História O Amigo Das Minhas Irmãs (Imagine Jeon JungKook) - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, K.A.R.D
Personagens B.M, J.Seph, Jennie, J-hope, Jimin, Jin, Jisoo, Jiwoo, Jungkook, Lisa, Personagens Originais, Rap Monster, Rosé, Somin, Suga, V
Visualizações 109
Palavras 1.160
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Crossover, Escolar, Famí­lia, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Algumas pessoas querem me matar, como eu sei disso? Por causa do capítulo anterior... jkkk.
Desculpem-me e boa leitura...

Capítulo 8 - Reconciliação...


Fanfic / Fanfiction O Amigo Das Minhas Irmãs (Imagine Jeon JungKook) - Capítulo 8 - Reconciliação...

Estava encarando a cara chata do professor de história, ainda era a primeira aula. Eu estava sentada longe da galera e eles não entendiam o porque, também não fiz questão de explicar. 

O professor me encarou e fez uma pergunta que até uma criança no primário saberia responder, eu respondi rapidamente e baixei a cabeça. 

Sério, meu interesse nessa aula era incrível, eu queria mesmo é terminar de compor a música pra aula, era legal ser aceita na escola de música e dança e estudar música na escola normal. 

Passo os olhos pela sala e vejo Jungkook e Lisa conversando preocupados, eles então me encaram e eu baixo a cabeça, voltando a me concentrar na composição da música. 

Quebra de tempo...

Andei rapidamente até o refeitório, ainda estava andando sozinha. Observei nossa mesa habitual e andei na direção oposto, até uma mesa vazia e completamente afastada. 

Peguei meus fones e começei a escutar música (rumours- Gnash), logo as lágrimas começaram a brotar em meus olhos, deixei que as mesmas caissem sem me importar com quem estaria vendo. 

Levantei a cabeça e vi Jennie, Taehyung, Rosé, Nanjoon e - por incrível- Lisa e Jungkook andando em minha direção. 

- Melinda, queremos falar com você- Jennie falou firme. 

- Diga- falei fingindo um tom brincalhão e fingindo uma sorriso. Era só o que eu fazia ultimamente, fingir. 

- Estamos preocupados- Namjoon falou sério- Você está estranha e não sabemos o porque. 

- Jungkook sabe- sussurrei, sorte que eles não ouviram- Sabe o que é? Eu estou só cansada, os ensaios estão sugando toda a minha disposição e eu estou tentando terminar uma composição pra aula de música. 

- Não é isso não- gelei quando Jungkook falou isso- Suas irmãs falaram com Yumi e ela falou que você está assim até nos ensaios, Yoongi me contou. 

- Como eu disse, toda a disposição- falei encarando Jungkook. 

- Ta bom, vamos ficar aqui com você- Jennie falou se sentando. 

- Eu não tenho escolha mesmo- falei rindo. 

Ficamos conversando e rindo, Jungkook permanecia quieto, apenas me encarando. 

- Taehyung, vem comigo- Jennie falou puxando o namorado consigo. 

- Onde vocês vão?- Lisa perguntou assustada.

- Vem Lisa- Namjoon puxou a mesma. 

Ficamos apenas eu e Jungkook na mesa nos encarando, ele abriu a boca para começar a falar, mas o sinal tocou, me levantei e saí apressada do refeitório. 

Andei até minha sala, já sem prestar atenção em mais nada. No meio da aula, notei que algumas gotículas de água molhavam a janela, olhei pra fora e percebi a chuva fraca, que foi ganhando intensidade conforme o tempo passava. 

Quebra de tempo...

Meu humor havia melhorado um pouquinho por conta da chuva, mas ainda estava péssima e sem entender o porque. Claro que eu gostava de Jungkook de um modo diferente como ele diria, mas não justificava, até porque, como eu mesma disse, não tínhamos nada. 

Fui correndo até o portão da escola e murmurei alguns xingamentos quando vi que Nikki não havia ido me buscar como prometera. Fiquei esperando tempo o suficiente para minha roupa ficar toda molhada, pelo menos não estava frio. 

- Melinda- Jungkook falou parando ao meu lado- Por que está aqui parada na chuva? 

- Estou esperando Nikki- respondi indiferente. 

- Vai me deixar explicar agora? 

- Não, eu tenho que ir. 

Começei a andar rapidamente, mas ouvi os passos dele atrás de mim, ele segurou meu braço e me puxou fazendo com que eu o encarasse.

- Me solta Jungkook, por favor- pedi suplicante. 

- Por que?- perguntou firme. 

- Porque você me fez contar que eu gostava de você e depois me magoou, você só mentiu pra mim. 

- Melinda, eu não...

Puxei meu braço e saí correndo, as lágrimas já inundavam minha face, merda, por que eu fui me apaixonar justo por ele?  Alguém que provavelmente nunca corresponderia. 

Cheguei em casa ainda chorando e subi correndo, Jackie e Nikki bateram na minha porta, mas ignorei completamente. Tomei um banho e troquei de roupa, me enfiei embaixo das cobertas. Peguei no sono algum tempo depois. 

Quebra de tempo...

Acordo sobressaltada com alguém batendo em minha porta, corro para atende-la e me deparo com Jackie. 

- Se arrume e desca- falou simplesmente já começando a se afastar. 

- Ok então- falei fechando a porta. 

Me visto rapidamente e desco, me deparo com minhas irmãs conversando com Jungkook, começo a subir as escadas silenciosamente, mas Nikki me vê. 

- Onde pensa que vai mocinha?- Nikki perguntou.

- Sabe o que é? Eu...- parei pensando em uma desculpa- Eu esqueci a janela do quarto aberta. 

- Tudo bem, eu e Nikki já vamos lá fechar- Jackie falou se levantando.

- É, resolvam-se- Nikki falou saindo acompanhada de Jackie. 

- Você contou pra elas?- perguntei incrédula. 

- Não- falou- Eu contei pro Yoongi e pro Jimin.

- Por que você fez isso? Agora elas não vão me deixar em paz. 

- Porque eles prometeram que não contariam pra elas. 

- E você acreditou. 

- Ah, você sabe. Quando se tem uma amizade de anos, você sempre acredita. 

- Não, não sei, eu nunca tive uma amizade assim. 

Ele ficou quieto e eu baxei o olhar, estava esperando Nikki e Jackie descerem, mas nada delas. 

- Melinda?- chamou me fazendo encarar ele. 

- O que?- perguntei baixinho. 

- Eu posso explicar agora? 

- Você não precisa Jungkook, sério, você não precisa me dar satisfação do que faz com a sua vida. 

- Mas você vai voltar a falar comigo? 

- Provavelmente não. 

- Então, eu vou explicar e você vai ser obrigada a escutar. 

- Aish, ta explica. 

- Eu e a Lisa não temos nada, nós somos só amigos. 

- Sei, o famoso "somos só amigos" né? 

- Vai me deixar explicar ou não?

- Desculpa, parei de atrapalhar.

- Como eu ia dizendo, somos amigos desde crianças, ela mudou da Tailândia ainda pequena, nós nos conhecemos e viramos amigos, nada além disso. 

Eu assenti, ainda não entendendo onde ele queria chegar. 

- Quando eu abracei ela, nós estávamos falando de você- ele começou, eu abri a boca pra falar,  mas ele seguiu falando- Você precisa saber que eu converso com ela sobre você desde o dia em que você chegou.

- Que honra- falei sarcástica. 

- Você não acredita não é? 

- Desculpa, mas é difícil acreditar. 

- E que motivos eu teria pra mentir? E pare de ser tão ciumenta, é de você que eu gosto. 

- Eu? Ciumenta? Magina. 

Ele sorriu e eu me levantei, me joguei em seus braços e ele me abraçou carinhosamente.

Ficamos ali abraçados, até Nikki e Jackie chegarem. 

Quebra de tempo...

Lisa andou em minha direção e eu sorri. 

- Você tem que escutar o Jungkook- falou suplicante. 

- Eu sei, ele já explicou, me desculpa por tudo- pedi sorrindo. 

- Ah, claro que sim, você estava no direito de ficar brava.

Ficamos conversando e Lisa se mostrou totalmente o contrário do que eu havia pensado, ela era engraçada, gentil, extrovertida, eu facilmente a consideraria minha melhor amiga. 


Notas Finais


Não ficou muito bom....
Comentem o que acharam pfvr


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...