1. Spirit Fanfics >
  2. Now married (Mark Tuan) >
  3. Episódio 5

História Now married (Mark Tuan) - Capítulo 5


Escrita por:


Capítulo 5 - Episódio 5


Pov's Ane:


E um mês se passou, nesse um mês nada de muito interessante aconteceu, tive muito trabalho e voltei a fazer aulas de dança, e quando chegava em casa estava muito cansada. Não tenho falado com Mark esses dias e nem mesmo sabia quando ele chegava. 


Levanto escutando o toque do despertador e vou me arrumar para ir a empresa. Depois de pronta e já ter tomado café fui para o trabalho, acho que hoje o trabalho seria um pouco menos puxado.

Um tempo depois de já ter organizado e resolvido uma boa parte do que tinha que fazer, olhei a hora e ví que estava quase no horário de almoço,então decido sair pra almoçar fora. Saio do elevador distraída guardando o celular na bolsa ate que alguém me assusta.


- BUUH!


- AAAH!- dou um pulo de susto e coloco a mão no peito.


- Você é muito assustada.- fala rindo e só agora percebo ser o Mark.


- Mal chegou e eu já quero te matar.- falo o olhando brava.


- Eu sei que você me ama.- fala e eu reviro os olhos.- Agora vamos, vim te buscar para almoçar.- fala indo em direção a saída.


- Você deveria avisar quando decide fazer isso.- falo e o sigo.- Nunca te passou pela cabeça que eu já tivesse ido comer, ou tivesse algum compromisso que não pudesse sair?- falo e ele para e me olha.


- Sou inteligente o suficiente pra me informar sobre esse tipo de coisa, não perderia meu tempo vindo aqui atoa.- fala debochado.


- Ok agora vamos estou com fome.- falo saindo e ele pega minha mão entrelaçando na sua.


Depois disso saímos da empresa em um restaurante que eu nunca tinha ido mas Mark disse que é ótimo. Fomos o caminho em silêncio como de costume, e quando chegamos sentamos em uma das mesas desocupadas. Com pouco tempo uma mulher vem nos atender.


- Já sabem o que vão pedir?- fala a garçonete olhando para Mark e mordendo o lábio inferior.


Sério isso?! Ela ta quase se jogando em cima dele, isso me dá um leve nojo, ok que ele é bonito mas ela tem que fazer esse tipo de coisa e na minha frente! Tudo bem que não um namoro de verdade, mas as outras pessoas não sabem disso.


- Amor, o que você vai pedir?- falo e ele me olha surpreso.- Você já veio aqui outras vezes, e eu não sei o que pedir.- falo pegando em sua mão.


- Ok, vamos querer...- fala desviando o olhar de mim para a garçonete e fazendo nosso pedido.


Ela me olhava com nojo e eu retribuia a olhando com deboche. Assim que ela saí olho para Mark que já me olhava.


- Que foi?


- É isso mesmo? Park Ane com ciúmes?


- Não é nada disso.


- Se não é isso, é o que então?- fala com deboche.


- É apenas uma maneira de mater minha imagem, para evitar a fama de ter chifres. - falo o fazendo rir.


- Vou fingir que acredito em você, eu sei que no fundo você me ama só não quer admitir isso.- fala convencido.


- Só se for nos seus sonhos.


Nossos pedidos chegaram e comemos conversando um pouco sobre coisas aleatórias, com isso descobrimos que temos algumas coisas em comum. Depois de terminarmos e pagarmos a conta fomos embora. Diferente das outras vezes, dessa vez fomos conversando o caminho todo até chegar a empresa. Quando chegamos ele disse que tinha que pegar alguns papéis, então acabou indo junto comigo. Assim que entramos demos de cara com com o Tae.


- Taetae!- falo e ele me olha sorrindo.


- Hinata-san!- fala me fazendo rir e vindo me abraçar mas quando percebeu Mark e mudou de ideia.- Mark!- fala sorrindo.


- Oi Tae, faz tempo que não nos víamos.- fala também sorrindo.


- Isso é verdade, ultimamente todos estavam muito ocupados.- fala intercalando o olhar de Mark para mim.- Por isso já aproveitando que ví os dois, quero os convidar ir la em casa, noite de amigos assistir algum filme conversarmos, coisas assim já que normalmente não temos tempo de nos ver.


- Acho uma ótima ideia.- falo animada e vejo Tae da mesma forma.


- É realmente uma ótima ideia, nós iremos.- fala Mark sorrindo.


- Ok então, passo o horário pra vocês por mensagem, tenho que ver com os meninos que horas eles vão poder ir mesmo.- fala Tae suspirando.- Agora preciso ir, ainda tenho trabalho hoje.


Nos despedimos do Tae e entramos no elevador.


- Hinata-san?- fala me olhando curioso.


- Ah isso, bom ele me chama assim as vezes, quando éramos adolescentes gostávamos muito de assistir anime, e ele disse que eu era muito parecida com a Hinata de Naruto por causa de algumas características da personagem, tanto de aparência como o jeito de agir na época, desde então de vez em quando ele me chama assim.- falo rindo lembrando disso.


Depois de conversarmos mais um pouco o meu andar chegou então me despedi dele e fui para minha sala.


Terminei o que tinha que fazer na empresa hoje, então fui pra casa trocar de roupa e ir para a aula de dança. Cheguei em casa e fui logo tomar banho ou iria me atrasar, iria com Mark pois o Jimin foi mais cedo pra poder ajudar o Tae. Não ter o próprio carro é péssimo, mas se tudo der certo esse problema vai ser resolvido em breve. Assim que terminei de me arrumar escuto meu celular tocar. 


Ligação on:


- Mark?


- Já está pronta? Seu príncipe encantado está te esperando aqui fora.


- Prefiro o lobo mau, mas sim ja estou pronta- falo rindo.


- Interessante, bom estou esperando aqui fora.


- Ok, ja estou indo.


Ligação off.


Saio do quarto guardando meu celular na bolsa e aviso meus pais que estava saindo e que talvez fosse chegar tarde. Talvez tenha pessoas que achem estranho fazer isso, mas sempre que vou sair aviso meus pais pra onde e que horas provavelmente vou voltar, por mais que eu seja maior de idade ainda moro com eles e acho que esse é certo a se fazer. Assim que saio de casa vejo Mark escorado no carro mexendo no celular.


- Vamos?- falo e ele me olha.


- Sim vamos.- fala entrando no carro e eu faço o mesmo.- Está bonita.


- Obrigada, você também está.- falo um pouco corada.


Não falamos muita coisa no caminho até a casa do Tae. Quando chegamos saímos do carro, e eu não sei se eu sou muito lenta ou se ele é muito rápido mas quando percebi ele estava com a boca perto do meu ouvido.


- Cuidado o príncipe encantado pode acabar se transformando em lobo mau e atacar quando você menos esperar.- fala malicioso me fazendo arrepiar e depois se afasta.- Vamos entrar?- fala como se nada tivesse acontecido.


Eu só balanço a cabeça confirmando vou direção a porta e o escuto rir. Toco a campainha e Tae atende, cumprimentamos todos e começamos a conversar enquanto os outros iam chegando. Um tempinho depois o Jin chamou Mark pra conversar um pouco mais afastado de onde eu estava, mas conseguia ver a cara um pouco assustada de Mark. Mas me distraí conversando conversando com os meninos e vejo que Lisa e Bambam chegaram e se juntam a nós também conversando.


- O que será que o Jin-hyung ta falando pra ele? Ele tava fazendo uma cara de assustado.- fala Jungkook e os vejo vindo até nós.


- O que tanto conversavam?- falo olhando para os dois e Mark vem para meu lado.


- Nada demais, estavamos apenas conversando.- fala Jin sorrindo e Mark força um sorriso.


- Podemos escolher o filme, as outras meninas não puderam vir então já estão todos aqui.- fala Tae.


Depois de muita discussão decidimos assistir A freira, sim terror. Eu achei ótimo gosto muito de assistir filmes de terror, mas para o Jin, Bambam, Hobi e o Jackson isso é péssimo. Fomos todos para a sala de cinema da casa do Tae com pipocas e refrigerante, nos sentamos e eu fiquei entre Lisa e Mark que estava na ponta e Bambam ao lado da Lisa. Foi muito engraçado, o quatro gritaram bastante e em uma das cenas assustadoras o Jackson foi parar no colo do Jinyoung. Quando o filme acabou e todos saímos da sala os quatro estavam pálidos.


- Eu nunca mais assisto esse filme na minha vida.- fala Hobi sentando no sofá.


- Na próxima a gente assiste Annabelle.- fala Suga rindo e Hobi o olha incrédulo.


- Por favor da próxima vez, me lembrem de não ficar do lado do Jackson.- fala Jinyoung.


- Foi culpa de vocês que escolheram esse filme, porque não colocar sei la um Minions.- fala Jackson.


- Concordo plenamente.- fala Jin.


- Eu achei bem de boa.- fala Bambam nos fazendo rir.


- Foi tão de boa que quase estourou meus tímpanos.- fala Lisa e todos rimos menos Bambam.


Ajudamos a arrumar algumas coisas enquanto conversávamos, decidimos ir embora por já ser muito tarde. Voltei pra casa com o Jimin e fomos conversando no caminho.


- Ví que você e o Mark estão mais próximos.- fala me olhando rápido por estar dirigindo.


- Ele é suportável quando não está me provocando.- falo e ele ri de leve.


- Acho incrível que você fala isso, mas parecia se divertir bastante com alguém que você diz ser só suportável.


- O que quer dizer com isso?


- Que talvez você possa estar começando a ter sentimentos por ele.- fala sorrindo.


- O-Oque? Jimin você bebeu?- falo e ele ri.


- Eu não, e por quê gaguejou?


- Eu não sinto nada por ele.


- Nada mesmo?


- Talvez começando uma amizade.


- Se você diz que é só isso.


Quando chegamos em casa, cada um foi para seu quarto. Acordo com o despertador tocando, me levanto fazendo o que sempre faço antes de ir para o trabalho, e pegando carona com o Jimin.


Assim como ontem hoje não foi tão puxado pois já tinha adiantado bastante coisa. Quando cheguei em casa fui direto tomar banho, meus pais não estão em casa eles gostam de as sextas sairem, e as vezes passam o final de semana fora para aproveitar só os dois agora que não somos mais crianças. Ia vestir uma roupa bem confortável mas meu celular apita e vou olhar as mensagens. Era Mark dizendo pra me arrumar que iríamos sair pra jantar.


- Dessa vez ele avisou, que milagre.- falo sozinha no quarto e procuro uma roupa pra ir.


Depois de me arrumar vou até a cozinha e pego um copo com água, começo a beber a água e quando viro dou de cara com Mark. Por estar distraída levo um susto e com o susto acabo soltando o copo com água que derrama em cima dele, que agora olhava sua blusa molhada. Ao perceber sua expressão não aguento e começo a rir.


- Ha ha muito engraçado, agora eu tô todo molhado.- fala sério.


- Ninguém mandou vir me assustar.


- Mas eu não fiz nada eu só entrei na cozinha, você que é muito assustada.


- Ta desculpa.- falo ainda rindo.- Eu pego alguma uma blusa do Jimin pra você, vêm.- falo e saio da cozinha.


- Chimin vou pegar uma blusa sua e emprestar pro Mark ok.- falo passando por ele e indo em direção ao seu quarto.


Pego uma blusa do Jimin e volto para a sala.


- Toma, tem um banheiro ali.- falo apontando para a porta do banheiro.


Ele pega blusa e vai em direção ao banheiro, escuto a campainha tocar e Jimin vai atender. Pego meu celular e entro em minhas redes sociais enquanto espero. Até escutar uma voz que não escutava a um tempo.


- Ane!


- Taemin?!





Notas Finais


Link das roupas:
Pra ir na casa do Tae: https://pin.it/1rOxPRq
Pra ir no jantar: https://pin.it/5UJuZat

Espero que estejam gostando, agora vou ter mais tempo para escrever por conta da quarentena. E por falar nisso, tenham muito cuidado, não saiam de casa por enquanto, isso é uma coisa séria então tomem cuidado. Para passar o tempo leiam fanfics tem várias ótimas, procurem algo pra poder fazer em casa. Enfim se cuidem e até o próximo episódio. Bjs😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...