História O Acaso do Destino - Jikook - Capítulo 46


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Blackpink
Personagens Jennie, Jeon Jungkook (Jungkook), Jisoo, Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Lisa, Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais, Rosé
Tags Revelaçao mudança
Visualizações 173
Palavras 480
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Crossover, Ficção Científica, Lemon, LGBT, Musical (Songfic), Romance e Novela, Yaoi (Gay)
Avisos: Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 46 - Narration 23


Jeon Jungkook...

Estava a mais ou menos duas horas esperando o Jimin chegar, e nada daquele baixinho. Sem contar que a Eomeoni dele fica me perguntando sobre ele. Mais tarde a Hanul acordou e veio andando até a sala.

— Appa... — chamou a pequena com os bracinhos para cima.

— Oi pequena.. — disse e a peguei no colo.

— Então, quer dizer, que essa é a minha neta? — perguntou a Chin-Hwa 

— Sim. Essa é a Han... — fui interrompido pelo telefone fixo tocando...


JK: Alô..
ER: Bom dia! É o Sr. Jeon Jungkook quem fala?
JK: Sim, qual é o motivo dessa ligação? 
ER: Ah sim.. É do hospital Central. É que o Sr. Park Jimin está internado aqui. E peço para que venha fazer a ficha dele.
JK: O QUE OUVE COM ELE? 
ER: Eu peço que o Sr se acalme.

Dito isso, eu desligo o telefone e vou correndo para o quarto pegar uma bolsa reserva que o Jimin deixa pronta para emergências. Pego - a e saio correndo até o meu carro na garagem. Vejo a Sra Park me segui e entrar em seu carro, seguindo - me até a casa do Jin.

— Jin, por favor, fica com Hanul para mim. É um caso de extrema emergência. — disse colocando a Hanul no colo do Jin e lhe dando a bolsa com a outra mão. 

— Me fale. O que ouve? — perguntou ele vendo o meu desespero — Quem é essa mulher?

— Seok, eu prometo responder todas as suas perguntas mais tarde, mas por favor me deixa ir. É de extrema importância. — Supliquei 

— Tá, vai.. — Ele diz e eu saio.

— Quem é esse homem? — Perguntou a mais velha

— É o melhor amigo do Jimin, e um dos padrinhos dela. — expliquei e entrei no carro logo saindo.

Chego no hospital correndo, indo logo para a recepção.

— Eu sou representante do Park Jimin que deu entrada aqui nessa manhã. Vim preencher a ficha dele. — disse exasperado

— Aqui está.. — Me entregou um prancheta onde eu fiquei uns vinte minutos preenchendo.

Depois de um tempo estimado o médico aparece chamando pelo meu nome. A eomeoni foi embora, recebeu uma ligação e foi correndo resolver.

— Sr. Jeon? — Chamou o mesmo.

— Sim, aqui estou. — levantei desesperado

— Lamento informar mais o bebê não sobreviveu, sinto muito. — Disse cabisbaixo 

— E ele? — Perguntei com os olhos vermelhos por causa das lágrimas que eu segurava.

— Eu sinto muito, ele está em coma e não acordará nem tão cedo. — disse ele ainda cabisbaixo

Não pensei muito só soltei as lágrimas.

— P-posso vê - lo? — Perguntei com a voz falha.

— Sim, me siga. — Assenti e o seguir.

Entro na sala, encontrando ele com vários aparelhos em sua volta e alguns roxos nos braços.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...