História O acampamento - Interativa - Capítulo 6


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Tags Interativa
Visualizações 34
Palavras 662
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Festa, Ficção, Ficção Adolescente, LGBT, Luta, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Survival, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Mutilação, Pansexualidade, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Ora, ora parece que a rainha da irresponsabilidade tomou um pouquinho de vergonha na cara e resolveu voltar

Desculpa gente, problemas acontecem e tals

Mas tá aqui o quarto capitulo!

Ele tá bem pequeno, foi só pra avisar que eu não morri :P

Capítulo 6 - Capitulo 4 - A verdade


- Fera de olhos vermelhos? – Zakyia perguntou um pouco assustada

- Ele deve ter tido alucinações por causa da perda de sangue – Addison respondeu terminando os últimos pontos no braço do garoto

- E o que derrubou a torre de telefone? –Hanna perguntou indo para perto de Mark

- Acham que foi a chuva? – Helsique perguntou

- É pouco provável, mas é a única solução que faz sentido – Mark respondeu

- De qualquer jeito, quem vai buscar a barraca do Bruno na floresta? – Andrew perguntou olhando para todos

Ninguém respondeu, e apesar de saberem que tal fera não existia, ainda tinham receio sobre o que machucou o filho do diretor tanto

- Eu vou – Katrina levanto do chão e entrou em sua barraca

- Ficou maluca Katrina? – Anne foi até a irmã e cruzou os braços impedindo que a mesma saísse da barraca – Não pode se arriscar assim!

- Tá tudo bem Anne – A garota saiu da barraca sem muita dificuldade com uma maleta comprida em mãos – Aliás, eu sou a mais velha

- O que é isso? -  Ariela perguntou se aproximando de Katrina

A garota abriu a maleta revelando um fuzil guardado. Alguns jovens soltaram uns “uau” enquanto outros apenas admiravam. Katrina tirou a arma da maleta e desmontou a mira e o tripé e partiu rapidamente para a floresta debaixo da chuva

 

Uma hora depois

 

- Já faz quanto tempo que ela saiu? – Keana perguntou encarando a entrada da floresta

- Faz uma hora – Alex respondeu olhando para seu celular

- O que será que aconteceu com ela? – Emma perguntou preocupada

- Ela provavelmente se perdeu – Andrew respondeu enquanto andava em círculos

- Anne, você tá chorando? – Hanna perguntou para a garota que escondia o rosto com as mãos

- N-não, eu tô bem – Anne respondeu de dentro de sua barraca – Só estou preocupada com minha irmã

Enquanto tentavam acalmar Anne, a porta da casa de madeira foi aberta brutalmente

- O QUE VOCÊS FIZERAM?! – Bruno estava na porta lutando para ficar de pé – ELE VAI MATA-LA

-Bruno você precisa se acalmar ou seus pontos vão abrir – Zakyia estava ao lado do garoto tentando leva-lo de volta pra dentro

- NÃO! ELE VAI MATA-LA – Bruno sentou nas escadas segurando o braço que voltará a sangrar – O que vocês fizeram

- Você é estupido de nascença ou se faz?! – Addison gritou indo até Bruno – A porcaria dos pontos vão abrir. Não tem nada na floresta, você teve alucinações

- AAAAAAAAAAAH – Um grito feminino foi ouvido da floresta e ecoou em alto e bom som até o acampamento

- Ai meu Deus, foi a Katrina – Anne levantou em um pulo com lágrimas escorrendo em seu rosto

A chuva voltou em força máxima e o vento ameaçava mandar tudo pelos ares

- EU AVISEI – Bruno gritou levantando com dificuldade – ELE A ENCONTROU

O vento soprava agressivo e as árvores quase encostavam no chão, perto da floresta um figura começava a se formar. A criatura era monstruosamente alta e seus olhos eram vermelhos como sangue.

- QUE MERDA É AQUELA? – Andrew gritou apontando para a criatura que os observava

- É A FERA DE OLHOS VERMELHOS QUE ME PEGOU NA FLORESTA – Bruno gritou correndo pra dentro da casa

A chuva aumentou e a criatura começou a se aproximar, ninguém conseguia se mexer, estavam paralisados. O monstros dava passos lentos e ria do medo dos adolescentes. Todos estavam desesperados e tremendo.

A fera chegou até as barracas e encarou rindo todos aqueles jovens derrubando lágrimas desesperadas que se misturavam com a chuva. Os 13 perceberam que ele carregava um corpo em suas costas, ao olharem mais perto viram que era Katrina repleta de cortes em seu corpo.

Ele jogou o corpo da garota nos pés da irmã que tentava desesperadamente se mexer e deu uma boa olhada com seus olhos vermelhos para todos os presentes.

- Boa sorte – A fera falou com uma voz arrastada, assustadora e grossa. Virou de costas e desapareceu.

Continua...


Notas Finais


E então, o que acharam?

Eu sinceramente gostei pacas, sei lá

Espero que tenham gostado e me perdoem a demora T-T


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...