História Now...Call me daddy! - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias EXO
Visualizações 47
Palavras 521
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Harem, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Survival, Suspense, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá novamente fofuras^^ Estou aqui novamente trazendo o capítulo 2 desta fanfic que tenho que confessar, estou adorando escreve-la❤❤
E vocês, estão gostando? Espero que sim😊
Beijinhos e *BOA LEITURA*📖

Capítulo 2 - Follow my demands, obey my every Word!


Acordo completamente desorientada e com uma dor horrível, logo percebo que estou com os pés e mãos algemados e que me encontro em um tipo de quarto. Com uma cama onde eu estava deitada. Olho ao redor e me deparo com um homem me observando 
-Quem é você?! O que você quer de mim?!
-O que eu quero, você logo saberá!
-Quem eu sou? Ele sorri de uma forma maliciosa...
-A partir de hoje eu sou seu DADDY e voce... a minha mais nova vadia!!!

Eu começo a chorar de medo, não queria ficar naquela mansão com dois caras que me faziam paralisar a cada palavra que diziam.

-Por que está chorando?! Engula o choro antes que eu lhe faça chorar de dor! 

Eu não conseguia parar, tudo em mim doía meu pulso estava começando a ser cortado devido as algemas severamente apertadas e eu já não sentia meus pés...

Ele percebendo a minha aflição devido as algemas começou à retira-las mas de uma maneira que machucou muito mais a minha mão do que quando estavam apertando meu pulso, deixei escapar um gemido de dor e ele tampou a minha boca

- Por que desperdiçar seus gemidos agora? Economize-os para quando eu te foder de uma maneira que você não poderá mais andar!

Ele retirou as algemas e jogou um vestido branco na cama 

-Vista isso! Agora...

-M-mas eu não posso com você aqui!

Ele vem em minha direção me faz cair da cama de quatro no chão e me dá um tapa forte na coxa, com certeza depois disso eu terei a mão dele marcada em meu corpo
 

Ele me puxa pelo cabelo me fazendo o encarar

-Escuta aqui vadia, você está na minha casa, vai fazer o que eu mandar e da maneira que eu vou querer que aquilo seja feito! Você a partir de hoje vai obedecer cada comando meu e cada palavra minha!!! Se ousar desobedecer eu te torturo até a morte, da pior forma possível. 

Ele me joga no chão com força fica em cimade mim começa a rasgar roupa que eu estava vestindo 

-NÃO! PARA! Por favor! Ele não me ouve e me deixa nua, mordendo os lábios ele pega o vestido que estava em cima da cama e coloca em mim 

-Tão fácil e você complica tudo vadia! É melhor não ser assim da próxima vez, ou então não irei te vestir, irei brincar com você! E não deseje saber do que...

O tapa estava ardendo em minha coxa e quando ele sai de cima de mim eu percebo que estava bem vermelho 

-Agora vadia eu quero que você vista aqueles saltos pretos que estão no canto do quarto, arrume o cabelo e desca em 10 minutos, nem um minuto a mais ou então será punida! Você entendeu?!

Eu fiquei em silêncio mas temi do que ele poderia fazer comigo se eu não respondesse

-Sim!
-Sim o que?!
-Sim, DADDY!

Ele sorri, e sai do quarto batendo a porta, eu estava muito assustada para fazer o que ele mandou mas eu não tinha escolha, ele era forte e mais um tapa ele me quebraria.


Notas Finais


Críticas? Comentários? Dicas?
Podem coloca-los aqui^^
Espero que tenham gostado❤
O próximo capítulo sai amanhã❤📖


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...