História O Alfa (Imagine Park Chanyeol - EXO) - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Kai, Kris Wu, Lay, Lu Han, Sehun, Tao, Xiumin
Tags Chanyeol, Exo, Imagine, Imagine Chanyeol, Imagine Kpop, Lobos, Sobrenatural
Visualizações 83
Palavras 993
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Hentai, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Universo Alternativo
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


B
O
A
-
L
E
I
T
U
R
A
-
(S/N) Bjoos....

OBS:. Daqui a algumas semanas podemos ter uma capa novaa ^^

Capítulo 5 - Aliados e Apagados


Fanfic / Fanfiction O Alfa (Imagine Park Chanyeol - EXO) - Capítulo 5 - Aliados e Apagados

P.O.V. Chanyeol

 Falta um mês para meu ciclo se iniciar por enquanto estou conseguindo-me controlar mas não sei por quanto tempo e não faço a mínima ideia de quem eu vou dividir o resto da minha vida como Alfa, foi tudo tão rápido nem consigo acreditar ainda. 


- Chanyeol temos uma emergência - Lu exclama me assustando tirando-me dos meus pensamentos. 

- O que houve? - O encara com firmeza fazendo um sinal para prosseguir. 

- Os inimigos estão se aproximando e não temos nossa segurança totalmente disponível, O que faremos? 

- Peça para que todos fiquem apostos eu vou até eles, sozinho - Lu me impede 

- Mais ele são muitos Chanyeol - Solto-me bruscamente de Lu. 

- Eu vou ficar bem - Me afasto indo em direção há eles - Agora me obedeça. 

 Caminho até o campo gramado e já vejo do outro lado toda a alteia inimiga parada esperando algum movimento mas não faço nada. 

- Vamos Chanyeol - Escuto o Alfa da outra alcateia me provocar - Onde está seu bando? - Me encara irônico. 

- Por que veio aqui? - Escapo da sua tentativa de me provocar. - Aposto que não era para ver meu lindo rosto eu suponho. 

Ele se aproxima para o centro do campo e eu faço o mesmo, ficamos um de frente para o outro andando em círculos esperando um ataque de ambos a qualquer momento. 

- Vim lhe dar uma notícia - Continuamos a nos encarar intensamente - Como o novo Alfa não sabe disso estamos entrando em conflito com outros bandos. 

Será que foi por isso que mataram nosso Alfa? Para nos tirar do conflito? 

- Continue - Me sentei alertando que não iria mas o atacar e ele fez o mesmo. 

- Vim lhe propor uma aliança para vencermos o conflito - Respira esperando minha resposta e contínuo a lhe encarar e ele prossegui - Aceita Alfa Chanyeol? 

- Hum. - Penso em todas hipóteses e realmente eu precisava aceitar sua proposta. - Aceito sim. - Ele se afasta de mim em passos lentos.

- Até a próxima - Vejo sua alcateia sumir em meio as grandes árvores e vou embora. 

P.O.V. (S/N)

Estava voltando da escola andando lentamente sentindo o vento frio cortar minha pele suavemente.Paro bruscamente com o barulho em meios as árvores fico parada apertando minhas mãos contra o casaco de frio.

Rosnados?

Entro em pânico quando escuto rosnados e olhos brilhantes me encarando mas não era apenas um par de olhos e sim vários espalhados me fazendo entrar em desespero. Os misteriosos olhos se revelaram e eram um bando de lobos prontos para o ataque.

Engulo seco já pensando na minha morte macabra.

- Megáll - Escuto uma voz feminina ordena com autoridade e deixando os lobos confuso - Nem étkezés - Os lobos se entreolham e se sentam me encarando. A dona da voz se revela fazendo um breve carinho em um dos seus lobos. - Qual seu nome? - Me olha e retira a luva que esquentava sua mão.

- (S/N) - A vejo massagear sua mão vindo em minha direção - E você quem é? - Ela levanta a mão e vejo suas veias brilharem percorrendo as veias de seu braço.

- Me chame de Hölgy - Ela toca minha face e sinto meu rosto queima  - Calma garota vai ficar tudo bem - A queimação desce se espalhando invadindo meu corpo caio no chão de tanta dor e vejo a mulher se abaixar ficando de frente a mim - Durma bem - Tento lhe estapear mais ela segura meu braço e sinto a queimação aumentar e apago.

P.O.V. Chanyeol

Então era por isso que mataram nosso Alfa por causa de um conflito. Que covardes.

Caminho despreocupado pela floresta e sou surpreendido pelo meu novo "aliado" que me esperava sentado aparentemente sozinho na entrada do bosque.

- O que faz aqui? - Ele me lança um olhar sarcástico e maldoso.

- Eu mudei de ideia - Olho ao redor e sua alcateia já me cercava - Eu acho que não quero ser mais seu aliado - Sua alcateia se aproxima rangendo os dentes e eu rosno.

- O que está dizendo? - Encaro ele e o vejo rosnar e se posicionar para o ataque faço o mesmo.

- Acho que só deve existir um Alfa - Sua alcateia se afasta - E ele sou eu - Ele voa para cimade mim cravando seus dentes na linha das minhas costelas afundando. Escuto a alcateia inteira uivar e latir mordo sua orelha fazendo o mesmo de afastar.

Corro e o empurro cravando meus caninos em seu pescoço ele tenta a todo custo me morder mais não permito causando lhe mais dor. Sinto uma mordida em minha pata e solto seu pescoço olho para o lado e vejo um dos seus soltar minha pata.

- Covarde - O Alfa inimigo mira meu focinho e vai com tudo, mais eu consigo desvencilhar e também acerto seu focinho mas ele não consegue o mesmo feito.

Mastigo seu focinho mostrando domínio cravando minhas garras em seu pescoço cortando sua pele, mas ele não desisti e mira minha pata a mordendo com força e largo seu corpo com tamanha dor. Minha pata estava debilitada mas mesmo assim ataco com tudo mirando seu focinho novamente e ele faz o mesmo. Ele começa fazendo-me deita no chão me dominando luto contra a dor e estapeio com minha pata debilitava me deixando dominar dessa vez. Ele tenta-me acertar de todas as formas mas não consegue. Mastigo mais seu focinho tirando seu olfato e o jogando contra a árvore fazendo seu corpo se chocar com violência.

- Vão embora - Sua alcateia corre e deixa o Alfa desmaiado quase morto no chão - Onde está seu bando agora? - Sorrio vitorioso.

Saio do local e não demora muita para que a dor me domine fazendo em entrar em contato com o chão e apago.

 

 

~^~CONTINUA~^~

 

 


Notas Finais


Uma luta de lobo pra vocês, bjooos


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...