1. Spirit Fanfics >
  2. O amarelo dos teus olhos >
  3. A carta de agradecimento

História O amarelo dos teus olhos - Capítulo 1


Escrita por: e __Yumeko__


Notas do Autor


Espero que gostem! ^^

Boa leitura! :)

Capítulo 1 - A carta de agradecimento


Naquela manhã, Changbin acordou animado. Não sabia o porquê da euforia, entretanto previa que algo bom iria acontecer ainda naquele dia, somente não tinha ideia do que seria.


Saiu do quarto, andando vagarosamente pela sala e alcançando a cozinha, organizando a cafeteira para preparar o seu tão amado café.


Não era comum que tomasse café da manhã, geralmente não ingeria qualquer alimento logo cedo, contudo havia acordado com fome, por isso tratou de arrumar a mesa com direito a tudo o que podia — e o que tinha.


Após tomar um delicioso café e perceber que não precisava acordar tão cedo, afinal, estava em uma plena manhã de um domingo, seguiu para a sala novamente. Ligou a televisão e acessou à Netflix para continuar mais um episódio de uma série aleatória que estava assistindo.


Pelo menos era o que teria feito, se não tivesse escutado o barulho da campainha soar por toda a extensão da casa. Bufando baixo, levantou-se do sofá. Afinal, quem seria àquela hora?


Quando abriu a porta, deu de cara com… nada? Não tinha ninguém ali, nada… Ou tinha?


Ao olhar para o chão, avistou uma caixa não muito grande envolvida com um papel alaranjado e um envelope em cima. Pegou ambas as coisas e fechou a porta da casa, seguindo para o sofá novamente, colocando-as em cima da mesa de centro da sala.


Ficou um tempo olhando para os objetos recebidos, até que soltou um suspiro cansado. Sem mais enrolação, decidiu primeiro pegar o envelope, abrindo-o e percebendo que era uma carta.


Confuso, deixou o envelope na mesa e apenas ficou com o papel que tinha um conteúdo escrito na mão.



"Querido hyung, 


Quando receber essa carta, algum tempo terá se passado. Caso esteja curioso, terminei de cursar na Universidade. Finalmente estou livre daquele sufoco.


Como anda a sua vida? Não vou mentir, a minha está ótima, e espero que a sua também. Você é uma pessoa que não merece sofrer.


Por favor, não chore ao ler isso, eu não gostaria de saber que você entrou em prantos por minha causa. Quero te ver feliz, sorrindo, igual eu provavelmente estarei no momento.


Escrevi essa carta para te agradecer por tudo o que você fez por mim. Podes até achar que não fez muita coisa, mas você iluminou a minha vida com o seu sorriso reluzente e os teus olhos cor de mel.


Sim, Changbin, o amarelo dos teus olhos foi o que me salvou, que me tirou daquele poço cheio de solidão.


Você é a minha luz, Binnie-hyung.


E sabe de uma coisa? Eu estou doido para voltar para a Coreia, para voltar aos seus braços, para beijar a sua boca, para esquentar novamente as coisas entre nós.


Eu te amo, hyung.


Com amor, Lee Felix."


As lágrimas já passeavam tranquilas pelo rosto do Seo, mas eram de alegria. Não sabia quanto tempo não falava com seu amado, talvez desde quando ele foi para a Austrália. Porém havia acabado de receber uma carta do próprio Felix, e o sorriso presente em seus lábios não podia ser maior.


Novamente, o som da campainha percorreu por toda a casa, fazendo Changbin levantar-se do sofá e seguir até a porta. Quando abriu-a, o seu choro se intensificou.


— Eu falei que não queria ver você chorando — falou o mais alto, com um sorriso simples nos lábios carnudos e avermelhados.


— É de felicidade — disse, com a voz meio interrompida pelos soluços baixos. — Eu contei cada segundo para que você voltasse para mim, Felix.


— E, agora, não sairei do seu lado. — O abraço entre eles durou alguns minutos, queriam matar todos aqueles anos de saudade. — Como foi a sua vida durante esses anos?


— Eu vou te falar, mas, pelo amor de Deus, me beija! — exclamou Changbin, e Felix riu alto antes de fazer o que seu amado lhe pediu. 


 Aquele foi o melhor beijo que ambos poderiam ter dado em suas vidas, o de reencontro. E, para Changbin, um beijo de cura —  era o que ele queria e precisava.


No fim das contas, Felix também foi a salvação de Changbin.


Notas Finais


Lembrando que estamos com as vagas abertas para todas as funções!

Gostaria de agradecer à @Bebelok e à @soursweetyGirl


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...