História O alfa me domou - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Got7
Personagens BamBam, Jackson, JB, Jinyoung, Mark, Personagens Originais, Youngjae, Yugyeom
Tags 2jae, Markson, Yugbam, Yugjin
Visualizações 345
Palavras 1.280
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Fluffy, Lemon, LGBT, Luta, Romance e Novela, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


ATENÇÃO:
na FIC eles n são o "got7" apenas um grupo de alunos estudantes de uma faculdade de artes que tem uma paixão comum pela música e a mesma faculdade lhes deu a chance de mostrarem seu talento então fazem shows na cidade.

POSIÇÕES:
Jaebum: alfa lúpus (20 anos)
Jackson alfa normal (20 anos)
Yugyeom: alfa lúpus(18 anos)
Youngjae: ômega(19 anos)
Mark: ômega(21 anos)
Kunpimook: ômega(18 anos)
Jinyoung: Beta (20 anos)


É isso espero que gostem
Kissus e boa leitura.

Capítulo 1 - Foi tudo culpa do cio


Fanfic / Fanfiction O alfa me domou - Capítulo 1 - Foi tudo culpa do cio



   Estavam os 7 no camarim uns tirando uma soneca, outros dançando, outros ignorando os outros e outro com cara de quem viu um fantasma.

–esta na hora– avisou uma moça e todos foram se levantando e saindo.

–Jae acorde o...– Jaebum coçou seu nariz e olhou para O ômega.

–esta olhando o que?–

Aah não podia ser dele aquele cheiro tão doce e atrativo, nem sabia se Youngjae era realmente um ómega com aquela mara toda e ate já tinha entrado em varias brigas com alfas e saiu ganhando, então aquilo de Youngjae ser um ómega devia ser um mito.

–nada, acorde o Jinyoung– disse o lider saindo e Youngjae soltou um suspiro ao sentir a falta daquele cheiro másculo naquela sala.

–Jin...– Chamou abanando de leve o mais velho –Jinyoung acorda porra!!!– falou batendo no ombro de beta que acordou assustado e o susto sumiu ao ver de quem se tratava mas...

–esse cheiro é seu?– Youngjae permaneceu em silêncio, –você não tem aquilo da tabelinha ou algo assim?–

–aah não enche seu Ahh...– Youngjae soltou um gemido que para si foi vergonhoso mas aquilo começava a ser insuportável.

–quer que eu te leve para casa?– Youngjae fez sim com a cabeça e Jinyoung se levantou indo até a porta mas viu Youngjae ainda no mesmo lugar. –o que foi?–

–eu...eu não consigo andar– Falou corado e desviou o olhar ao sentir o lubrificante natural escorrer por suas pernas, ohh seu orgulho.

Jinyoung foi até o omega que destilava um cheiro bem atrativo mas por ser Beta para si era até suportável, o problema seria se ali aparecesse um alfa.

–aah hyung esta doendo–

–doi sim! Quem mandou ser desorganizado?–

–e-eu não sabia que...–

–hyungs? O Jaebum hyung me mandou vir ver se vocês...Que cheiro é esse? Jae hyung você esta no cio?–

–aah ótimo agora todo mundo vai saber–

–como não? Seu cheiro esta demasiado forte, Mookie vai na frente para ver se não esta ninguém–

Kunpimook foi vendo se o caminho estava livre e foram avançando até que...

–ora ora ora, o que temos aqui?– os dois se viraram e viram um alfa com as pupilas amareladas olhando com desejo para Youngjae.

–cara vai embora esse omega tem dono– falou Jinyoung.

–calma, eu só quero ajudar seu amiguinho, e se tem dono porque ele não esta aqui nesse momento tão difícil para esse Omegazinho tão necessitado de um contacto–

–hyung...– Youngjae chamou em um choro.

–fica aqui– Jinyoung deixou Youngjae encostado a parede e foi até o alfa arregaçando as mangas.

–não vai a bem? Então que seja a mal–

–hahah, que engraçado um beta tentando me d...– o alfa se calou ao sentir um soco em sua cara e quando pensou em revidar sentiu outro na boca de seu estômago seguido de um chute nas partes baixas e logo já estava no chão se contorcendo de dor.

–vamos!– Jinyoung foi até Kunpimook que ajudava Youngjae a se manter de pé e logo foram apertando o passo mas viram mais dois alfas a frente.

–Hyung!– chamou Youngjae que sentia mais necessidade de ser tocado sempre que sentia o cheiro de um alfa e aquilo já estava passando do controlo.

–olha que delícia, dois ômegas um no cio e um belo beta, a festa vai ser quente–

–pois mas vocês não estão convidados– os três suspiraram aliviados ao ouvir aquela voz.

–rs, podemos dividir o pequeno ómega no cio– disse um dos alfas olhando para Jaebum que já possuía suas pupilas alaranjadas e aquela aura....

–vou pedir educadamente que saiam–

–ou o que?–

Kunpimook levou suas mãos até seus ouvidos sensíveis ao ouvir os rosnados e Jinyoung deixou Youngjae sentado lhe fechando os ouvidos.

Youngjae não queria saber dos rosnados, ele apenas queria ser tocado, ser satisfeito por um alfa não lhe importava quem era então...

–alfa...– chamou baixo mas audível para os dois alfas conscientes ali, sim dois pois Jaebum já tinha acabado com o outro e ao ouvir aquela voz melodiosa não tardou para derrubar o outro.

–Jae! Jae não!– Jinyoung tentava manter Youngjae acordado esse que apenas sussurrava "alfa" de olhos semi cerados.

–Jae!– Jaebum chegou ate ali.

–Hyung toma ele!– falou Kunpimook em desespero.

–o-o que?–

–rapido ele não pode desmaiar!– acrescentou Jinyoung e Jaebum pegou Youngjae no colo entrando em uma sala que continham estrumentos.

Jaebum deixou Youngjae ali no chão e lhe tirou as calças rapidamente abrindo a sua logo o penetrando de imediato.

Youngjae soltou um grito como quem tivesse voltado a vida e por impulso abraçou a cintura do alfa com suas pernas e lhe abraçou o pescoço.

–alfa, por favor...– pediu suplicante e Jaebum não precisou ouvir mais nada para começar as investidas que eram bem acolhidas pelo interior e pelos gemidos do ómega que fazia questao de gemer bem no ouvido do lúpus que conseguia ir cada vez mais rápido e fundo socando sem piedade o ponto sensivel do ómega que deixava lágrimas de prazer rolarem por sua face sentindo aquele alfa que tento amava mas fingia odiar dentro de si.

Youngjae se despejou sujando as camisas dos dois e segundos depois sentiu o primeiro jato de Jaebum ser despejado em seu interior.

Jaebum mantinha a respiração ofegante e logo olhou para Youngjae que corou e desviou o olhar.

–rs– Jaebum segurou Youngjae pelo queixo fazendo o mesmo o olhar –sabe quantas vezes sonhei e imaginei esse momento? Ter você submisso a mim, gemendo meu nome, corado e com essa linda boca soltando gemidos e não palavras sujas–

–i-idiota! Quem acha que é para ter pensamentos prevertidos por mim seu...aannn...– Youngjae gemeu de desgosto ao sentir Jaebum abandonar seu interior e fechar sua calça.

–o-onde vai?–

–para o palco–

–mas...você não pode me deixar assim– Jaebum olhou para Youngjae com um olhar que o mesmo entendeu e desviou o olhar, não iria se humilhar perante um alfa, jurou aquilo para si mesmo.

Jaebum suspirou e se levantou pronto para Abrir a porta.

–p-por favor alfa– disse com a voz manhosa e ganhou atenção do mesmo.

–por favor o que?–

–p...passe o cio comigo– Youngjae corou e desviou o olhar brincando

com os dedos. Jaebum sorriu e se baixou até o mesmo lhe tirando a camisa suja de sémen e lhe colocou seu casaco logo lhe deu um selinho, um toque que ambos esperavam a anos.

–vem– Jaebum levantou Youngjae e o ajudou a vestir sua calça.

–v-você vai assim?– perguntou ao ver o peitoral exposto de Jaebum, não que não gostasse da vista apenas não queria partilhar com ninguém.

–eu arrumo qualquer coisa, vamos antes que seu cheiro delicioso e irrisistivel volte– o alfa fungou o pescoço do menor que se arrepiou.

Kunpimook olhou para a porta aberta e corou ao ver o hyung semi nu.

–eu vou levar o Jae para casa, avisem os outros sim?–

–ta– Jinyoung retirou seu casaco –toma isso para não se resfriar–

Jinyoung saiu dali com kunpimook.

–hyung, por que quando eu estava...em...você sabe o Mookie e o Jinyoung disseram que eu não podia desmaiar?–

Perguntou enquanto caminhavam para porta de saida.

–bom, quando um ómega entra no cio e não é satisfeito por alguém ou por ele mesmo ele pode vir a desmaiar e nisso ele pode entrar em coma e ter problemas graves dentre os quais o mais comum de não poder gerar filhotes–

–aah...– Youngjae passou a mão em seu ventre e Jaebum tirou um sorriso imaginando aquele ómega de omma de seus filhos.

–e-esta sorrindo o que?– Youngjae bateu de leve no ombro do alfa.

–rs nada– Jaebum abriu a porta de seu carro para Youngjae que entrou e deu a volta indo para seu lugar de motorista.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...