1. Spirit Fanfics >
  2. O Acaso do Destino - Jikook >
  3. Nova Rotina

História O Acaso do Destino - Jikook - Capítulo 12


Escrita por:


Notas do Autor


Só para deixar claro...

Jimin e Jungkook não oficializaram a relação deles, ok?

Capítulo 12 - Nova Rotina


Os pais do Taehyung chegaram, e ele voltou para casa. Por que seus pais obrigaram ele a ir para casa. Com sua família - pai, mãe - o obrigando a terminar com o Jimin, ele fez esse ato. Ele ainda gostava do Park, o problema era que sua família via somente os contra essa reação. Os Park's estavam em uma perfeita harmonia, e o Jeon junto.

Jimin sempre no tédio e com dores, o Jungkook se tornou muito mais que amigo do Jimin - pode ter certeza disso - passam o dia rindo e sendo o que seriam se fossem casados.

O dia deles já havia começado, Jimin estáva no escritório da casa. E Jeongguk no quarto de Jimin brincando com a Hanul. Jimin estáva começando a revisar alguns papéis da empresa do seu pai - que alega que o Jimin tem que tomar conta o quanto antes -.

Suspirando a cada três segundos, se assusta quando três toques soam na porta.

- Entrem.. - gritou audível.

- Tem alguém precisando se alimentar.. - cantarolou Jungkook abrindo a porta

- Vamos na cozinha, a Channie disse que vai dar um leite para ela na mamadeira. Para que evite que eu sinta dores. - disse Jimin suspirando.

- Então tá.. - seguiram até a cozinha onde Channie estava sentada mexendo no celular.

- Channie... - Jimin chamou a mulher assustando a mesma. - Que susto foi esse? - perguntou rindo

- A-ah Jiminie... - olhou assustada para o Jimin. - Biscoito.. - saudou e recebeu um sorriso em troca

- Por que esse susto? - perguntou  Jimin se aproximando.

- N-nada.. - sorriu disfarçando.

- Bom, eu vim buscar a mamadeira. - disse Jimin olhando a mesma.

- Tá' ali no aquecedor de mamadeiras, na pia. - apontou para a pia.

- Me espera no meu quarto. - disse Jimin para Jungkook.

- Tá'.. - respondeu e saiu com a Hanul no colo.

- Vocês... - insinuou algo com as mãos, sorrindo maliciosa - Sabe... Cama... - disse e Jimin entendeu.

- Não!! Claro que não. - disse o mais novo.

- Sei... - sorriu maliciosa.

- É sério. - disse Jimin olhando a Chang.

- Sei.. - murmurrou - Pelo menos um beijinho já rolou...? - perguntou

- Chang... - Jimin repreendeu a mulher

- Ah Jimin... Não negue o que está óbvio. - disse e foi pegar a mamadeira.

- Mas... - disse se aproximando da mais velha. Mas a mulher o interrompeu.

- Vai mentir pra mim? - perguntou sarcástica.

- Não estou mentindo. - disse indignado.

- Tá bom Jimin.. - disse irônica. - Jimin, vocês sozinhos na quarta nessa casa. Você quer que eu acredite que você e ele não fizeram nada. - sorriu - O Taehyung acredita - disse sorrindo. - Mas eu não. - disse séria.

- Você me assusta. - pegou a mamadeira da mão da mais velha. - Beijei mesmo. E vou beijar de novo. - disse assim que se afastou.

- Eu quero vídeo. - gritou.

Jimin subiu as escadas correndo, logo adentrando seu quarto. E viu Jeon debruçado no berço.

- Jimin, ela dormiu. - disse Jungkook ao ouvir a porta se fechar.

- Não tem problema. - colocou a mamadeira na escrivaninha.

- Bom... vou para o meu quarto. - disse e  se afastou.

- Espera! - Jimin disse

- Sim?! - perguntou retoricamente.

- Então... Sobre o beijo... - disse tímido.

- Eu sei... Era pra esquecer, né? Bom, é isso que eu estou fazendo. - disse e ia sair

- Em nenhum momento eu disse para esquecer. - disse Jimin fazendo Jeon travar. - E eu ia dizer que... - Jungkook completou.

- Quer ele de novo?! - perguntou com a voz grossa se aproximando

- Eu não ia... - foi interrompido pelos lábios do Jeon em contato com os seus.

Eles foram andando cegamente, até a cama, onde Jimin caiu de costas e Jeon logo em cima. O beijo foi separado por alguns segundos, - tempo o suficiente para Jeon deixar alguns chupões - antes dos lábios se juntarem novamente. As mãos do Jimin passeavam pelos cabelos escuros do Jeon, enquanto ambas as mãos alheias - do Jungkook - estavam em sua cintura em um carinho básico.

Jimin inverteu as posições, ficando em cima do Jungkook juntando seus corpos ainda mais. Jimin se mexia tentando ficar confortável, o Jeans - grosso - do Jungkook se mesclando com a - grande - ereção, machucava o Park que estava apenas com uma calça moletom.

- P-por favor... - suspirou - N-não se mexa... - segurou a cintura do Jimin

- Por que? - perguntou inocente.

- Só por favor, não se mexa. - o Jeon disse.

- Se você disse que não é para me mexer... - disse olhando no fundo dos olhos alheios - ... aí é que eu vou fazer..

- Não pode. - disse autoritário.

- Você que manda. - se levantou olhando para o berço.

- Compreensivo você. - disse sorrindo

- Só um pouco. - sorriu.

- Saudade desse sorriso. - disse Jungkook audível para si mesmo.

- Disse algo? - perguntou Jimin

- Sim... - respondeu - Eu apenas disse que deveria te beijar novamente.

- Algo te impede? - perguntou Park

- A Hanul?! - perguntou retórico.

- Ela... - os lábios dos dois se juntaram novamente só que agora com mais ousadia. Jimin - que antes estava em pé perto do berço - foi para a cama, deitando em cima do Jungkook.

Jimin segurava o rosto do Jungkook com ambas as mãos em seu rosto. Por outro lado Jungkook apertava com maestria as nadegas alheias. Foram interrompidos pelo chorinho da Hanul.

Deram mais alguns selinhos antes de se separarem.

- Vou pegar a Hanul.. - disse Jungkook.

- Vou na cozinha esquentar a mamadeira, já esfriou. - disse cansado.

- Não sei como.. Mas vai lá... - disse e sentou na cama.

Jimin foi na cozinha e viu Chang entretida no telefone de novo. Porém agora soltando risadinhas.

- De novo, né? - perguntou Jimin

- Agora eu estou vendo publicações no Instagram. - respondeu levantando as mãos. - Tá' fazendo o que aqui?

- Vim esquentar a mamadeira da Hanul. - disse e foi até o aparelho em cima da pia.

- E esses lábios enxados? - perguntou seguindo Jimin

- D-da onde tirou isso? - perguntou passando os dedos no canto da boca..

- Seus lábios enxados, uma mancha vermelha no seu pescoço. - analisou o corpo alheio - E a camisa amarrotada.

- A-Ah Channie... Não posso esconder nada de você, heim?! - perguntou retoricamente - Rolou beijo sim.

- Apenas beijo? - perguntou cutucando Jimin com o cutuvelo.

- Ah Chang!!! - reclamou e saiu com um bico até seu quarto.

Ao chegar no cômodo, viu Jungkook andado de um lado ao outro com a Hanul - chorando - no colo.

- Não posso sair por cinco minutos que já chora? - perguntou Jimin chateado.

- Calma.. - disse Jungkook.

- Vou dar mamar a ela. - sentou na cama.

- Da mamadeira, né? - perguntou Jungkook olhando.

- Não. Do peito mesmo. - respondeu.

- Da a mamamadeira. - disse Jungkook.

- Tem algum problema nisso? - perguntou Jimin abrindo os botões iniciais da camisa social.

- É... - travou - Nada..

- Tá bom.. - respondeu pegando a menina do colo alheio.

- Jimin, você tem certeza? - parou - Ah... sei lá. Você sente dores sempre. Deveria evitar. - respondeu coçando a nuca

- Tá bom.. - pegou a mamadeira no criado mudo - Vamos ver se ela pega. - colocou na boca da menina que grudou no bico.

- Ela não só pegou, como também, adorou. - Jeon sorriu abertamente.

Após alguns minutos, a mamadeira foi esvaziada pela menina comilona...

- Acho que não acordará durante um bom tempo. - disse Jimin deitando a menina no berço.

- Também acho. - respondeu o mais velho abraçando o Jimin por trás.

- Vou voltar para os meus afazeres. - disse e saiu do quarto. Mas antes dando um selinho no Jungkook.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...