1. Spirit Fanfics >
  2. Now United University >
  3. The last night

História Now United University - Capítulo 14


Escrita por:


Capítulo 14 - The last night


Fanfic / Fanfiction Now United University - Capítulo 14 - The last night

  🇵🇭 Bailey 🇵🇭

Meu deus que transa, que transa. Essa mulher é uma deusa, aque corpo oh, esse sorriso, o olhar. Cara, eu achava que ela era daquela meninas inocentes que não faziam nada até ser sério, mas eu estava muito enganado. Foi o primeiro encontro e eu estou aqui agarradinho com ela sormindo, e eu estou fazendo carinho em seus cabelos, e sorrindo. Já estava super apertado, mas não queria sair de lá, ela parece um ajo dormindo e ela sorri e fala dormindo, é a coisa mais linda. Deu muita vontade, mesmo, de ir ao banheiro, eu ia sair de lá, até que ela se mecheu. Mesmo assim eu precisava muito ir, então me levantei rapidamente, quando sai do banheiro ela estava sentada na cama olhando à vista. 

Bailey: Olha quem acordou!

Joalin: Bom dia ! 

Bailey:  Tudo bem?

Joalin: Tudo, por que?

Bailey: porque você está olhando pra vista e sorrindo.

Do nada o Josh entra no quarto com uma na cara de cu.

Josh: gente, vocês não sabem o que é transar em silêncio, ou então gemer baixo.

Bailey: desculpa se a princesa não conseguiu dormir.

Josh: eu acho que vocês que não dormiram.

Mesmo envergonhada Joalin respondeu a pergunta de Josh, em seguida indo ao banheiro.

Joalin: concerteza eu dormi muito bem depois das 3 da manhã.

(HÁ POUCOS QUILOMETROS DALI)

🇺🇸 Noah 🇺🇸

Eu estava ali na cama de SINA DEINERT dormindo, apenas de cueca, nossa... quer dizer eu acho melhor mostrar para vocês o que aconteceu.

Flashback-on

Sim, eu vim até a casa da Sina, apenas pra conversar pelo menos é o que eu planejo. Se irá rolar algo á mais, aí eu já não sei. Finalmente criei coragem e bati na porta, na esperança de que ela me atendesse com um lindo sorriso no rosto. E foi mais ou menos o que aconteceu. 

Noah batendo na porta 

Noah:  Sina?

Sina: Que que é! *diz toda desarrumada*

Noah: Oi... tudo bem... tô ... você tava dormindo? 

Sina: Não tá tudo bem po-pode entrar.

Noah: ah obrigada.

Sina: sem querer ser grossa mas o que você veio fazer aqui?

Noah: Eu queria conversar.

Sina: ah, mas sobre o que? 

Noah: Nós.

Sina: Noah me desculpa, mas eu não consigo só ouvir você falar, sem fazer isso.

Noah: o q-que

Sou interrompido por um beijo doce, porém m com tentativas de ser selvagem, mas empedido pela saudade que era maior que a nossa vontade de ter qualquer ou nenhuma relação. Até que esse mesmo beijo inocente e com  gosto de saudade é itenrompido pela audácia de Sina Maria Deinert.

Sina: Noah é sério se eu continuar mais três minutos te beijando eu vou te atacar. Você prefere uma dominação rápida ou lenta?

Noah: Depende das suas vontades sininho.

Sina: Isso quer dizer que eu que mando? 

Noah: com certeza.

Sina: Já que é assim vamos pro meu quarto!

Noah: Vamos!

Chegamos em seu quarto, ela tirou seu moletom e olhou no fundo dos meus olhos, eu pude perceber o seu desejo na forma que me olhava. Ela tirava seu moletom ainda mantendo contato visual comigo, após tirar sua blusa me atacou, ela começou com um selinho inocente, que logo passou para um beijo de língua selvagem, que se desceu para seus seios, eu  os beijava com audácia, os chupando da forma mais satisfatória possível, para à deixar cada vez mais tentada precionava sua intimidade, nisso ela gemia ao mesmo tempo que massageava minha leve ereção, até que ela gemeu meu nome e eu me descontrolei.

Sina: No-a-h ah

Noah: assim você me quebra loirinha!

Sina: essa era  intenção... mas que tal você se me quebrar também, mas eu acho que vai ter que vir  aqui em baixo ó *apontando para sua intimidade na intenção de que a satisfazer*

Noah: seu desejo é uma ordem.

Eu que já estava completamente rendido a ela e disposto á fazer todas as suas vontades. Deci até sua intimidade, retirei seu short, dei um beijinho sincero por cima de sua calcinha, que por sinal estava completamente molhada, o que confirmava minhas dúvidas. Retirei sua calcinha, massagiei seu clitóris com meu dedo, parei com meu dedo e envolvi minha língua ao redor de sua intimidade, percebi seu desejo e tentação, a chupei até a mesma ficar na beira de seu apcie enfiei meus dedos em sua entrada e clamar meu nome. 

Sina: No-o-ah ah eu vou...

Ela gozou e eu completei sua frase. 

Noah: gozar, eu acho que avisou tarde de mais.

Subi até seus lábios demos um beijo longo, com significado, ela sabia qual era "o próximo passo", tirou minha blusa, tirou seu sutiã, abaixou minhas calças, retirou a única pessoa que precisava ser retirada, minha cueca. Entrei sem aviso prévio a mesma tomou um leve susto. Foram 5,6...10...14...20. Nós parecíamos que estávamos em uma sintonia, foi incrível, gozamos ao mesmo tempo uma faísca percorreu nossos corpos. Após esse acontecido Sina deitou ao meu lado, com um lindo sorriso feliz e bobo ao mesmo tempo. Depois se cinco minutos ali deitados nus olhando um  para outro Sina se levantou.

Sina: Eu vou tomar banho.

Noah: posso ir junto?

Sina: Round 2

Noah: Round 2 

Flashback-off

Sina acorda me beijando e consequentemente me tirando do meu transe. 

Sina: Bom dia?

Noah: Bom dia!

Sina: Noah, eu acho que eu já posso fazer isso!

Noah: o quê?

Sina: nós já somos amigos a muito tempo, mais eu acho que isso pode mudar... você aceita ser meu mozinho?

Agora eu estava na cama do "meu mozinho" sendo pedido em namoro só de cueca com ela só de lingerie, exatamente como eu pensava, não podia ser mais perfeito.

Noah: aceito ser seu mozinho.








Continua...











Notas Finais


Espero que tenham gostado🏳️‍🌈✨


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...