1. Spirit Fanfics >
  2. O 50 >
  3. Negócios

História O 50 - Capítulo 2


Escrita por: D8-naath

Capítulo 2 - Negócios


 — ........ Continua assim e nunca verá essa cidade pelo 50° novamente - diz Fransque serio com o olhar frio e sanpaco, Hique percebe a situação e se acalma repirando fundo já puxando uma cadeira para sentar.

— Só verifica isso rápido.

— Já verifiquei .. mas... - Fran retira um papel entre os que estava em sua mão e mostra para Hique - como conseguiu essas informações dá 'Porting'*, sei que o objetivo foi tira informação deles mas presisa de pelo menos está próximo dos CEOs da empresa pra consegui isso.


Porting: Imprensa "inimiga",

"concorrente" dos Slleihons.


— Já disse, tenho bons informantes.

— Só espero que não esteja ameaçando ou envolvido com mandantes - disse o chefe já guardando a papelada, abanando a mão ó pedia que Hique se retirace.

Tá muito calmo, não gostei disso... - pensamento de Hique.

— Fransque! - Fran olha para Hique já fechando a porta - mentiras não vão te ajudar ...a e espero que saiba a nossa posição nesse momento - disse Hique saindo com postura da sala.

__
Eu sei que ele desconfiou e que aquilo era mais que uma prova pra me denunciar ao líder* , deve está se esquecendo que estamos no mesmo barco e que o único resgatado seria eu, e que porcaria foi essa de não ameaça, ele literalmente pediu isso já que ameaçar e negociar não são tão diferentes.

Lider: São Pai e Avô de
Henrique, estão planejando
em passar as ações da
empresa para ele. 

《O final do turno chegou, Henrique e Gidae ficaram o caminho todo conversando sobre oque aconteceu durante o tempo que não tinham contato.》

[ ... ]
— Vou guarda algumas coisas do trabalho e colocar a bebida pra gelar ok!?... pode fica a ontade - disse Hique dristrancando sua casa.

— Sim .. claro ..... uao que apartamento grandeee, como consegue mora sozinho aqui? - disse de boca aberta e espantado.

— É normal eu acho.... na verdade só apareço nessa casa pra durmi.

— Tá dizendo que não usa nem essa cozinha!!!? Que desperdício - disse com uma cara frouxa e debochada.

— Porque ? ..... gosta de cozinhar? - disse saindo do seu quarto sem seu terno e um sorrizinho de canto.

— Não que eu saiba mas... eu gosto como hobby - Diz convencido.

— É ...então mostra, tem ingredientes bases na geladeira.

— ok - faz biquinho e vai em direção a cozinha de copa.

— O que, como assim já começou sem mim? Poxa maguo ... - Diz sentando no chão em frente à mesa com bebidas já abertas ...

— Tando faz , você tem cara de que é fraco pra beber .

Com um tempo de conversa com assuntos até íntimos, o local já ecoava o cheiro do macarrão.

— Deixa te ajuda com isso vai - diz Hique se aproximando de Gidae.

— Aé !? e como vai faze isso?

— Assim - Hique segura a mão direita de Gidae o ajudando a mirurar.

— hmm - Gidae olha com um sorrizinho safado, pega a mão esquerda de Hique fazendo o abraça-lo por trás, tirando daquele momento carícias pelo braço e abdômen, Hique com o queixo apoiado no ombro de Gi.

Os dois paralisam em seus olhares por um momento, começaram a direcionar o olhar para boca, Hique se aproxima enquanto Gidae se afasta ficando contra a bancada, Hique não hesita e já com os lábios muito próximo deu um beijo/selinho deixando Gidae corado.

— Porque isso agora ? - Gidae perplexo.

— Eu gosto de você Gi, só persebi isso na viagem, eu quero você Gidae - Hique disse em seu ouvido com a voz rouca e ofegante o fazendo arrepiar, Gidae da um beijo pedindo permição com a língua.

Hique cede e começa um beijo quente, o mesmo pega-o colocando em cima do balcão dando beijos em seu pescoço, descendo e abrindo sua camisa, deixando roxos de seus chupões por sua clavícula.

Enquanto Gidae desabotoa a camisa de Hique, olha pra panela ainda ligada e a desliga podendo continua onde estavam

<{ Gidae }>

Hique começa a mordiscar meu mamilo me tirando gemidos baixos, com a camisa dele tirada vou para a calça mas o mesmo me interrompe.

— Primeiro é sua vez - o mesmo me carrega até o sofá me colocando sentado.

Se ajoelha na minha frente, tira minha calça, me estiga passando a mão no meu membro, os beijos fica cada vez mais intensos e quentes, em um momento já estou duro com pré-gozo, lembe a marca molhada da cueca, tira-a pulando meu menbro pra fora, me olha de forma muito atraente, ainda ajoelhado começa a bater punheta pra mim que de vez em outra passa seu dedo na cabeça me tirando alguns gemidos.

Depois de alguns carinhos com apertar minha coxa, chupões e beijos amáveis por todo meu corpo, frases ao pé do ouvido me deixando louco, o mesmo começa um boquete que me pega desprevenido.

— Aah.. Aahh.. Hi-Hique - pego pelo seu cabelo insinuando ir mais fundo, assentiu...

Depois de um tempo com suas mamadas* quase não aguentando a tartura por ser muito bom no que fazia, o chamei para cima de mim pelo queixo o ajudando tirar sua roupa, com ele nu já sentado em meu colo vou direcionando minha mão a sua entrada.

Hique— hum então sou o passivo é? - diz com deboche e biquinho.

Gi— oque vc quiser amor~~~ - cheirando seu cangote o deichando arrepios com seus membros se encostando.

— então você é fex! -me beija, olha nos meus olhos com narize testa encostado ao meu - também sou - beija - somos feitos um pro outro.

Hique se levanta rápido me puxando para seu quarto, apre uma gaveta e tira lubrificante e camisinha.

— agora sim sou todo seu - Hique diz indo pra cama delicadamente ficando de quatro pra minha direção.

— hun - dá um suspiro com a cara safada, [ ... ]

Enfio um dedo, dois, fasso forma de tesoura e mesmo assim parece se acostuma rápido rebolando em meus dedos, sem demora vou com meu membro ó penetrando fundo, Gi rebola e começo a fazer movimento de estocadas enquanto acaricio [email protected] de Gidae.

[ ... ]
《Depois de muito amor e carícias na cama com gemidos de "Eu te amo" os dois foram tomar banho, mas era só gatilho pra segunda rodada com Gi sendo passivo 》.

    


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...