História O Abismo dos Sonhos - Capítulo 11


Escrita por:

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 2
Palavras 236
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Ficção, Ficção Científica, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Saga, Sci-Fi, Survival, Suspense, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Canibalismo, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 11 - O Plano


  O barulho do sangue pingando ecoa por toda a sala. Hans Erwachen está cabisbaixo, amarrado à uma cadeira de madeira, os cabelos negros estão despenteados e as roupas, rasgadas. Falta-lhe a perna esquerda, a mão direita e dois dedos recém-arrancados da mão esquerda, os quais estão pingando sangue.

  Morfeu está sentado de frente à Hans, com um alicate em mãos, os olhos vidrados no sangue nas mãos do alemão.

  Não satisfeito, Morfeu se aproxima de Hans, abre a boca do rapaz, enfia lá o alicate e agarra um dente. Hans grita de dor, enquanto o Governador arranca-lhe um canino e diz sorrindo:

  —Acho que não vai precisar disso, é inútil!

  E este começa a rir.

  Os olhos de Hans imploram por liberdade ou talvez até mesmo a morte, uma ideia que o deixa assustado consigo mesmo. Já Morfeu, aprecia e se delicia com seu olhar desesperado e assustado.

  Hans sabe que ficar ali o proporcionará uma morte longa e dolorosa, ele tem que fugir, fugir para se salvar. Mas como? Como, já que fora reduzido a um boneco desmembrado? Mas a situação é essa, e ele sabe que não dá para mudar a o que aconteceu.

  Ele tem de fugir, não importa como. fugir para viver, para se proteger, para proteger seus familiares, seu clã. E mais uma vez Hans desmaia em frente ao seu torturador, que abandona a sala com um sorriso macabro no rosto.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...