História Nublado - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Min Yoongi (Suga)
Tags Amizade, Bts, Hobi, Hoseok, Hurt/comfort, Jhope, J-hope, Pre Debut Bts, Predebut Bts, Sick!fic, Sick!hobi, Sick!jhope, Sope, Suga, Yoongi, Yoonseok
Visualizações 37
Palavras 1.024
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Fluffy
Avisos: Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - Capítulo Único



Eram muitos os dias em que Min Yoongi queria jogar tudo para o alto e desistir. Ser trainee de uma empresa da indústria musical era difícil, doloroso, e muitas vezes lhe parecia algo além de sua capacidade. Com frequência Yoongi saía das práticas, sentava-se em uma saída de incêndio escondida e refletia sobre o que diabos estava fazendo com sua vida.

Mas alguém sempre o encontrava. Se Yoongi era a personificação do dia cinzento, Jung Hoseok era o sol que o iluminava. No começo o rapper mais velho franzia o nariz sempre que o outro se aproximava. Sendo sincero, Hoseok o fazia pensar em um filhote de labrador que nunca deixa o dono em paz. Mas o tempo fez com que Yoongi valorizasse cada vez mais a companhia do mais jovem.

Havia algo em Hoseok além de sua doçura, gentileza e paciência infinita para lhe ensinar os passos mais complicados da dança que fluía por seu corpo com tanta naturalidade. Às vezes, Yoongi se deixava levar pela crença de que o sorriso de Jung Hoseok era realmente capaz de curar pessoas. Era através de seu sorriso que o garoto transmitia toda a luz que tinha dentro de si.

Mas nos últimos dias essa luz parecia ter se apagado. Mesmo durante as práticas de dança, quando costumava mostrar o seu melhor, Hoseok parecia distante e sem energia. Para Yoongi, o Sol de repente parecia encoberto por nuvens escuras. A pior parte, porém, é que queria ajudar, mas não sabia como. Então fazia o melhor que podia, de sua maneira distante e silenciosa.

Ficava de olho. Empurrava vegetais extras para o prato de Hoseok, e certificava-se de que o mais novo estava bebendo bastante água. Em alguns momentos chegava a abrir a boca para perguntar “Você está bem?”, e então tornava a fechá-la, limitando-se a dar uns tapinhas desajeitados nas costas do garoto. Mas Namjoon… Namjoon era do tipo que perguntava, recorria ao diálogo diante de cada problema. “Um líder nato”, pensava Yoongi.

- Hobi - Namjoon aproximou-se de Hoseok depois de uma prática particularmente exaustiva. Colocou a mão em seu ombro e curvou ligeiramente os joelhos para falar com o amigo. Era um rapaz alto, e tinha a preocupação de sempre manter o olhar no nível dos outros quando falava sobre algo importante - Está tudo bem? Você parece distraído ultimamente.

Um pouco mais afastado, Yoongi observava a interação entre os dois atentamente. Hoseok, que geralmente os presentearia com um sorriso luminoso nesse momento para indicar que estava tudo bem, simplesmente sacudiu a cabeça.

- Estou cansado.

Namjoon procurou rapidamente por Yoongi com o olhar, trocando mensagens silenciosas. O mais velho assentiu brevemente: “Estou de olho”.

- Já estamos indo para casa, Hobi - disse Namjoon, de forma tranquilizadora - Procure tomar um bom banho e dormir bem, certo?

Ao passar o braço pelos ombros de Hoseok, Namjoon sentiu que o amigo tremia. “Vai dar merda”, pensou. E como na maioria das vezes, Namjoon tinha razão.

********************


Eram três da manhã quando Yoongi acordou com o som de alguém correndo do quarto. O rapper deu uma olhada para a cama ao lado da sua, a de Hoseok. Estava vazia. “Por que sou sempre eu que acordo nessas horas?”. Suspirando, ele levantou-se arrepiando o cabelo, e foi atrás do mais novo.

- Hobi? - Yoongi perguntou, parado desajeitadamente contra a porta do banheiro.

- Hyung… - a resposta foi fraca. Fraca demais. Respirando fundo e preparando-se para o que encontraria lá dentro, Yoongi entrou.

Hoseok estava no chão, sentado contra o vidro do box. Seu rosto estava pálido, e ele obviamente lutava contra a dor, os braços envolvendo firmemente o estômago e os dentes cerrados.

- Oi, garoto - Yoongi agachou-se diante dele, parecendo mais calmo do que nunca - Está se sentindo mal?

Embora a resposta fosse óbvia, Hoseok assentiu. Sentia-se um pouco envergonhado por permitir que um de seus colegas trainees o visse naquela situação, mas honestamente, estava mal demais para se importar.

- Vem, vamos colocá-lo de volta na cama.

- Ainda estou enjoado.

- Sem problemas. Vou pegar um balde e algumas outras coisas.

- Obrigado - Hoseok deixou que Yoongi o ajudasse a se levantar e voltar para o quarto, devagar.

“É tão doce…!”, pensou o rapper mais jovem, quando Yoongi o colocou na cama, enrolando-o nas cobertas. “Como Yoongi hyung parece tão frio e indiferente, mas na verdade se preocupa tanto…!”

Quando voltou, Yoongi trazia um pequeno balde, um termômetro e um copo d’água.

- Hyung, sério, não é nada demais.

- Coloque isso sob seu braço esquerdo - instruiu Yoongi, ignorando os protestos do mais jovem - E beba isso. Você precisa se manter hidratado.

Ele entregou a água e uma pequena pílula a Hoseok, que lhe lançou um olhar questionador.

- Supostamente corta a náusea - Yoongi deu de ombros, mas a verdade é que estava preocupado. Vinha observando Hoseok a um tempo, e sabia o quanto o estresse estava afetando o mais jovem.

- Obrigado, hyung.

Yoongi soltou um pequeno suspiro.

- Você está passando por muito estresse, Hobi. Precisa se cuidar.

- Tenho o hyung para cuidar de mim.

- Beba toda a sua água, Hobi. Dê goles pequenos para não enjoar.

Hoseok obedeceu, sentindo-se um pouco melhor sob os cuidados de Yoongi. Depois de um tempo, o termômetro apitou, e o rapper mais velho sacudiu a cabeça ao ver a temperatura.

- Você está quente. Mais do que deveria.

Hoseok sorriu fracamente.

- Você sempre diz que sou o Sol, hyung.

- Quis dizer que está com febre, garoto. Talvez eu deva te dar logo um antitérmico.

- Não, só… só deita aqui comigo - Hoseok puxou um confuso (e extremamente envergonhado) Yoongi para a cama, descansando a cabeça em seu pescoço - Me sinto melhor com você aqui.

- Eu… Que? Jung Hoseok! E se Namjoon acordar?!

Yoongi tentou se levantar, mas Hoseok o encarou, seu sorriso não tão brilhante como de costume, mas ainda assim… Era o sorriso de Hoseok, capaz de iluminar um quarteirão.

- Por favor?

- Ok, ok - Yoongi se rendeu - Mas Hobi, eu sei que tem estado doente ultimamente. Quero que sempre me diga, ok? Assim posso cuidar de você se precisar.

Hoseok abriu a boca para responder, mas antes que pudesse, Yoongi adiantou-se.

- Eu sei. Obrigado, hyung.

Hoseok moveu-se ligeiramente, arrumando uma posição mais confortável antes de dizer.

- Isso.




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...