele e vou acompanhar ele no baile,isso tudo já é demais. Ele gosta de mim,não quero dar esperanças dizendo que vou sair com ele.

—Olha Jungkook,eu..-

 

Ele me corta.

—Por favor!!!! Meus pais não vão estar em casa,eu queria assistir um filme com você ou jogar alguma jogos -implora juntando as mãos e fazendo bico. Desse jeito fica impossível negar algo para ele.

—Está bem,eu vou -me dou por vencida.

Yah! Te mando mensagem e você desce lá em casa,okay? -assenti — Agora eu preciso ir porque estou morto de cansaço.Tchau Tzy

Ele me rouba um selinho e sai sem falar mais nada.

Esse garoto quer me matar.


 

                                                             (...)

Estou eu toda plena no apartamento de Joy enquanto a mesma estava na escola. Me sinto uma folgada intrusa na casa dela,alguém pode chegar a qualquer momento,inclusive sua mãe cheia de plásticas, mas Joy insistiu para que eu ficasse aqui. Na verdade ela insistiu muito para que eu ficasse aqui. Joy é sempre insistente em momentos aleatórios.

 

Joy é estranha,mas uma boa amiga.

 

Desde que acordei estou com a cabeça explodindo e assistindo filmes adolescentes na televisão. E por falar nisso,muitas líderes de torcida passam no filme. Joy me disse que a diretora está reclamando pela falta de verba e líderes de torcida no grupo,então ela está implorando para eu participar do grupo e ajudar a arrecadar dinheiro. E é claro que Joy me convenceu,aliás,semana que vem vou fazer a inscrição para entrar no time.

 

E em arrecadar dinheiro. Deveriamos vender limonada, cupcake, lavar carros ou sei lá,sou péssima com ideias.

 

Fico fitando o filme adolescente e do nada meu celular apita. Fico ansiosa com a ideia de ser uma mensagem do Jungkook e-

 

É o Jungkook!

 

Coelho satânico - Ta na casa da Joy né? Vem aki em casa assistir uns filmes comigo.

 

-Oe,to sim ;P

-Onde vc mora? Fala que eu desço ai!

 

Coelho satânico - No quinto andar,apartamento número 56,cola ae

 

-Okay,estou indo.


 

Dái vocês me perguntam como eu posso estar tão natural em ir na casa de Jeon Jungkook assistir um filme com ele. Simples, resolvi tentar ser menos tímida,afinal, a única coisa que pode acontecer é nós nos beijarmos né? E eu não vejo mal nisso.

 

Desligo a televisão e mecho no guarda roupa da Joy. Não posso ir até Jeon vestida desse jeito. Pego um shorts simples que provavelmente vai ficar largo em mim e uma camisa preta normal,calço os chinelos de Joy que são maiores que meu pé e saio do apartamento rumo ao elevador e o apartamento de Jungkook.

 

Nossa,eu estou indo para o apartamento de Jeon Jungkook,nunca imaginei que estaria próxima dele. Quer dizer,não somos amigos,só conhecidos e nos beijamos umas duas vezes,mas mesmo assim estamos mais próximos do que eu nunca  imaginei.

 

E pensar que semanas atrás eu odiava esse coelho estranho e hoje eu só quero beijar a boquinha gostosa dele.

 

— Oi Tzuyu! - Jeon babaca e bonito Jungkook aparece na porta vestido em uma calça moletom e uma camisa de manga comprida. — Pode entrar!

 

— Licença -digo tímidamente enquanto entro no apartamento dele. Não posso deixar de observar em como sua casa é bonita e bem arrumada,os móveis parecem ser caros, mas não é para menos,já que Joy falou que Kook trabalha em três empregos.

 

— Eu já fiz a pipoca e trouxe as cobertas para o sofá - ele aponta para o sofá cheio de cobertas e sorri. — Pode se sentar enquanto eu procuro um filme.

 

Okay -digo baixinho e me sento no sofá.

 

Estranho. É muito estranho ficar sozinha em um cômodo com Jungkook,e ficar sozinha com ele me deixa estranha,ansiosa e nervosa. Mas porque diabos eu sinto isso? Não é como se eu fosse apaixonada por ele.

 

Isso jamais.


 

— Então…-cocei a garganta tentando puxar assunto — Seus pais estão trabalhando? -pergunto para puxar assunto e por curiosidade.

 

— Eles sempre estão trabalhando -ele bufa e diz com a voz grossa. Por um momento me assusto com esse jeito dele,sou acostumada com o Jungkook malicioso,atrevido e piadista,não ao Jungkook sombrio.

 

—Ah..e..com que eles trabalham? -perguntei curiosa enquanto me cobria com aquelas cobertas quentes e macias. Jungkook coloca o filme e se senta ao meu lado.

 

—Coisas - Ele se ajeita ao meu lado e o filme começa. —Não é muito relevante

 

—Entendo…-falei fitando a televisão e ignorando Jungkook bem pertinho de mim. — Hey,você trabalha hoje?


 

— Trabalho? -ele franze o cenho e me encara confuso  — Eu nem trabalho!

 

— Não? Ué! Joy falou que você tem três empregos! -digo confusa. Jungkook arregala os olhos e suas bochechas coram.

 

— Ela deve ter se confundido…-sorri sem graça. — Quer dizer,eu até trabalho,mas é só aos sábados na empresa do meu pai.

 

—Seu pai não tinha morrido? -perguntei não dando atenção para o filme. —Quer dizer,sinto muito por seu pai.

 

—Meu pai morreu quando eu era mais novo. -diz olhando para a televisão e por um momento eu percebo sua expressão triste. — Mas tem meu padrasto,e por mais que ele seja cuzão eu considero ele um pai.

 

Que? Ele considera o padrasto que abusou dele como um pai? Arregalo os olhos e tento não tocar mais no assunto,deve ser difícil para ele conviver com o padrasto abusador,ainda acho que ele tem que denunciar esse safado.

 

Me ajeito no sofá de uma forma que me deixe confortavel,e acabo me deitando no ombro de Jungkook,que parece prestar a total atenção no filme. Timidamente me ajeito nele e tento focar no filme.

 

...



 

….


 

Não dá pra focar no filme.

 

Qualé,eu to com a cabeça apoiada em Jungkook! Não tem como prestar atenção!

 

— Jeon? - ele responde com um “hum?” — Porque você queria me conhecer melhor? - indaguei confusa. Ainda estou confusa com essa história de ele gostar de mim e querer me conhecer,nada disso entra na minha cabeça!

 

— Ah -ele me olha e sorri nervoso. — Eu meio que gosto de você…

 

Sinto um nó na garganta.

 

—Porque? -perguntei mais confusa ainda.

 

— Não sei explicar,só gosto de você -ele sorri sem mostrar os dentes — Agora presta atenção no filme.

 

Concordei ainda pensativa e voltei a ‘’atenção’’ no filme.

 

                           (...)

 

Mentalmente eu diz “Depois do filme eu vou para casa”,não podia ficar mais aqui,algo em mim diz para eu me afastar da furada que é Jungkook,mas eu realmente não consigo,principalmente quando o filme acabou e ele perguntou se eu queria jogar com ele.

 

Agora estamos aqui jogando vídeo game enquanto rimos igual loucos.

 

—Yah Tzuyu,me ajuda! -ele berra jogando. Faço meu personagem salvar o dele e Jungkook respira em alívio. — Ah,valeu

 

—Você morre muito rápido! -falo rindo das suas mortes seguidas enquanto foco em matar os adversários.

 

—Você não morre porque é camper! -Me mostra a língua e logo em seguida ri. O sorriso do Jungkook é lindo…

 

Que merda eu estou falando?

 

Continuamos jogando enquanto riamos feito dois idiotas. Pela primeira vez estou sentindo como é ter um amigo garoto,é bem legal.

 

Pera.

 

Eu e Jungkook somos amigos? Tudo indica que agora somos.

 

—Aish,o time adversário ganhou - Choramingo.

 

—Mas nós fomos ótimos -ele dá de ombros e eu concordo. Fica um silêncio entre nós. —Já vai para casa?

 

—Tenho que ir,minha mãe é muito preocupada,sabe como é né? - Dei sê ombros e Jeon engoliu em seco.

 

—É,sei sim - Ele se levanta do sofá e eu levanto junto. —Então...nos vemos amanhã na escola?

 

—Claro! -sorri,querendo ou não ficar um pouco junto com Jeon me deixou mais feliz,foi bom passar um tempo com ele. —Até amanhã!

 

Timidamente fui até Jungkook e roubei um selinho dele. Agora eu estou ousada! Saio do apartamento dele me despedindo novamente.

 

Sei que foi errado beijar Jungkook e passar um tempo com ele mesmo sabendo que ele -talvez - gosta de mim,mas talvez eu esteja começando a gostar dele tomarem…

 

Só talvez…

 

E eu ainda nao entendo porque ele gosta de mim,talvez ele seja doido. Quer dizer,eu tenho certeza que ele é doido,mas ainda não é motivo para ele gostar de uma fracassada como eu.

 

Quando reparo eu estou com um sorriso enorme no rosto. Não é para menos,foi muito legal assistir filmes,conversar e jogar com Jungkook,até que ele não é tão babaca assim,e suas atitudes mostram que ele gosta de mim.

 

Sem contar que ele fica estranho toda vez que eu falo sobre seus pais ou sobre minha mãe. Jungkook provavelmente tem problemas familiares,e isso me deixa preocupada.

 

                           (...)

 

—Daí o Jin me chamou para o cinema! - Yeri estava contando sobre seu relacionamento com o Jin,eu particularmente estava coçando para contar sobre eu e Jungkook,mas provavelmente elas ficariam malucas e achariam que estamos namorando.

 

É claro que nunca vamos namorar.

 

Por falar em Jungkook,alá ele vindo com aquele nariz enorme e a beleza,acompanhado de seus amigos e sua arrogância.

 

—Olá garotas -Ele se senta ao meu lado,e por mais que eu evitasse acabei sorrindo para ele. —Vão amanhã?

 

—Pra onde? -Perguntei curiosa.

 

—Sempre vamos no shopping no sábado,esqueceu? - Irene diz —Vamos sim Kook,vai estar livre do trabalho?

 

—Vou sim - ele pisca pra mim. —Vamos no cinema,você vai ne Tzuyu?

 

—Tenho que falar com a minha mãe e-

 

—Ela vai! - Joy me corta berrando. Arregalo os olhos assustada pelo grito. —Todas nós vamos!

 

Okay,vejo vocês lá! - Jungkook sorri para mim e me beija na bochecha. Ouço um coro de gritos e minhas bochechas ficam vermelhas na hora.

 

—O que???? Ele te beijou na bochecha! Que fofos! - Seulgi berra.

 

—Eu shippo muito vocês! -Yeri choraminga apaixonada. —Namorem.

 

—Não vamos namorar eu não gosto dele e…-Me cortei. Tá,eu estou estranhamente gostando dele. —Talvez eu esteja gostando um pouco dele…

 

Aaaaaa se casem e tenham filhos! – Wendy gritou eufórica.

 

—Finalmente! Quando vai contar para ele? - Irene pergunta.

 

—Jamais,ele não precisa saber disso.

 

Jungkook já é metido e idiota,imagina se descobrir que eu estou gostando dele?

 

Aish,o sinal já tocou? -Joy reclama assim que o sinal toca mostrando o final do intervalo. — Encontro vocês mais tarde!

 

 

 

 

 

 

CONTINUA

 


Notas Finais


Boatos dizem que o próximo cap é Povs do coelho. Boatos também dizem que coisas vãao acontecer nesse passeio do shopping ae.

DPS EU ACRESCENTO MAIS COISAS AQUI NAS NOTAS FINAIS,PRECISO ME ARRUMAR PARA IR NA ESCOLA (ESTUDO DE NOITE AAAAAAAAAAAA)

COMENTEM BASTANTE,AMO VCSS


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...