1. Spirit Fanfics >
  2. Num aquário dentro do mar aberto, a pequena Dory habita >
  3. Um de um capitulo

História Num aquário dentro do mar aberto, a pequena Dory habita - Capítulo 1


Escrita por: e jungebox


Capítulo 1 - Um de um capitulo


O aquário é pequeno,

o mar é desproporcional.

E a pequena Dory não sabe para onde deveria nadar.

 

Em meio aos peixes,

dos menores aos enormes,

a pequena Dory procura algo que poderia se agarrar.

 

O aquário parece uma bolha,

oh sim, 

Bob Esponja teria inveja do quão duradoura aquela bolha chegava a ser.

 

O mar aberto a fazia se sentir perdida,

muita água, muita vida marinha,

e a pequena Dory empurra seu aquário.

 

De tanto rodar e rodar sem parar,

sua memória já não lhe dizia se já esteve naquele lugar.

Tudo tão parecido.

 

E o baleiês, que mais parecia grego?

Latim?

Ou seria francês?

 

Seu aquário era apertado,

sem falar que aquela imensidão azul,

quando escuro, a assustava.

 

Aqueles corais,

pareciam muito familiar,

será que já esteve por lá?

 

Sua cabeça doía,

outros peixes passavam por ela

será que a viam?

 

Nemo e Marlin,

era o que se lembrava,

mas onde estariam?

 

Bruce a deu oi,

de onde o conhecia?

Respondeu sorridente, mas por dentro não entendia.

 

Continuou a nadar,

com seu aquário a empurrar,

sem desistir, apenas cansar.

 

Mais a frente avistou a corrente marinha,

para onde a levaria?

Crush a parou antes de ali entrar.

 

“Para onde vai?” - perguntou.

Mas a pequena Dory não sabia explicar,

Esguicho se espreitou e a ela cumprimentou.

 

“Nemo e Marlin estão te esperando.” - afirmou a impedindo de continuar.

O problema era que Dory, não sabia como voltar.

Para onde deveria nadar?

 

Se distanciou da corrente marinha,

sempre empurrando seu aquário,

afinal, não sabia como sair dali.

 

Novamente pensativa se sentiu cabisbaixa.

Estava sozinha, perdida, 

dentro que uma bolha de vidro que não dava pra quebrar.

 

Bufou, bolhas dentro da água subindo sem parar.

Novamente bufou para as bolhas se formar.

Repetiu o mesmo ato, rindo após novamente as ver subirem.

 

A água parecia mais fria, 

mais escura,

mais sombria.

 

E a pequena Dory não sabia voltar.

Quem estava procurando?

Não conseguia mais lembrar.

 

Fechou os olhos se deixando afundar.

O peso do aquário a levava para baixo,

parecia existir pedras dentro do vidro.

 

Afundando,

caindo,

indo em direção a parte ainda mais escura do mar.

 

Apenas uma luz clareava sua ida ao fundo do mar.

Talvez a lua fosse sua amiga 

em meio a solidão e esforço de sempre empurrar o aquário.

 

Sua luz logo sumiu, apenas o escuro parecia a acompanhar.

Sentiu apenas uma nadadeira lhe acordar

e dois peixinhos laranjas estavam lá.

 

O maior estendeu a nadadeira para que agarra-se,

o menor já segurava sua outra nadadeira.

Agarrou a do peixinho maior e num instante saiu daquele aquário que continuou a naufragar.

 

“Dory, vamos pra casa.” - o menor falou enquanto sorria.

“Sim, vamos pra casa.” - o segundo peixinho maior também sorria.

Não sabia explicar o que era casa, mas lhe parecia confortável.

 

Continuou a nadar,

mas dessa vez não existia um aquário para empurrar.

Além de dois peixinhos a lhe acompanhar.

 

O aquário era pequeno,

o mar era desproporcional.

e a pequena Dory agora sabe para onde deveria nadar.

 

Para isso tinha seus dois amigos.

Marlin e Nemo nunca a abandonaria.

E isso era reconfortante.

 

Sua memória?

Ah sim, poderia esquecer um dia,

poderia esquecer.

 

E talvez realmente fosse esquecer.

Para isso tinha Nemo e Marlin 

os dois próximos a si, para lhe lembrar.

 

Em meio aos peixes,

dos menores aos enormes,

a pequena Dory tinha no que se agarrar.

 

E o baleiês, que mais parecia grego?

Latim?

Não, com certeza seria português.

 

Nemo e Marlin,

era o que se lembrava,

e estavam bem ali para si.

 


Notas Finais


u3u existem muuuuuitas referências, espero que tenha pego todas, meu xuxu
escrevi especialmente pra ti, bate na nadadeira da sorte

eu amo você e é isso


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...