História O Amor de Um Gato Preto - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Miraculous: Tales of Ladybug & Cat Noir (Miraculous Ladybug)
Personagens Adrien Agreste (Cat Noir), Alix Kubdel, Alya, André Bourgeois, Chloé Bourgeois, Gabriel Agreste, Hawk Moth, Lila Rossi (Volpina), Marinette Dupain-Cheng (Ladybug), Mestre Fu, Nathalie Sancoeur, Nathanaël, Nino, Plagg, Sabrina, Tikki
Tags Marichat
Visualizações 128
Palavras 599
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, Luta, Magia, Mistério, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Linguagem Imprópria, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Bem gente, espero que gostem da fic!Ela é minha segunda!E espero realmente agradar a todos!E caso queiram ler a minha primeira fanfic é só entar no meu perfil e olhar nas minha histórais!Não é marichat como essa e sim Shadamy(Shadow x Amy) do desenho/Anime/Game/Gibi do Sonic!Mas estão boa leitura!!!

Capítulo 1 - Vou dizer a ela como eu a amo!


Fanfic / Fanfiction O Amor de Um Gato Preto - Capítulo 1 - Vou dizer a ela como eu a amo!

                               Adrien(Chat noir) on

      Eu não aquento mais isso, sempre ver a Ladybug mas nunca a ter como eu quero....Eu queria a a ter nos braços com ela me correspondendo e a beijar sempre que pode-se sem ela me negar.....eu não aquento mais esse sentimento dentro de mim......E eu queria muito saber quem era ela......

        Pensei deitado na minha cama enquanto olhava para o teto depois de voltar de um ataque de um akuma e falhar miseravelmente em tentar chamar a Ladybug para sair, eu iria chamar ela mas quando eu comecei a falar ela foi embora saltando pelos prédios de Paris com o seu ioiô, eu fiquei realmente chateado com aquilo, afinal não sei quantas vezes já tentei a chamar para sair e não deu cero, ou por ataques de akumas, ou porque ela iria se destransformar, ou eu mesmo iria me destranformar e atá mesmo porque ela me negava ...Até que ouso a voz de Plagg.

      -O que foi garoto porque está assim?Foi por que a sua preciosa joaninha de rejeitou de novo?Há esquece isso e vamos curtir alguma coisa vc alguma vez já olhou para o seu quarto vc é rico!E aproveita e me de mais queijo EU TO COM FOME!!!(Ana-Plagg sou eu da vida, ksks.  Adrien-Quem é vc? Ana-Sou a autora oras!Mas mesmo assim prazer Neko-Ana. Adrien-Prazer, Adrien Agreste.  Ana-Agora que já nos conhecemos bora continuar a fic!) 

      -Plagg vc comeu um pedaço de queijo a 3 minutos atrás.-Falei olhando para ele de forma desacreditada.Eu aqui sofrendo por amor e ele me cobrando AINDA MAIS comida???

  -E do que serve todas essas coisas se não tenho ninguém já que vc só fica comendo aquele queijo fedorento enquanto assiste TV?

      -Corrigindo:É maravilhoso camembert para vc e para todas as outras criaturas vivas na face da terra!Mas vamos lá!Por que não tenta se declarar logo e acabar com todo esse "eu estou sofrendo com amor"?-Ele falou voando na minha frente.E claramente me zoando.

    -Não é tão facil assim....-Falei desanimado.

   -É sim!É só falar assim:Eu te amo!Viu?Não é tão dificil!-Ele falou cruzando seus braços.

   -Para vc é facil!Afinal, duvido que vc já tenha gostado de alguém!-Falei

   -Que?Garoto, eu tenho milhares e milhares de anos!É claro que já me apaixonei!-Ele falou e eu o olhei com uma cara de surpresa.

   -Vc já se apaixonou??Por quem?-Falei curioso, essa eu não esperava.

  -E vc consegui se declarar para essa pessoa?-Falei com um olhar enterrogativo.

   -....Não te interessa!-Ele falou com a face antes negra agora toda avermelhada.-Mas em fim, vc devia se declarar logo!Se ela de corresponder, ótimo!Mas se não, siga em frente.

    -Finalmente vc falou alguma coisa boa.-Falei o provocando.

   -Urf! Ingrato! Eu aqui te dando conselho e vc me vem com essa?MAS AGORA DA PARA DAR O MEU CAMEMBART??!-Ele gritou

  -Tá, tá.-Falei levantando e pegando um pedaço médio do queijo fedorento, mas que mesmo assim era maior que ele mesmo de o dando onde ele o devorou com uma só mordida.

   -QUE?MAS SÓ ISSO!?-Ele falou com uma cara de indignação, ninguém merece.

  -Nem vem!O queijo era maior que vc!-Falei indo até a grande janela do meu quarto e observando um pouco da cidade de noite.Era realmente uma bela visão.

   -AHHHHHHH!-Ouvi ele reclamar.-NUNCA MAIS TE DOU UM CONSELHO!

  -Ai Plagg só vc mesmo.-Falei sorrindo com o comportamento infantil do meu kawami.Mesmo ele sempre me zoando ele ainda é um bom amigo e me faz rir de vez em quando.

   E depois voltei a olhar a cidade que era iluminada por luzes de casas e outras coisas e tomei uma decisão. 

    Eu irei me declarar para a Ladybug!E falar como eu a amo!


Notas Finais


Bem gente espero que tenham gostado!Logo vai ter mais!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...