História O amigo do meu irmão - Capítulo 10


Escrita por:

Postado
Categorias NU'EST, Seventeen, TWICE
Personagens Baekho, Jr, Junghan "Jeonghan", Jungyeon, Mina, Ren, Seungcheol "S.Coups"
Tags Jeongcheol, Jren, Nu'est, Seventeen
Visualizações 59
Palavras 1.983
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Bishounen, Crossover, Drama (Tragédia), Fluffy, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shounen, Yaoi (Gay)
Avisos: Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 10 - 10


Uma semana se passou, uma semana de fingimento de Jeonghan e Dongho. Não estava sendo fácil, já que Jeonghan aguentava vários insultos das garotas que corriam atrás de Dongho, mas logo acabou assim que Minki voltou para a escola.

O louro mais novo finalmente estava melhor, podendo até proteger Jeonghan de todo o mal que havia naquela escola, e um deles incluía Seungcheol.

O moreno já ficava cansado de olhar Jeonghan com Dongho, de sentia completamente arrependido.

Já tentou mandar mensagens, cartas, e até conversar em casa já que os dois dormiam sobre o mesmo teto, mas Minki nunca permitia.

Naquele sábado Minki iria sair com sua mãe, ir fazer algumas compras como de costume, deixando um tempo livre para os dois garotos.

Seungcheol olhou da janela a mãe e o irmão saírem, e em seguida correu para o quarto de Minki, mas não encontrou Jeonghan.

O moreno olhou para todos os lados e suspirou, pensando que Jeonghan estaria na casa de Dongho.

- Seungcheol? - O louro entrou no quarto enquanto secava seus cabelos com a toalha. O moreno se virou e corou ao ver o garoto.

- Eu queria falar com você - Jeonghan suspirou, e se sentou na cama - Deixa eu perguntar antes, você é feliz com o Dongho?

- Eu não quero discutir essas coisas com você.

- Por favor, apenas me responda - O garoto abaixou a cabeça e pareceu distante, queria dizer a verdade mas se dissesse estragaria todo seu plano.

- Eu não sei, é difícil namorar alguém tão famoso. Eu tive que aguentar várias meninas me enchendo o saco, dizendo pra ficar longe dele, mas agora que o Minki voltou elas não me incomodam.

- Entendo - Seungcheol se sentou na cama e ficou próximo ao louro, que já estava estranhando a atitude do mais velho - Quando eu pedi desculpas aquele dia era de verdade, eu nunca iria enganar você.

- Não pareceu real pra mim.

- Mas era - O moreno engoliu seco e fico ainda mais próximo. Seungcheol umedeceu os lábios e aproximou seu rosto do de Jeonghan.

O louro sentiu suas pernas tremerem e o estômago embrulhar, não gostava disso, sempre que Seungcheol estava perto sentia algo entre suas pernas acordar.

O Choi rapidamente beijou os lábios do menor, e acariciou seu delicado rosto pálido. Jeonghan tentou se afastar, sabia que era errado, mas não conseguia evitar aqueles doces lábios que Seungcheol possuía.

O moreno desceu os beijos até o pescoço, distribuindo vários selos sobre a pele branca como neve. Jeonghan se afastou e gemeu baixinho, quase inaudível.

- O que foi isso? - Perguntou o moreno, surpreso com a reação do garoto.

- É que eu... Sou sensível... Aqui - Disse se referindo ao pescoço. O louro corou e abaixou a cabeça, enquanto Seungcheol continuava sem reação.

- Jeonghan! - O moreno pulou em cima do garoto e o beijou mais uma vez, dessa vez mais eufórico. As línguas dos garotos se escontraram enquanto Seungcheol acariciava as pernas macias e expostas do mais novo.

Seungcheol não podia negar que só de ouvir Jeonghan falar seu coração explodia, e quando ouviu o fofo gemido do mesmo, seu rosto ficou quente como fogo.

Os garotos se separaram e se olharam por alguns segundos. Seungcheol logo percebeu que Jeonghan não queria aquilo, sua respiração estava mais rápida que o normal e seus olhos se enchiam de lágrimas.

- Desculpe - Seungcheol se afastou e se levantou, e Jeonghan logo estranhou, pesando que Seungcheol iria fazer algo - Não quero te deixar mais assustado.

- Nã-Não estou assustado - Jeonghan se sentou na cama e secou as poucas lágrimas - É que se fosse acontecer seria minha primeira vez, e isso me deixa nervoso...

- Bem, é a minha primeira vez também, eu não sei como te satisfazer, e tem coisas que seriam difíceis para mim.

- Entendo - Seungcheol se sentou ao lado do garoto e segurou seu rosto, se aproximando para mais um beijo.

Os garotos foram interrompidos pela porta e por um Minki chorão que entrou, mas o louro logo parou de chorar assim que viu os garotos juntos.

- O que estão fazendo?!

- O que houve Minki? - Jeonghan se levantou e se aproximou do amigo.

- É o Jonghyun! - Minki abraçou o mais velho e voltou a chorar. Seungcheol se levantou calmamente e saiu do quarto, enquanto Minki se sentava no lugar do moreno - Eu me encontrei com ele no mercado, e eu me aproximei pra cumprimentar mas... - O louro chorou ainda mais enquanto Jeonghan tentava acalma-lo - ...Ele estava com uma garota, e eles se beijaram...

- Minki, você tem que esquece-lo agora - Disse o mais velho.

- Como vou esquecer a pessoa que eu mais amei nessa vida? - Minki suspirou e secou suas lágrimas.

- Ele não te merece, você tem que esquecer, mesmo que seja difícil - Jeonghan acariciou os fios loiros do garoto e finalmente conseguiu acalma-lo - Siga em frente, tem alguém que está esperando por você.

- Dongho? - Jeonghan assentiu - Eu não sei Jeonghan.

- Por favor Minki, ele gosta muito de você, dê uma chance - Minki secou as últimas lágrimas e sorriu para o amigo, mas logo lembrou do que tinha visto anteriormente.

- Espera! O que o Seungcheol estava fazendo aqui?

- Ah, ele me pediu desculpa...

- Jeonghan!

- Eu sei Minki, mas eu vi que foi sincero e nós quase fizemos... - Minki olhou surpreso para o amigo e suspirou.

- Por quê ele não te atacou?

- Ele disse que não queria me assustar e que também não estava pronto.

- Bem, você acha que vai ser feliz com ele? - Jeonghan assentiu - Então eu fico feliz por você - O mais velho abriu um largo sorriso e abraçou o amigo, o qual retribuiu - Mas se ele te magoar eu vou arrancar o pintinho dele - Jeonghan se afastou assustado e riu em seguida.

- Ah, eu preciso de ajuda com uma coisa - O garoto disse envergonhado.

- Com o que?

- Como eu disse eu e o Seungcheol quase fizemos... Você sabe! - Minki assentiu - Mas eu não sei nada sobre isso.

- Bem, Seungcheol vai fazer boa parte, você só precisa acompanhar.

- Mas não quero apenas ficar deitado e deixar que ele faça tudo, eu quero deixá-lo excitado também!

- Você quer que eu te ajude? - Jeonghan assentiu e Minki corou, como iria ajudar Jeonghan com isso? - Vai ser um pouco difícil, mas acho que consigo - Jeonghan sorriu, determinado para aprender - Tudo isso começa com um beijo, então se você quer deixá-lo excitado comece com um beijo lento.

- Lento?

- Sim! Sabe, de língua.

- Mas eu não sei beijar de língua - Jeonghan corou fazendo Minki rir - Pode me ensinar isso também? - Minki parou a risada e olhou surpreso para o amigo.

- Está bem! - O mais novo segurou os ombros do Yoon e aproximou seu rosto, mas Jeonghan desviou - O que foi?

- V-Você vai me beijar?!

- Você acha que vou ensinar como Jeonghan? Não vou fazer você beijar um copo!

- Tá bom! - Jeonghan corou mais uma vez e fechou seus olhos, esperando. Minki passou seu polegar pelo lábio inferior do garoto e os deixou entreabertos, se aproximando novamente e beijando o garoto.

O beijo era calmo, com pouca língua no começo, mas o garoto mais novo logo começou a deixar mais intenso. O beijo de tal maneira já era novidade para Jeonghan, que mal poderia esperar para o que mais Minki ensinaria.

Os garotos se separaram e Jeonghan soltou um baixo gemido, tal ato que deixou Minki surpreso.

- O que foi isso?

- I-Isso o que? - O mais velho corou enquanto o outro ria.

- Você gemeu! - O rosto de Jeonghan ficou ainda mais quente enquanto que Minki apenas ria - Que fofo!

- Po-Pode continuar por favor? - O louro mais novo respirou fundo e assentiu.

- A próxima coisa é um pouco complicada, você tem que achar os pontos sensíveis nele - Minki tirou alguns fios loiros dos ombros de Jeonghan, os colocando para trás e deixando boas parte de seu pescoço amostra - Tente na lateral do pescoço - Disse, tocando a pele clara do garoto.

- Mas e se eu não achar? - Perguntou.

- Então você parte para a melhor parte - Jeonghan olhou confuso. Minki apontou para baixo, e Jeonghan logo entendeu - E é claro, você não sabe fazer.

- Não mesmo - Minki suspirou mais uma vez, não iria ensinar ao seu amigo uma coisa tão embaraçosa.

- É como chupar um picolé, só que ele nunca diminui e você só descobre que termina com uma surpresa.

- Surpresa? - Jeonghan sorriu, como poderia ser tão inocente.

- Jeonghan, você já se masturbou? - Minki perguntou e Jeonghan negou - Olha, eu vou ensinar isso por enquanto, o resto você descobre sozinho - O menor se levantou e andou até a porta, mas Jeonghan segurou o braço do mesmo, impedindo que fosse.

- Obrigado pela ajuda - Sorriu meigo. Minki se inclinou e beijou a testa do mais velho.

- Eu quero outro beijo daquele depois - Sussurrou. Minki saiu do quarto, deixando Jeonghan envergonhado pelo que disse.




_____°~°_____




A casa estava silenciosa, todos dormiam, exceto Minki, que virava de um lado e para o outro e não encontrava um jeito de dormir.

O garoto resolveu se levantar calmamente e ir até a sala assistir algo, quando ouviu o celular vibrar na mesa. Minki se inclinou e pegou o aparelho, vendo que era uma mensagem de um número desconhecido. Abriu a mensagem, e a leu no mesmo instante.




[?]: Jeonghan me contou que não preciso mais fingir :) mas se você não quiser sair comigo tudo bem, eu vou entender. Bjs :3




Minki suspirou, era Dongho obviamente. Não queria mesmo ter aquele encontro, mas por quê Dongho mudou de idéia.

O garoto viu a pequena foto de Dongho e resolveu abri-la para ver melhor. Assim que o fez Minki se assustou, e logo um pequeno arrepio passou por todo seu corpo.

Uma foto do Dongho, sem camisa, usando apenas um calção preto e todo molhado. Minki soltou um baixo suspiro ao ver aquela foto, que havia provocado um pequeno incidente entre suas pernas.

O louro mal podia acreditar que um garoto como Dongho gostava dele, nunca esteve com alguém como ele, e Minki ficou surpreso. Dongho escondia muita coisa por baixo daquele uniforme.

Minki não podia esconder o volume entre suas pernas agora, mas não iria fazer isso no mesmo quarto que Jeonghan estava. Se o louro acordasse e visse aquela cena, Minki ficaria constrangido.

O louro se levantou lentamente mas viu que Jeonghan se mexia ao seu lado. O garoto andou até a porta e a abriu, mas a mesma acabou fazendo um barulho o que acordou Jeonghan.

Minki ficou parado no lugar enquanto observava o garoto se se sentar e coçar os olhos.

- Onde você vai? - Perguntou.

- Lugar nenhum - Não conseguiu mentir e riu sem graça.

- Pode ficar aqui comigo? Não consigo dormir.

- Claro - Minki se aproximou lentamente e se deitou ao lado do amigo, o qual o abraçou apertado e afundou seu rosto no peito do mais novo.

- Estou com medo - Disse, cortando o silêncio.

- Medo dê que?

- Que meu pai volte - Jeonghan apertou ainda mais o garoto e soluçou, deixando Minki preocupado.

- Ele não vai voltar, e se voltar não vou deixar que toque em você - Disse enquanto acariciava a cabeça do mais velho, o deixando mais calmo.

- Obrigado, Minki-ah - Jeonghan fechou os olhos e adormeceu novamente. Assim como Minki que havia esquecido aquela foto e resolveu ficar ali para deixar o amigo mais confortável.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...