História O Amargo Doce Da Tristeza - Capítulo 7


Escrita por:

Postado
Categorias Agust D / Suga, Bangtan Boys (BTS), Blackpink
Personagens Jennie, Jeon Jungkook (Jungkook), Jisoo, Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Lisa, Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais, Rosé
Tags Bangtan Boys (BTS), Blackpink, Twice
Visualizações 15
Palavras 264
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Luta, Romance e Novela, Saga
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oii, eu disse que tentaria trazer, não disse? Aqui está pudins.

Capítulo 7 - Viagem, mas sem informações.


Fanfic / Fanfiction O Amargo Doce Da Tristeza - Capítulo 7 - Viagem, mas sem informações.

S/N ON 

Nesses últimos dias, Yoongi está estranho? Não, está muito estranho. 

Ao invés de ir trabalhar hoje, eu irei ficar em casa. Mas nem contei ao Yoon. Quero contar à ele uma coisa!

Ok, ok, o Yoon chega tarde, mas já são 18:03. Bom, eu chegaria às 5:09, mas tá na hora de buscar meus nenéns e nada dele.

Falando nele, lá estava ele. Na sala.

Eu estava na cozinha. Eu ia falar com ele, quando... Ouço uma voz um tanto famíliar. Jihyo?

-- Vamos, Daddy? -- Não sei se ela fez curso ou se ela tem essa voz de puta normalmente. Eu fico espionando os dois. Como resposta, Yoongi não disse nada, ele a beijou e colocou em seu colo à levando direto para o quarto.

Não sou besta. Sei o que iriam fazer. 

Sabia! Apenas gemidos saía daquele quarto.

Eu não iria deixar Jk levar a vida sendo trouxa. Eu gravei parte dos gemidos.

Como eles estavam no quarto de hóspedes, eu já arrumei as coisas das crianças arrumadas e as minhas e fui rumo à casa do Jungkook, vulgo meu irmão.

Depois de digerir tudo, Jk compreendeu o que se passava. Então peguei as crianças e passei a noite num hotel junto à Jk que me seguiu.

No dia seguinte, os papéis de divórcio já estavam prontos e a minha carta para lhe dar contando tudo, já estava pronta. Assim que eu viajasse, tudo seria enviado. Jk fez o mesmo. Ele levou seus filhos, pois sabia que Jihyo não gostava deles. Ela era a mãe mais louca que já conheci.


Notas Finais


Gostaram? Espero que sim! Provavelmente amanhã vem outro capítulo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...