1. Spirit Fanfics >
  2. O acordo Jikook >
  3. Capítulo 3

História O acordo Jikook - Capítulo 4


Escrita por:


Notas do Autor


Olá gente, desculpa por ontem, eu fiquei meio desanimada e até cheguei a excluir a fanfic, porém alguns leitores me incentivaram a voltar.

Eu sentei em frente ao computador e tentei escrever de forma livre, sem me pressionar, e até que eu gostei do resultado.

Espero que vocês gostem, e muito obrigada por cada palavra de incentivo, por cada favorito, porque querendo ou não isso é um incentivo é tanto para nós escritoras novatas.
É isso!

Boa leitura

Capítulo 4 - Capítulo 3


Capítulo 3

Vestido prt.2



— S-sabe o que é, eu meio que sou tímida e não gosto de me trocar na frente dos outros. — digo tentando convencê-la


— Já te disse que não precisa ter vergonha, mas se você prefere assim, tudo bem. — ela diz saindo da sala.


Quando percebo estar sozinho novamente, eu começo a tentar pôr o vestido. Era um vestido, cauda de sereia, com bastante brilho, mais bem delicado também.


Pego o vestido e tento pássalo por minha cabeça, com isso acabo fazendo a peruca em minha cabeça enganchar no vestido, tento puxa la, porém foi a pior decisão que pude tomar, ao tentar puxar o cabelo acaba por soltar algumas pedrinhas da parte traseira do vestido, não havia soltado muitas, mais para um bom admirador era o suficiente.


— Merda, merda, merda — pronuncio já estressado tanto pelas pedrinhas caidas, como pela dificuldade de pôr o vestido. — Mais que coisa apertada. — digo forçando o vestido a passar por meu braço.


— Querida, ta tudo bem? Precisa de ajuda? — escuto a voz da estilista, do outro lado da porta.


— Ta, ta sim, é moleza por isso aqui né — Minto, enquanto gritava de volta para a mesma.


Continuo a força o braço para dentro do buraco, o vestido era apertado demais, então tava tendo muita dificuldade para passar, essa que logo “passa”.


— Nada é impossível para mim — digo orgulhoso, após conseguir passar o braço esquerdo pelo tecido.


Mas logo percebo que, não havia entrado nem metade do vestido e eu já estava comemorando, e lá fui eu tentar novamente, agora com o braço direito.


Depois de muita dificuldade para por aquele vestido, que meu Deus, o troço apertado, apertou tudo, literalmente tudo.


Após verificar se estava tudo nos conformes, tanto o vestido como a peruca, - que eu coloquei novamente — Chamo a estilista, essa que lembrei se chamar Sora, em uma das conversas das mais velhas no carro.


— Sora — a chamo, já que depois de muito tentar eu consegui por o abençoado do vestido.


Ela entra rápidamente, após eu permitir sua entrada.


— Da uma voltinha para mim ver. — ela diz contente, enquanto me olhava atentamente.


Dou uma volta para ela, lhe mostrando como havia ficado o vestido.


— Ta perfeita. Agora só falta mostrar para elas. — ela diz sorrindo.


Assinto e ela logo vai até à porta novamente a abrindo, dessa vez me dando passagem antes.


Passo por ela, logo indo aonde as mais velhas estavam. Assim que chego mais perto, elas param de conversa e passam a me focar.


Elas me olhavam admiradas, Sanna não parava de sorrir, como a bochecha dela não dói?


— Você ta linda — Sanna é a primeira a se pronunciar, logo vindo em minha direção.


— Obrigada! — digo tímido.


— Ficou perfeito o vestido. — mamãe diz, e logo também começa a caminhas em nossa direção.


Sorrio tímido para elas.


— O vestido realmente ficou espetacular nela, digamos que ela também ajudou, com um corpo desse até de saco plástico e capaz de ficar bonita. — Sora diz, agora que percebi que ela estava do meu lado, como ela chegou sem fazer barulho?


Após a fala de Sora todas da sala riem de forma contida.


— Bem, foi ótimo te ver Sora, mas a gente ainda tem que ir ver o buffet do casamento, então Minah querida vá se trocar a gente precisa ir. -Sanna diz para mim.


— Jungkook vai com a gente Sanna? — Minha omma pergunta.


Após minha mãe dizer isso a olho nós olhos, e lhe dou um sorriso amarelo como uma forma mude de dizer que eu não queria que ele fosse.


— Vai sim. — ela diz já pegando o celular, provavelmente vai ligar para ele.


— Bem vamos Minah, tirar o vestido. — Sora diz, logo começando a caminhar de volta até a cabine onde estavamos antes


Olho novamente para minha mãe, porem essa apenas ignora novamente. Percebo que ela não iria me dar a devida atenção, apenas me dou por vencido e passo a seguir Sora de novo.


Assim que adentramos a sala, ela logo se pronuncia.


— Olha sei que é tímida, mas me deixa pelo menos abrir o zíper do vestido, até porque quando você virou eu percebi que caiu algumas pedrinhas do vestido — ela diz e eu a olho assustado, e, ao mesmo tempo embaraçado por ela ter dado falta das pedrinhas


— Ahn sobre isso desculpa foi na hora de pôr. — digo mais logo relembro o que ela disse. — pera disse que quer me ajudar com o zíper? Que zíper. — pergunto confuso.


— Oras, o que está nas costas do vestido, o mesmo que você usou para pôr o vestido. — arregalo os olhos e ela percebe. — Não me diga que você não viu? — ela diz desacreditada, mais não brava.


Apenas sorrio de canto, olhando para baixo, agora ainda mais envergonhado.


— Hei não tem problema ok. — ela diz.


Para evitar mais embaraço eu apenas me viro e deixo ela abrir o vestido, não tinha problema já que só as costas ficariam de fora.


Percebendo meu ato, ela logo se poem a abrir o fecho-ecler do vestido. Quando ela termina de abrir, eu a olho como se dissesse mudamente que queria que ela saísse, ela parece compreender, já que se vira é caminha até a porta, logo saindo.


Termino de tirar o vestido, agora sem mais dificuldade. Coloco minha roupa de antes, e verifico no espelho da sala se não tinha nada fora do lugar, se é que me entendem.


Assim que termino saio por conta própria da cabine, e vejo Sanna e Min-ji se despedindo de Sora, caminho até elas.


— Vamos? — digo baixo.


- Tchau Sora — Sanna e omma dizem em conjunto, e logo começamos a caminhar até a saída.


- Adeus meninas, e Minha, parabéns pelo noivado. - Responde Sora.




Assim que chegamos até a entrada da loja, percebo que o carro em que começamos a ir em direção não era o de Sanna. O carro era tão chique quanto o dela se não mais.


- Ué, esse não e o carro da Sanna — sussurro para minha omma, que caminhava ao meu lado em silêncio.


— Esse carro é do Jungkook — a olho rápidamente.


— Do Jungkook? — pergunto confuso, porque a gente iria ao carro dele, quando o de Sanna estava logo ali.


— Sim, eu e Sanna achamos melhor ele te levar até lá, e nos duas irmos no carro dela, ela disse que isso é uma forma de vocês se aproximarem. — explica.


— Mas eu não quero. — Ela me olha com tédio


— Jimin, lembra do nosso combinado. — ela diz quase que mudamente, já que Sanna estava bem perto de nós.


Não é possível, agora além dele ir ajudar a escolher a comida do buffet ainda vou ter que ir com ele…




A Minah porque eu fui aceitar isso…






Notas Finais


Continuo??


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...