1. Spirit Fanfics >
  2. O Acaso Do Destino >
  3. Prólogo

História O Acaso Do Destino - Capítulo 1


Escrita por:


Capítulo 1 - Prólogo




desde pequena eu tinha um melhor amigo, fazíamos tudo juntos mesmo que ele fosse 9 anos mais velho, desde que me lembro ele participava da minha vida, ate os meus 15 anos ele participava de todos os meus bailes na escola como meu acompanhante apesar das professoras parecerem placas neons escrito em cada testa " me come", nasci antes do tempo para salvar a vida dele, meu nome foi escolhido por ele mas naquele dia... tudo mudou

eu o vi... com ela.... 

naquele dia eu soube que eu não era a unica na vida dele, como também jamais seria uma mulher... nunca passaria da irma mais nova de coração que os pais dele não puderam ter, então ignorei qualquer proximidade que tivemos um dia quando veio a todo sorriso apresentar sua namorada a "irmãzinha" sorri minimamente e quando tive chance sumi da vista de todos, tirei meus sapatos e deixei que meus pés tocassem a areia molhada da praia, caminhei lentamente deixando que as ondas entendessem e levassem o peso que ficou no meu coração, fiquei de costas para a casa de ferias e suspirei sentindo o vento forte balançar meus cabelos soltos aos 17 anos e tenho a total certeza daquilo que neguei por anos " eu sou apaixonada por Shinki " eu sempre quis algo como o dos meus pais ou coisa parecida mas isso... ele nem se quer me enxergava

Saya: Katsuo, agora não é uma boa hora para encher minha paciência - resmunguei voltando a caminhar

Shinki: achei que me reconhecesse pelo perfume - rebate e tenta me acompanhar, paro no lugar

Saya: o que esta fazendo aqui - resmungo e volto a olhar as ondas

Shinki: se não notou, esta longe o suficiente - fala e sinto se aproximar - por que saiu ? - pergunta depois de um tempo

Saya: preciso pensar, tinha uma decisão para tomar e só tinha uma coisa que me prendia aqui - respondo sendo em partes sincera

Shinki: tinha ? prendia aqui ? - pergunta e sorrio de lado

Saya: eu vou para a faculdade - falo ainda sorrindo de lado.... só que um sorriso que transmite adeus

Shinki: isso é bom não é ? - pergunta confuso

Saya: eu vou para o outro lado do pais No Sabaku - respondo continuando a olhar pra frente e ele me puxa pra ele me obrigando a olha-lo

Shinki: como assim outro lado do pais ? - pergunta irritado

Saya: eu estou apaixonada - sussurro e sinto as lagrimas virem mas me forço a ser fria a todos os meus sentimentos

Shinki: você ainda é uma criança Saya, não sabe o que é estar apaixonada - praticamente grita, sei sim... Infelizmente sei

Saya: eu realmente gosto dele, ele me faz ter borboletas no estomago toda vez que me olha, sinto meu coração acelerar toda vez que o vejo, um frio na barriga toda vez que ele sorri pra mim - me solto dos seus braços apenas para mentir - meu coração erra uma batida quando ele me beija - solto um suspiro - eu sei o que é estar apaixonada - resmungo e volto a olhar pra ele

Shinki: ele te beijou ? - pergunta incrédulo, de tudo que ele ouviu só prestou atenção nisso ? é serio isso ?

Saya: beijou - volto a olhar pra frente

Shinki: quem é o filho da puta desgraçado que vai ser capado - rosna com raiva

Saya: eu não sou mais uma menina Shinki, se não notou eu cresci - grito com raiva - ele me prendia aqui mas ele também vai para a mesma faculdade que eu então nada me prende - termino e solto o ar que nem notei estar prendendo de tanta raiva

Shinki: e quanto a eles.... quanto a mim - pergunta voltando a segurar nos meus braços

Saya: eles vão ficar bem e você já tem alguém...- doeu admitir isso - ninguém precisa de mim aqui, então eu vou atras daquele que um dia pode ser meu futuro - doeu mais ainda admitir isso e ainda mais em voz alta

Shinki: você sempre vai ser minha irmãzinha - fala bagunçando meus cabelos

Saya: aaah não, já basta Katsuo para fazer isso - falo me afastando dele

Shinki: eu quero saber quem ele é - fala voltando ao assunto

Saya: vai saber se for ao nosso casamento - respondo indo pra longe

Shinki: Saya - chama e eu apenas respiro fundo

Saya: tchau, Shinki - respondo de volta

Shinki: isso esta parecendo um adeus, é por causa dele ? - pergunta e me viro para ele

Saya: 4 anos Shinki, eu não vou voltar nesse tempo... então deixo como um ate logo - sorrio minimamente e continuo meu caminho

se ele soubesse naquele dia que o "ele" tinha nome, sobrenome e estava bem na minha frente acho que teria sindo pior e tive a certeza que não o veria nunca mais, mas como o destino é uma cadela e a sorte é uma vadia eu não podia estar mais errada....










Notas Finais


Eu sei que demorei mais de dias para postar porém a espera vai valer a pena, quem quer viver mais essa aventura comigo?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...