1. Spirit Fanfics >
  2. O Agente da PSB (Policía Sobrenatural do Brasil) >
  3. Capítulo 10: Onde está você? (Parte um)

História O Agente da PSB (Policía Sobrenatural do Brasil) - Capítulo 14


Escrita por:


Notas do Autor


Para o entendimento do leitor:
Sasuke Uchiha acaba desaparecendo depois de aparentemente um mês do caso de Lexis Serafim, e para encontrá-lo Naruto e Hinata irão até a mansão Uchiha onde também desapareceu Itachi, irmão mais velho de Sasuke.
Capítulo narrado por: Naruto.

Capítulo 14 - Capítulo 10: Onde está você? (Parte um)


Fui até a cela de Sasuke e como dito por Ino tinha um buraco na parede que dava para o lado de fora. Lembrei da câmera de segurança e fui até a salade vigia.

- Lee! - Digo entrando na sala.

- Sim? - Ele pergunta com um sorriso mas,  logo se desmancha ao me ver. - Naruto o que aconteceu?  Por que está a fazer esta expressão? 

- Sem tempo pra explicar! Será que dá pra você olhar a câmera de segurança da cela do Sasuke? - Pergunto.

- Vou tentar! Não espere muita coisa. - Disse.

- Ok.

Ele começou a procurar e depois me perguntou que gravação eu queria, eu disse que a de hoje mais cedo. O vídeo estava na tela, Sasuke estava deitado na cama, mas, então ele senta com a mão no pescoço e  de repente ele se debruça sobre a cama, sua pele começa a ficar novamente com os sinais que vi da última vez com o Orochimaru. Ele cai da cama e começa a se contorcer, depois por um momento ele para e fica de joelhos em seguida ele levanta e começa a se jogar na parede e outras vezes jogar coisas na direção da mesma, depois que ele consegue quebrar ele sai da cela com um pouco de dificuldade por causa da luz do sol.

- Mas o que?! - Vejo Lee exclamar. - O que acabara de acontecer?

- E-eu também não sei.  - Digo em seguida saiu em direção para o escritório de Sakura.

No caminho não parava de pensar no motivo dele ter ficado daquele jeito, com certeza ele teria sido forçado pois em santa consciência ele não teria saído no sol.

- Sakura! - Entro na sala sem mesmo bater.

Sakura estava conversando com Hinata quando entrei e dando o pagamento dela desse mês,  Hinata é uma policial que entrou depois que eu sai junto com seu primo Neji.

- Naruto? - Perguntou Sakura.

(...)

- O Sasuke não foi levado, ele saiu sozinho. - Eu digo.

- Como sabe? - Ela perguntou.

- Fui até a sala de vigia do Lee. - Respondo. - Vocês não tinham pensado nisso?

- Não. - Ela respondeu.  - Não me importei.

- É pensei. Sakura eu vou atrás dele. 

- Sozinho? Olha Naruto sem querer te ofender mas, o Sasuke é mais forte que você raposinha. - Dissr Ino.

- Eu não vou sozinho. Vou com a Hinata. - Eu digo mostrando Hinata do meu lado.

- Hein? - Diz Hinata confusa.

- É, você vai comigo pra encontrar o Sasuke. - Digo.

- Tá.  Hina você vai com o Naruto. - Sakura falou.

- O-Ok... 

Fora da sala...

- Naruto. - Ouço Hinata me chamar.

- Sim? - Digo me virando pra ela.

- Por onde o senhor quer começar? Sabe, ele pode ter ido para muitos lugares.

- Pensei em começar na mansão da família dele. Ele pode ter ido para lá ver o irmão.  - Explico.

- Ah! Faz total sentido senhor.

- Bem, é melhor irmos. Quanto mais depressa mais cedo chegamos.

- Sim! - Ela diz.

Pegamos o carro e fomos até a mansão,  chegando lá fomos atendidos por uma serva que disse que os seus senhores - no caso Itachi e Sasuke - não estavam.

- Itachi também sumiu? Isso é estranho, ele não tinha como desaparecer assim. - Digo jjá estando de volta no carro.

- Será que o senhor Sasuke e o senhor Itachi não estão juntos? Eles podem ter ido para o mesmo local. - Diz Hinata.

- Pode ter sido, mas, onde? - Pergunto pra mim mesmo em voz alta.

- Não sei senhor...

(...)

Cheguei em casa a partir das duas da manhã, fiquei procurando pelo Sasuke a noite toda, mas, ficar em casa me deixou mais ansioso para sair e o encontrar. Quando já era cinco da manhã Sakura me ligou.

"- Naru? Ei! Naru! - Ela disse do outro lado da linha.

- Sim? - Perguntei ainda sonolento.

- Ah... que bom! Achei que havia morrido.

- Por quê?  - Perguntei.

- Bem, você sabe. Você não devia ficar acordado por tanto tempo e também não deveria ficar rondando pela cidade. - Ela disse me repreendendo. 

- Eu sei. E por isso não deveria estar me ligando cinco da manhã!  - Gritei.

- Ah! Me desculpe pode voltar a dormir. Boa-noite." 

Como dito desliguei e voltei a dormir.




Notas Finais


Esse capítulo terá parte dois. Espero que tenham gostado, me perdoem pelos erros ocorridos.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...