História O Acordo - (IMAGINE KIHYUN) - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Monsta X
Tags Kihyun, Monsta X
Visualizações 149
Palavras 977
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Romance e Novela
Avisos: Álcool
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Minha mais nova fic, espero que gostem e perdoem os errinhos! ❤️

Capítulo 1 - Você sabe quem é Yoo Kihyun?


S/N on:

Nunca imaginei que minha vida mudaria tanto em tão pouco tempo como aconteceu. Menos de um mês atrás, meus pais sugeriram que eu fizesse intercâmbio para a Coréia do Sul e eu, meio que no impulso aceitei. Só não imaginei que seria tão rápido, agora, a caminho do aeroporto, estou pensando em como o tempo voou e, daqui a algumas horas, estarei na Coréia do Sul para viver uma nova vida. 

Sou mestiça, meu pai é coreano e minha mãe brasileira. Eu nasci e sempre morei no Brasil, mas falo coreano perfeitamente porque em casa eu e meus pais conversávamos apenas nesse idioma para que eu aprendesse, caso algum dia precisasse - como agora. 

Quando chegou a ora do meu vôo fui me despedir de meus pais.

Mãe: Você vai ficar bem mesmo, filha? 

 

S/N: Claro que sim, mãe! - respondi sorrindo. 

 

Pai: Aproveite seu tempo lá, S/N, tenho certeza que você voltará com boas memórias. E ligue sempre.

 

S/N: Pode deixar, vou ligar todos os dias.

 

E logo depois embarquei. No avião fechei meus olhos, pensando que iria dormir e só acordar na minha nova vida. 

 

*Tempo depois*

 

Quando desembarquei no aeroporto, uma funcionária da escola que eu iria estavam me esperando. 

 

Funcionária: Olá! Você deve ser a S/N.

 

S/N: Sim, sou eu mesma. - Respondi segurando um bocejo. Eu estava exausta da viagem. 

 

Funcionária: Vamos, eu vou te acompanhar até a escola e te explicar tudo.

 

Eu assenti e a segui.

 

*Chegando na escola*

 

A escola era gigantesca, com quatro prédios enormes e um belo pátio, cheio de árvores, que mais parecia um parque. Haviam alunos comendo, estudando e conversando por toda a parte e eu olhava tudo admirada com o que via.

 

Funcionária: A nossa escola, como você já sabe, é um internato, ou seja, os alunos moram na escola e só vão para casa aos domingos, mas, no seu caso, como é intercambista ficará lá sempre. Temos dois prédios com dormitórios, o feminino e o masculino e você terá uma colega de quarto. As meninas são proibidas de entrar no dormitório masculino e vice versa. 

 

S/N: Entendi. - Falei, tentando processar tudo que ela falava, apesar de já ter ouvido a maioria dessas informações. 

 

Funcionária: E ali - apontou para um dos prédios- é o dormitório feminino, onde você ficará. Aqui está a chave com o número do seu quarto - ela me estendeu a chave que tinha o número 239 e eu a peguei. - Qualquer dúvida é só perguntar a mim ou a algum outro profissional. 

 

S/N: Okay - respondi. 

 

Logo em seguida, fui andando para o dormitório feminino e encontrei meu quarto. Era pequeno, com duas camas, uma desta estava já arrumada e com alguns livros em cima, com certeza a minha colega de quarto já tinha chegado, mas não estava no quarto no momento. 

Coloquei minha mala na cama e observei pela janela o pátio da escola. Eu nunca tinha visto um lugar tão lindo. Terminei de arrumar minhas coisas nos armários e corri para fora, afim de conhecer o lugar. 

Fui andando rapidamente pelos corredores observando tudo em volta, com certeza era a maior escola do mundo e muito bonita por sinal. Estava tão perdida em meus pensamentos que ao curvar em um corredor acabei tropeçando e, para piorar caí em cima de alguém, que se desequilibrou e caí no chão em cima da pessoa. Meu Deus, que vergonha! Olhei para baixo e vi que era um menino, que me encarava visivelmente irritado.

 

Ele: Aish, você não vai sair? 

 

Me levantei rapidamente.

 

S/N: Me desculpe. - disse me curvando e logo em seguida estendi a mão para ajudá-lo a levantar, mas ele recusou ficando em pé sozinho. 

 

Ele: O que foi isso? Uma maneira desesperada de se declarar? - ele debochou. 

 

S/N: O queeeee? - perguntei sem acreditar no que tinha ouvido. - Quem você está pensando que é?

 

Ele: Yoo Kihyun. E você...? Ah, nem preciso saber, antes que você termine de se declarar, eu não tenho interesse. 

 

S/N: INTERESSE? KKKKK - ri alto e ele pareceu confuso. - Ya! - falei me aproximando dele. - Se ponha no seu lugar, foi só um acidente, eu não ia nunca me declarar desse jeito e muito menos para alguém como você!

 

Kihyun: Alguém como eu? - ele riu.- Você é novata aqui? 

 

S/N: Sim, por que? - perguntei com ignorância. Nem conhecia aquele garoto e já o detestava. Como poderia ser tão arrogante assim?

 

Kihyun: Porque com certeza você não sabe quem eu sou. 

 

S/N: E não tenho o menor interesse em saber! - Disse me virando e saindo dali.

 

Ótimo jeito de começar minha nova vida! Discutindo com um nojento. Yoo Kihyun. Eu não vou esquecer esse nome, esse garoto ainda vai se ver comigo! 

Entrei no meu quarto batendo a porta e só depois percebi uma menina sentada na outra cama, me olhando com cara de assustada. 

 

S/N: Ah, olá! - a cumprimentei. - Desculpe entrar assim, eu sou a S/N, vim do Brasil, você deve ser minha colega de quarto.

 

Ela sorriu abertamente e se levantou me cumprimentando.

 

Yang Mi: Muito prazer, S/N, eu sou Yang Mi, vamos nos dar bem! Eu preciso perguntar, o que aconteceu para você entrar irritada desse jeito?

 

S/N: Ah - falei, me irritando ao lembrar do ocorrido. - Eu esbarrei num idiota, na verdade eu caí em cima dele e o cara foi um ignorante comigo, ótimo jeito de começar na Coréia - disse me sentando na minha cama.

 

Yang Mi: Ah, meu Deus! Então foi você que arrumou confusão com o Kihyun! 

 

S/N: Como você sabe? 

 

Yang Mi: Acabei de receber uma mensagem, todos na escola estão falando disso!

 

S/N: Por que todos estão falando disso? Nem foi uma briga, só uma discussão. - perguntei confusa. 

 

Yang Mi: S/N, você sabe quem é o Yoo Kihyun?


Notas Finais


Me digam se vcs querem que continue! ❤️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...