1. Spirit Fanfics >
  2. Nuestro Amor >
  3. Nuestro Amor

História Nuestro Amor - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Boa noite, espero que gostem da minha primeira one desse casal que eu amo tanto! Boa leitura ❤️

Capítulo 1 - Nuestro Amor


Fanfic / Fanfiction Nuestro Amor - Capítulo 1 - Nuestro Amor

Cinco anos desde que casei com o homem da minha vida, quem me deu uma família linda e me mostrou que o amor é lindo apesar de todas as adversidades que tivemos que passar para chegar até aqui, para estarmos juntos. Temos dez lindos filhos, sete de sua falecida esposa, um de Isabela mas que Fernando cuidou como se fosse dele e duas filhas nossas, todos eram meus filhos, desde que cheguei nessa casa para ser a babá deles o amei e cuidei com todo amor e carinho que eu podia dar a cada um deles, sou apaixonada pelo meu marido, por tudo que até aqui conquistamos juntos! 

Nossas anjinhas Anna Estefânia e Anna Soledad já tinham cinco anos, são a alegria da casa e de toda família, adoram ter a atenção toda para elas, vivem correndo pela casa com a Luz e os gêmeos Guille e Alex, esses cinco são terríveis quando se juntam. 

Estou sentada na penteadeira me arrumando para a surpresa que Fernando disse que havia preparado para mim, me vesti com um lindo vestido tubinho, saltos pretos, resolvi deixar meus cabelos completamente soltos e assim que terminei a maquiagem, pude ouvir alguém bater à porta, afirmei que poderia entrar, sabendo que seria a Fanny, animada como sempre apenas me deixando ainda mais curiosa do que já estou. 

- Oi meu amor - Disse me levantando indo lhe abraçar, fazendo nosso abraço que chamávamos de “golfinho” balançando-nos braços e gargalhamos juntas. 
- Oi Ana, está animada? Fez a mala que meu pai pediu? - ela disse e arregalei os olhos lembrando que tinha esquecido desse detalhe, não havia feito a mala que meu marido pediu. 
- Estou ansiosa Fanny, mas esqueci de fazer a mala que o Fernando pediu.. - disse colocando a mão na testa - Me ajuda? Ele já deve estar chegando da empresa e eu nem fiz a mala. 
- Claro Ana. - ela riu sabendo que eu com certeza esqueceria de algo. 

Fomos ao closed do quarto, onde a maior parte era ocupada pelos ternos de Fernando já que eu não tinhas muitas roupas e nunca fui consumista, Fanny me aconselhou levar biquínis não entendi muito bem o porque mas achei que ela sabia qual seria a viagem, implorei diversas vezes que ela me contasse e ela apenas dizia que não contaria e que logo eu descobriria quando Fernando me mostrasse assim que chegarmos, terminamos a mala e logo ouvi meu marido entrar no quarto me chamando. 

- Ana? Meu amor? - Fernando disse sorrindo com um lindo buquê de rosas vermelhas em seus braços para presentear sua esposa. 
- Oi meu amor. - eu respondi saindo do closed porém logo parei quando vi que ele estava com um lindo buquê em seus braços - Minha vida, muito obrigada - disse assim que ele me entregou o buquê. 
- Fanny, minha filha - ele disse abraçando a filha e logo ela saiu sorrindo. 
- Feliz aniversário de 5 anos de casamento, minha esposa. - ele disse me beijando lentamente, ele passou um de seus braços em minha cintura e a outra estava do lado esquerdo do meu rosto, eu estava com o buquê ainda em meus braços então só o segurei com uma das mãos, ele terminou o beijo com alguns selinhos - Vamos? - ele disse feliz.
- Claro amor - eu disse animada - As crianças vão ficar com quem? - disse preocupada. 
- Com o Bruno e a babá meu amor, também tem a Fanny e o Nando que ficarão aqui para ajudá-los, nossos filhos não são mais tão pequenos. - ele disse rindo da minha pergunta. 
- Eu sei Fernando, mas fico preocupada. - eu disse olhando meu buquê, Fernando sempre sabia me surpreender. 
- Então vamos. - ele pegou a minha mala que havíamos colocado na cama, e entrelaçou sua outra mão na minha, e juntos descemos até onde estavam todos na sala principal. 

Nos despedimos de todos, deixei todas as recomendações com Bruno, Manuela e a babá de nossos filhos, eles já sabiam as recomendações de cor, eu sabia disso, mas porque não reforçar mais uma vez? 

E assim Zeus nos levou até o aeroporto, após algumas horas chegamos em Cancún no México, ficaríamos no mesmo hotel da nossa lua de mel, percebi assim que chegamos, eu sorri animada para os dias que ficaríamos ali, juntos e aproveitando um momento apenas de nós dois. 

Fernando sorriu ao ver minha animação assim que chegamos no hotel aonde pude confirmar minha suspeita, ficaríamos no mesmo hotel da nossa viagem em lua de mel, sorri ao ver o mar, após o Fernando pedir para deixarem nossas coisas no quarto e confirmar tudo na recepção, eu o levei rapidamente para o mar, e ali, aproveitamos o nosso momento, ainda de roupa corri para o mar e Fernando correu até onde eu estava me fazendo cair no mar, rimos e como já estávamos encharcados aproveitamos o momento sem nos importar com quem estaria nos olhando. 

Algum tempo depois fomos para o quarto do hotel que Fernando havia reservado para nós, ele pediu que eu abrisse a porta, sem entender abri e sorri emocionada vendo tudo que ele havia preparado, tinha pétalas de rosas vermelhas pelo chão, na enorme cama tinha pétalas de flores em forma de coração com uma caixa dentro, havia algumas fotos nossas espalhadas na cama, eu o olhei sorrindo e pude ouvir ele fechando a porta e a trancando, ainda estava toda molhada, mas mesmo assim caminhei até a cama pegando a caixa para saber qual era a outra surpresa que ele havia me preparado diante a tantas naquele dia, e vi um lindo colar, brilhante e delicado, o chamei e após lhe agradecer, nos beijamos. 

Algumas horas depois, já a noite, estava pronta para nosso jantar em frente ao mar, meu marido sempre me surpreenderia, e a cada dia me apaixonava ainda mais por ele, coloquei um vestido vermelho soltinho até um pouco acima dos joelhos, uma sandália dourada, não teria sentido algum usar salto na praia, me maquiei de forma mais natural e pedi ao meu marido para colocar o colar que ele havia me dado, meu cabelo estava natural, como ele havia pedido que ficasse. Logo observei ele colocando seu relógio e passando seu perfume, eu era completamente apaixonada pelo seu cheiro, ele estava com uma camisa social branca com apenas os quatro últimos botões abotoados, uma calça azul escura, e com o cabelo perfeitamente arrumado, pude perceber como era ainda mais perfeito a cada dia que se passava. 

Fui até ele, lhe abraçando por trás, ele sorriu me olhando do espelho, com um de seus braços me trouxe para frente de si, e ouvi ele sussurrar um “eu te amo” antes de me beijar, nos beijamos intensamente, ele conseguiu querer desistir do jantar e ficar por ali mesmo. 

- Vamos, antes que eu desista desse jantar - eu disse assim que terminei o beijo. - Eu te amo meu amor. - lhe disse apaixonada. 
- Não seria uma má ideia, ficar nesse quarto com você. - ele disse sorrindo malicioso - Eu também te amo, minha mulher. - ele me respondeu, amava quando ele me chamava dessa forma, esse homem era tudo para mim, não sei mais viver sem ele em cada um dos meus dias. 

Fomos para o jantar, ele puxou a cadeira para mim, sentei e logo observei o mar que estava em nossa frente, ele se sentou e após pedir um vinho para nós dois, começamos a conversar e a lembrar do nosso casamento, de como tudo havia começado, o garçom chegou com o nosso vinho e logo fizemos os pedidos para nosso jantar, algum tempo depois de jantarmos, Fernando se levantou me pegando em seu colo, enquanto me olhando fixamente nos olhos, eu deitei minha cabeça em seu ombro até chagarmos no quarto, ele me colocou no chão em frente a cama e me beijou, o beijo estava bastante desejoso e intenso, estava com meus braços entrelaçados em seu pescoço enquanto ele estava com um de seus braços em minha cintura e a outra em meu rosto acariciando ali enquanto nos beijávamos, ele lentamente enquanto ainda me beijava foi caminhando comigo até a cama aonde me deitou delicadamente, terminou o beijo e desceu seus lábios para o meu pescoço me beijando ali enquanto eu segurava em suas costas fortemente já sentindo o efeito que ele causava em mim, ele desceu suas mãos para minha perna subindo meu vestido e logo o retirou, me deixando apenas com uma calcinha rendada vermelha e sem sutiã, já que o vestido que eu usava não me perfeita usar, ele se levantou começou a desabotoar sua camisa, bom, os poucos botões que estavam abotoados, e em questão de minutos ele se encontrava apenas uma sua cueca preta, e como meu marido era lindo, não pude deixar de observar completamente cada detalhe de seu corpo. 

Ana estava lindamente deitada na cama apenas um pouco encurvada para me ver enquanto eu retirava as roupas que eu estava usando, pude ver seu olhar de desejo e amor quando terminei de retira-las ficamos apenas com a cueca preta que usava, subi na cama novamente ficando completamente em cima de minha mulher, no meio de suas pernas, enquanto eu beijava e acariciava seus seios sentia ela arranhando minhas costas e a vi encurvar suas costas indicando seu prazer com aquela carícia, eu sabia o quanto ela amava quando lhe acariciava dessa forma e sempre que tínhamos um tempo nosso lhe proporcionava esse prazer, com 10 filhos e com 5 pequenos, a gente realmente não tínhamos muito tempo embora agora fosse mais fácil já que as gêmeas estavam maiores. 

Comecei a descer meus beijos até chegar em sua calcinha, logo a retirei, subi beijando suas lindas pernas e comecei a amar sua intimidade com minha boca, conforme percebia que seu prazer ia aumentando, aumentava as carícias, logo a penetrei com dois de meus dedos e continuei com minha boca ali, movia minha mão de forma intensa pois sabia que logo ela chegaria em seu ápice,  assim que vi que havia chegado, suguei seu prazer, e subi novamente, ela me virou me deixando deitado na cama, sabia o que ela faria e já estava pronto para ela. 

Desci meus beijos pelo corpo de meu marido, até chegar em sua cueca, após sorri, a retirei a jogando em algum lugar do quarto, comecei a passar minha língua de baixo para cima, pude ouvi-lo gemer, logo o coloquei na minha boca e a parte que não cabia, o masturbei com minhas mãos, o masturbei com vontade e com desejo, amava poder sentir ele totalmente entregue a mim, nesses momentos. Assim que percebi que ele gozaria, ele me puxou delicadamente para cima e me deixou novamente por baixo de si, me penetrou lentamente arrancando gemidos de ambos, ele se movimentava com intensidade e maestria, me levando aos céus, eu perdia todo o controle do meu corpo sempre que ele estava ali, me amando com tanta dedicação e amor, ele me beijou e ele o prendi no meio de minhas pernas o trazendo para ainda mais perto, ele aumentou as estocadas e logo cheguei ao meu ápice, gemendo alto, o contraindo e logo senti ele se derramando em mim, ao também chegar em seu ápice. 

Nós levantamos após um tempo e fomos para a jacuzzi ficamos ali um tempo acariciando um ao outro, e depois tomamos banho e logo adormecemos estávamos exaustos. 

E assim o final de semana passou, aproveitamos cada momento juntos, esse sem dúvidas havia sido o melhor de todos. O nosso amor, era o que eu tinha de mais precioso, e eu não poderia ter escolhido um pai e marido melhor que ele, para dividir todos os meus dias junto comigo.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...