História O Amargo Sabor do Desejo. - Capítulo 2


Escrita por: e Jukieeh

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Personagens Originais, Suga, V
Tags Bts, Bts Taehyung, Imagine Bts, Imagine Taehyung, Imagine Taehyung-bts, Imagine V, Taehyun, Taehyung, V Imagine, Vampiros
Visualizações 116
Palavras 1.423
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Ficção, Magia, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá!! Cheguei com essa delícia de fic.
Essa Fic é um projeto com a minha querida amiga Jukie, inclusive o primeiro link nas notas finais é da Fic dela, super indico, vocês vão amar.
O segundo Link é da minha também querida amiga Victória, leiam e deem muito amor a fic dela.
E o último link é da minha outra Fic, espero que possam passar lá para dar um pouquinho de amor ^^
*~* Boa Leitura. *~*

Capítulo 2 - Capítulo 1.


Fanfic / Fanfiction O Amargo Sabor do Desejo. - Capítulo 2 - Capítulo 1.

Era uma noite chuvosa quando Taehyung e seu pai haviam discutido por motivos bobos.

O jovem devido a briga sai de casa em seu cavalo, e esquece de todos os perigos que rondam por aquele vilarejo.

Depois de muito cavalgar sem rumo e já com a cabeça mais centrada no que estava fazendo.

Taehyung percebe que havia cavalgado para a floresta do Norte. A pouca luz dificultava ainda mais para o jovem que tentava achar a saída daquele lugar.

Sem perceber o perigo que lhe rondava o jovem desce de seu cavalo o amarrando em uma árvore e resolvi adentrar ainda mais na floresta para encontrar alguém ou alguma coisa que o pudesse ajudar a sair dali.

Como o caminho era repleto de folhas secas o jovem não percebe um buraco que havia no chão e cai dentro do mesmo.

Perdido e agora com os joelhos e braços ralados, Taehyung começa a ficar em desespero quando tenta por diversas vezes sair do buraco onde havia caído, mas suas tentativas eram falhas.

O Jovem pensa em gritar, mas escuta uma voz que parecia falar com ele.

– Está perdido?

       ~*~

Faminta, era esse o estado em que Quimera se encontrava. Sua fome era incontrolável, seus instintos falavam mais alto. Seu desejo por sangue era gigantesco, seu olfato de predador sentia de longe o maravilhoso aroma do sangue dos marcadores do vilarejo.

– Eu não aguento mais! - Gritava a jovem de pelo branca como a neve e de cabelos negros como a escuridão da noite.-

– Mantenha a calma Quimera, você não pode fazer nada.

– Como posso me manter calma quando tenho fome Jimin?

– Cedo ou tarde algum animal de grande porte vai entrar na floresta e você poderá se alimentar.

– Você sabe muito bem que não quero sangue animal, você sabe muito bem que o que quero.

– Acha que também não quer isso Quimera? - O jovem Pergunta calmo indo de encontro a jovem.- Quero tanto quanto você. Minhas veias suplicam por sangue humano, mas o que podemos fazer, seu pai afirmou um contrato com a igreja e só podemos matar as bruxas que nos entregam.

– Maldito acordo! Juro que minha vontade é de matar esses membros de igreja, como ousam controlar os meus desejos caça?

– Sabemos muito bem que não foram apenas seus desejos de caça que foram controlados. - Jimin fala em um sussurro no ouvido de Quimera fazendo-a se arrepiar por completo.- Vamos Quimera, sua fome sabemos que não posso matar, mas seu outro desejo posso resolver, e basta você dizer que sim.

– Controle-se Jimin. - A jovem fala se afastando do jovem.- És meu servo, e me deves respeito.

– Perdão senhora, mas sinto falta da época em que fazias questão de usar deste teu servo. - O jovem fala com um olhar malicioso.-

– Cale-se! Não vou perder meu tempo com você, vou atrás de alimento.

– Mas senhora, se o seu pai descobrir ele irá ficar uma fera.

– Ora essa Jimin, apenas faça com que ele não descubra. - A jovem fala com a testa colada a do seu servo.- Quando eu voltar, e caso ele não tenha descoberto saberei lhe agradar.

Depois de simplesmente hipnotizar seu servo com palavras, Quimera sai do castelo e segue pela floresta.

Atenta a tudo e a jovem observa um rapaz que entra na floresta montado a cavalo. Quimera observa todos os movimentos de sua presa, e fica feliz ao ver que sua presa agora estava dentro de um buraco e não conseguia sair do mesmo.

– Está perdido? – O Garoto olhou para cima amedrontado, mas com alguns pingos de esperanças.-

–Mais ou menos, pode me ajudar a sair daqui? – Quimera sorriu perversa fazendo o garoto sentir calafrios por todo o corpo e se encolher com tal ato.-

–Não deveria estar andando na floresta sozinho a essa hora. – Ela falou se afastando do buraco.-

– Eii, não me deixe aqui sozinho, me ajude – Taehyung começou a gritar desesperado em quanto a garota estava atrás de algo para conseguir ''salvar'' a sua presa e ganhar a confiança dele, para ela era mais divertido os ver correndo e perdendo a esperança que tinham.-

– Pare de gritar, está querendo chamar a atenção de algum animal ou bruxa? Não irá sair daqui vivo se continuar assim – Quimera fala jogando algo parecido com uma corda, o garoto a agarrou.- Tente subir por ai, não tenho forças para puxar você.

– Não sei se deveria confiar em você, como vou saber se não é uma bruxa? – Ela o olhou curiosa e ao mesmo tempo cada vez mais interessada em seu lanchinho.-

– Então não confie, apenas morra dentro desse buraco, torça para morrer de fome e não nas mãos dessas criaturas irritantes. – Ela sorriu perversa se afastando e o garoto agarrou a corda com força.-

– Espera! – Ela parou e sorriu por ter conseguido o que queria, sua fome estava cada vez maior a cada segundo, e o cheiro do Humano não ajudava muito, mas ela precisava de paciência, para depois apreciar seu alimento em quanto ouvia os gritos de desespero e terror do garoto.-

Ela o Ajudou a subir e ele pode a ver claramente, o garoto ficou hipnotizado com tamanha beleza da garota a sua frente.

– Obrigado por ter me ajudado. – Ele sorriu se aproximando dela, Quimera segurou a respiração e se controlou para não ataca-lo, ainda não era o momento, mas seu humano não facilitava a cada passo ela sentia o sangue correr em suas veias, sentia aquele cheiro maravilhoso de sangue fresco e presa fácil, se concentrou tanto que acabou não o respondendo.- Estou falando com você, você está bem? Aliás, o que faz aqui na floresta sozinha? E quem são as criaturas irritantes a qual você falava? -

– Moro perto daqui, estou acostumada com os passeios noturnos. – Ela sorriu e ele se arrepiou.- E sobre as criaturas... tenho certeza que você jamais iria encontrar com elas.

– De qualquer modo eu preciso achar a saída daqui, tenho que voltar para casa. – Falou se afastando dela.- Te vejo qualquer dia, a propósito meu nome é Tae... – Não resistindo ao maravilhoso aroma de sangue que emanava dos braços e joelhos ralados do rapaz a garota não o esperou terminar de falar e o segurou pelo pescoço o prensando em uma árvore.- O-o que você está fazendo?? Me solte.

– Não costumo querer saber o nome das minhas presas. – Ela sorriu em quanto deixava seus caninos se mostrarem, ela se divertia com o olhar apavorado do garoto a sua frente e aproximou de seu pescoço passando a língua pelo mesmo.- Seu sangue é tão quente, o gosto deve ser ótimo.

– P-por favor, não me m-mate, me deixe ir. – Ele suplicava à garota que a cada momento parecia que iria estraçalha-lo.-

– Não implore por sua vida, isso é tão irritante que faz minha fome desaparecer. – Ela estava pronta para afundar sua boca no pescoço do garoto e saciar sua fome e seu desejo por sangue humano, quando uma voz a interrompe.-

– Quimera, onde você está? -A garota arregalou os olhos assim que reconheceu a voz de seu pai, ela soltou o Humano e ele se levantou de pressa logo começando a correr, ela o segurou pelo braço e ele se assustou.-

– Não contarei a ninguém, só me deixe ir por favor. – Taehyung implorava por sua vida enquanto Quimera revirava os olhos em puro descontentamento pelo ato do garoto.-

– Calado, eu não vou lhe matar, mas também não posso deixar que lhe matem. – A garota solta um suspiro de descontentamento pelo fato de estar dando a sua presa uma nova chance de viver.- Corra nessa direção, não olhe para trás, não pare em nenhum momento.- Ela falou apontando para a esquerda, o garoto olhou para ela confuso, porem aliviado.- Você chegará a sua vila em 15 minutos, não conte a ninguém o que viu aqui entendeu?

– S-sim, obrigado.

– Não me agradeça, não faço isso por sua vida, faço apenas para não dividir minha refeição com ninguém, agora corra, e lembre-se não olhe para trás. – Ela falou o empurrando, assim que o garoto sumiu no meio das arvores e da neblina densa o pai da garota apareceu atrás da mesma a fazendo saltar de susto.

– O que fazia aqui perto da fronteira?? Sabe que a noite não podemos passa-la.

– Só estava caminhando. – A garota dizia calmamente tentando ainda controlar sua sede.-

– Sinto sua sede por sangue de longe Quimera, trate de achar logo algum animal, não quero problemas com a igreja. – A garota assente.-  Ainda mais agora. – Quimera olha curiosa para seu pai, mas logo vai à procura de uma presa.-


Notas Finais


OI, eai, gostaram? espero sim.
vou deixar algumas indicações aqui, e peço que se gostaram adicionem a fic a biblioteca e aos favoritos também. <3 https://spiritfanfics.com/historia/maktub-7836652
https://spiritfanfics.com/historia/sweet-attraction-imagine-min-yoongi-10829731
https://spiritfanfics.com/historia/oodal--imagine-jin-10033105


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...